Câmara de Florianópolis extingue cargos comissionados e gera economia de R$ 288 mil

A medida extingue seis de um total de dezoito cargos comissionados

0
113
Câmara da Capital

O presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Katumi (PSD), e a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Florianópolis anunciam, nesta quarta-feira (30) nova medida na administração da Casa que visa a economicidade. Serão extintos seis cargos comissionados vinculados à presidência da Casa. A medida deve gerar uma economia de R$ 288,5 mil em 2019 e também nos próximos anos.

A medida extingue seis de um total de dezoito cargos comissionados que estavam ligados diretamente à Presidência. A redução representa um corte de cerca de 35% nessas funções comissionadas. O cálculo não leva em conta as quatro diretorias, que respondem por setores separados.

Outra mudança é a garantia de que algumas funções serão ocupadas apenas por servidores efetivos. O cargo de controlador interno deixa de ser comissionado para ser ocupado apenas por um servidor de carreira.

“O cargo deixa ser uma vaga comissionada e passa a ser de um funcionário efetivo, dando mais compromisso com a fiscalização e a inspeção dos contratos do Legislativo”, destaca o presidente Katumi.

Câmara da Capital transmitirá ao vivo na internet todas licitações

Após resolução do presidente Roberto Katumi, todas as licitações realizadas pela Câmara de Vereadores de Florianópolis terão transmissão ao vivo pela internet e nas redes sociais, da sua etapa de pregão presencial. A medida, assinada também pelos membros da mesa diretora, é mais uma ação que segue o planejamento de digitalização e de aumento na transparência que a CMF implementa neste ano de 2019.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome