Jornada discute na Capital os desafios da educação na era digital

0
69
Ricardo Mariz

A cultura digital chegou para ficar, mas o uso das novas tecnologias como ferramentas de aprendizado divide as opiniões de educadores, pais e alunos. Este é um dos temas que serão debatidos na Jornada Pedagógica Catarinense, que será realizada nesta terça e quarta-feira no CentroSul, em Florianópolis. O encontro também vai discutir a gestão em sala de aula, educação criadora, desafios do ensino médio no Brasil e as contribuições da neurociência e terá como atrações extras o escritor e palestrante internacional Marcos Piangers, que falará sobre “Família, escola e vida, uma espiada no futuro!”, e o professor Gildo Volpato, com a palestra “A importância da autoridade de pais e professores diante de crianças e adolescentes”.

O professor Ricardo Mariz, mestre em educação e doutor em sociologia pela Universidade de Brasília, compara os desafios dos educadores em relação à cultura digital com as dificuldades de um piloto que precisa controlar o avião numa situação de forte turbulência. “É preciso agir, tirar do piloto automático”, diz ele. Isso significa ter habilidade para lidar com as expectativas das crianças e jovens atuais e com o excesso de informações disponíveis para os estudantes, ou seja, fazer uma curadoria pedagógica que torne o processo de aprendizado ao mesmo tempo atrativo e útil para o futuro dos alunos.

Na Jornada, o professor Mariz fará a palestra “Desafios de gestão em sala de aula: direito de aprendizagem e cultura digital”, a partir das 15h30 de terça-feira. Ele usa a expressão “metamorfose digital” para definir as transformações provocadas pela inclusão de novos recursos tecnológicos não apenas na escola, mas no dia a dia das pessoas. “Nem os educadores, nem a sociedade, nem os cursos de formação de professores nas universidades estão preparados para essa mudança no curto prazo”, ressalta ele. Há um grande fosso entre a escola, ainda analógica, e o aluno habituado a acessar permanentemente as redes sociais fora do ambiente de ensino.

Diante disso, o professor/curador deve fazer da sala de aula um espaço de comunicação, facilitando a transformação de informações em conhecimento. Os processos de aprendizado poderão mudar muito, porém os jovens vão precisar do contato, da interação, da diversidade que caracteriza os grupos, para tornar prazeroso o ato de estudar.

A Jornada Pedagógica coincide com o início do período letivo nas escolas de Santa Catarina e deve receber mais de 1.500 pessoas, entre professores, diretores de escolas e educadores em geral. Na abertura, dia 5, será realizada a Jornada Pedagógica Sinepe/SC 2019, promovida pelo Sindicato das Escolas Particulares, que representa 1.350 estabelecimentos de ensino, de creches a instituições de ensino superior.

PALESTRAS E CONFERÊNCIAS

Além da presença de Ricardo Mariz, a programação de terça-feira inclui palestras com educadores renomados como Júlio Furtado, doutor em Ciências da Educação e especialista em programação neurolinguística, Marcos Meier, autor de mais de dez livros e especialista em educação e comportamento, e Ailton Dias de Melo, pós-graduado em Psicopedagogia, que abordará da importância da abertura para novos pensamentos no campo pedagógico. Marcos Piangers fecha a agenda do dia, às 19h, em palestra cujas inscrições podem ser feitas pelo site http://www.blueticket.com.br/.

 

No dia 6, o programa prevê as conferências “Base Nacional Comum Curricular: impactos e desafios à sua implementação” e “BNCC no novo ensino médio: estrutura e modelos de organização”, e as mesas “Currículo base da educação infantil e ensino fundamental do território catarinense” e “O futuro do ensino médio em Santa Catarina”. Às 19h começa a palestra aberta com Gildo Volpato, intitulada “A importância da autoridade de pais e professores diante de crianças e adolescentes”, também acessível por meio de inscrição prévia.

SERVIÇO

O quê? Jornada Pedagógica Catarinense e Jornada Pedagógica Sinepe/SC 2019

Quando? 5 e 6 de fevereiro de 2019

Onde? Centro de Convenções de Florianópolis (CentroSul), avenida Gustavo Richard, 850, Centro

Quanto? Inscrições a preços variados nos sites www.sinepe-sc.org.br e https://jpceducacao.com.br/

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome