Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Esta segunda-feira, 18, representa mais um passo importante para o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), em Florianópolis: o início das cirurgias de alta complexidade no novo centro cirúrgico.

Sete cirurgias serão realizadas em pacientes com câncer, sendo quatro pela manhã, a partir das 7h, e outras três no período da tarde. A nova unidade abriga quatro salas de cirurgia, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cinco leitos de recuperação pós-anestésica, 18 leitos de internação pós-operatória, além de uma Central de Materiais Esterilizados (CME).

“O início das atividades do centro cirúrgico e da UTI é um avanço. A partir de agora nossos pacientes com diagnóstico de câncer não terão que procurar outros hospitais da rede, tudo será feito no próprio Cepon, com especialistas na área oncológica, permitindo mais comodidade e melhor atendimento”, explica Maria Tereza Schoeller, diretora do Cepon.

Redução no tempo de espera

Até o fim do ano, o Cepon conseguirá realizar mais 200 cirurgias por mês no novo centro, mais que o dobro da capacidade atual, com 150 procedimentos ao mês – de média e baixa complexidade. 

Além de reduzir o tempo de espera para a realização das cirurgias oncológicas, o novo centro cirúrgico do Cepon também contribuirá para melhorar o serviço prestado em outras unidades, como o Hospital Celso Ramos, o Regional de São José, o Hospital Universitário e a Maternidade Carmela Dutra.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A obra de revitalização do Ginásio Municipal de Esporte Pedro Guanabara foi inaugurada na noite de quinta-feira (14). Vinculado à Escola Básica Municipal Vereadora Albertina Krummel Maciel, no bairro Fazenda Santo Antônio, o ginásio foi reformado a partir de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Secretaria de Urbanismo e Serviços Públicos (SUSP) e o Grupo Cassol, para promover mais conforto aos alunos do município durante as aulas de Educação Física, além da realização de projetos esportivos para a comunidade.  

A cerimônia de entrega da obra contou com a presença da prefeita Adeliana Dal Pont, que destacou a importância da revitalização do ginásio, local considerado pela comunidade como um polo de referência para atividades físicas e prática de esportes. “São ações como esta que fazem a gente querer trabalhar cada vez mais pelo bem estar da nossa gente e da nossa cidade. Só tenho a agradecer toda a equipe da Prefeitura pelo engajamento e ao Grupo Cassol, pelo gesto e sensibilidade de contribuir para que a população desfrute de um equipamento esportivo tão qualificado”, destacou Adeliana. 

Desde a sua inauguração em março de 2003, muitos foram os projetos esportivos e as ações pedagógicas que fizeram parte da história do espaço, que atende não só aos alunos da EBM Vereadora Albertina Krummel Maciel como a toda comunidade. “Esperamos que o ginásio continue proporcionando aos nossos alunos e a comunidade momentos de total integração e aprendizado. Que ele possa ser um espaço bem aproveitado por todos e que, por meio das atividades realizadas, continue a ser referência em atividade física na nossa região”, lembrou a secretaria de Educação, Lilian Sandin Boeing.

Com a reforma, o ginásio recebeu novas tubulações, calçadas, drenagem, novo telhado com viga metálica reforçada, novos piso nos banheiros. Além disso, foi feita a recuperação de fissuras e calhas, limpeza geral nos equipamentos, instalação de um novo toldo na entrada do ginásio e nova pintura. "Agradecemos o comprometimento do Grupo Cassol, por ter cumprido a obra com responsabilidade e fazer parte da realização deste sonho da comunidade. Nossa sensação é de dever cumprido, pois toda a missão que a prefeita Adeliana nos transmite, procuramos sempre atender com agilidade e eficiência buscando o desenvolvimento da nossa cidade”, comentou o secretário de Urbanismo, Matson Cé. 

“Foi com muito orgulho e satisfação que assumimos a reforma deste belo equipamento, pois é uma forma de agradecer à cidade de São José e retribuí-la por nos acolher ao longo destes 60 anos de história da empresa”, lembrou o conselheiro do Grupo Cassol, Ademar José Cassol, que estava acompanhado do diretor do grupo Rodrigo Cassol e o conselheiro Maurício Cassol. 

Na história do Ginásio Pedro Guanabara se destacaram nomes como Marquinhos do Avaí, André Moritz, Rodrigo Thiessen, Lucas de Sá, Guilherme Siqueira e Marcão, atletas de futebol encaminhados pelo professor João Gualberto Neiva de Mesquita. A mais recente revelação é Gabriel Fernandes, meia do Esporte Clube Bahia que, durante anos, frequentou as aulas de futebol do projeto Esporte Escolar, que hoje continua sendo realizado por meio da parceria entre Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL) e Secretaria da Educação. 

“Esperamos que a comunidade faça bom proveito deste equipamento e torcemos pra que demais empresas da iniciativa privada tomem como exemplo este gesto de responsabilidade social assumido pelo Grupo Cassol nesta oportunidade”, comentou o presidente da Câmara Orvino Coelho de Ávila. 

Durante a cerimônia, a professora de Educação Física, Magda Bacelar, que está em processo de aposentadoria, foi homenageada pelos alunos do grupo Mexa-se. Os professores João Gualberto de Mesquita, Mario Gonçalves, Jucelito Kanarek, que participam da história do ginásio há mais de 25 anos, também foram lembrados durante a cerimônia. 

Agora reformado, além das aulas de Educação Física e dos projetos esportivos, o ginásio receberá também a sala do projeto Mexa-se. Os alunos no projeto fizeram uma apresentação especial com exercícios de aquecimento, que contou com a participação da prefeita Adeliana Dal Pont.  No fim da cerimônia, a equipe escolar, juntamente com a comunidade, realizou um jogo para estrear as novas instalações.  

A solenidade de entrega do ginásio contou com a presença do vice-prefeito Neri Amaral, que acompanhou diretamente o processo de reconstrução do espaço, das vereadoras Sandra Martins e Méri Hang, dos secretários municipais, da comunidade escolar, representada pelo diretor da EBM, Carlos Eduardo Areias, do Presidente da Associação dos Moradores da Fazenda Santo Antônio, Sérgio Scarpa, demais representantes da comunidade e moradores da região.

 CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Uma sociedade articulada em rede para possibilitar que nós sejam desatados e que a conexão entre o centro e a periferia seja completa, sem interlocutores ou hiatos. É com essa filosofia que há 7 anos o IVG foi criado, mas o trabalho de seu idealizador, o padre Vilson Groh já vem sendo realizado há mais de 35 anos. Com essa organização, os projetos foram sistematizados e potencializados, com resultados mais efetivos, ações educativas e sociais nas periferias da Grande Florianópolis e Guiné-Bisssau, na África. Foi criado para facilitar e potencializar o trabalho desta rede, criando sinergia entre as ações e gerando aprendizagem, além de ser um espaço de articulação política, onde se discutem os problemas sociais da região e propõem-se soluções, visando influenciar na formulação de políticas públicas. E, como forma de prestação de contas para sociedade, o IVG realiza no próximo dia 20 de junho, às 19 horas, a entrega de seu Relatório Social do exercício de 2017. “O relatório social é uma forma de dar transparência às nossas ações e seus impactos e agradecer generosamente aos parceiros, voluntários e aliados da nossa causa, ao nosso sonho”, pontua padre Vilson Groh.

Em 2017 a REDE IVG atendeu 4.925 crianças, adolescentes e jovens, oferecemos mais de um milhão de refeições, superando os números de 2016, quando foram oferecidas 847.430 refeições. No montante de recursos investidos, o IVG aplicou em ações educativas e sociais nas periferias, R$ 17.396.875,78.

Ainda no último exercício, o IVG viabilizou 30 bolsas de estudo que foram/são disponibilizadas por instituições parceiras como a Faculdade Cesusc, Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL e Serviço Nacional de Aprendizagem – SENAI, e por meio de doações de pessoas físicas ou empresas que, isoladamente ou em grupo, assumiram o compromisso de arcar com os custos, previamente conhecidos, relativos à manutenção de um aluno em determinada instituição de ensino até a sua conclusão.

Mais de 100 jovens foram inseridos no mercado de trabalho, 99 alunos atendidos no pré-vestibular com o apoio do CEB COC, sendo destes 38% aprovados em vestibulares na rede pública e privada. O cursinho pré-vestibular gratuito e executado por um grupo de professores voluntários que se dedicam de segunda a sexta-feira, num caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação dos direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das violações de direitos.

Prêmios recebidos:

Em 2017 a REDE IVG recebeu dois prêmios: Melhores ONGS ÉPOCA e o selo Responsabilidade Social: uma atitude de valor catarinense. Além disso, as entidades da rede também foram agraciadas. O CEDEP com o Programa Criança Esperança e com o Itaú Social, o Centro Educacional Marista São José recebeu Menção Honrosa da Assembleia Legislativa de SC pela passagem dos seus 21 anos de fundação, bem como sobre a mesma temática uma homenagem da Câmara de Vereadores e uma Sessão Comemorativa. A Associação João Paulo II foi homenageada pela Arquidiocese de Florianópolis pelo Desenvolvimento da Iniciativa Solidária.

Investimento x repressão:

É um trabalho que mostra na prática que o investimento social comprova que a prevenção é muito mais efetiva que a repressão. Gerar oportunidade e investir na criança e no adolescente é muito mais prudente do que trabalhar nas consequências geradas pela ausência do Estado nas comunidades de periferia. O investimento médio mensal por criança atendida nas instituições da REDE IVG, em ações de convivência e fortalecimento de vínculos, é de R$ 493,80, e podemos compará-lo ao custo de um adolescente em medida de redução de danos, por exemplo: segundo o TCE/SC, no ano de 2015, o custo de um adolescente em conflito com a Lei cumprindo medida socioeducativa de semiliberdade foi de R$ 2.738,75; o custo de um jovem em conflito com a Lei cumprindo medida socioeducativa de internação provisória em regime fechado foi de R$ 4.231,36; e o custo médio de um detento no sistema penal catarinense foi de R$ 1.544,41.

REDE em números:

Custo Médio por Beneficiário/Serviço:

Educação Básica Integral (CEMLM): R$ 522,86

Educação Básica Meio Período (CEMSJ): R$ 448,99

Educação Infantil Integral (AJPII): R$ 488,80

Aprendizagem e Inserção Social e Laboral (CCEA): R$ 170,00

Acolhimento Institucional (CCEA): R$ 4.000,00

Convivência e Fortalecimento de Vínculos (AJPII, CEDEP, ACAM): R$ 493,80

Beneficiários por Instituição:

Amigos da Guiné-Bissau: 1.498

ACAM: 189

Associação João Paulo II: 160

CCEA: 776

CEDEP: 581

CE Marista Lúcia Mayvorne: 556

CE Marista São José: 1.026

Instituto Pe. Vilson Groh: 139

Total de pessoas beneficiadas: 4.925

Famílias atendidas: mais de 1.700

Refeições oferecidas: 1.104.119

As entidades da REDE em números em 2017:

Confira os números por instituição:

ACAM – Associação de Amigos da Casa da Criança e do Adolescente do Morro do Mocotó

Localização: Morro do Mocotó – Florianópolis

Público: crianças e adolescentes

Pessoas atendidas/mês: 189

Idade dos atendidos: 5 a 17 anos

Refeições oferecidas: 182.952 – o dobro de 2016

Colaboradores: 22

Jovens inseridos no mundo do trabalho e programas de aprendizagem: 04

Investimento médio mensal por beneficiário: R$ 490,48

Total de recursos investidos em 2017: R$ 1.112.419,63

AJPII – Associação João Paulo II

Localização: Comunidade da Praia/Ponte do Imaruim - Palhoça

Público:  crianças, adolescentes e adultos

Pessoas atendidas/mês: 160

Idade dos atendidos: 2 a 15 anos

Refeições oferecidas: 98.000 – 65% a mais do que 2016

Colaboradores: 19

Investimento médio mensal por beneficiário em período integral: R$488,80

Investimento médio mensal por beneficiário de serviço de conveniência e fortalecimento de vínculos: R$ 244,40

Total de recursos investidos em 2017: R$ 718.543,28

CCEA – Centro Cultural Escrava Anastácia

Localização: Florianópolis

Público: crianças, adolescentes, adultos e idosos

Pessoas atendidas/mês: 776

Idade dos atendidos: a partir de 0 meses

Refeições oferecidas: 54.125

Colaboradores: 53

Jovens inseridos no mundo do trabalho e programas de aprendizagem: 74

Investimento médio mensal por beneficiário do Serviço de Aprendizagem e Inserção Social e Laboral - Jovem Aprendiz: R$ 170,00

Investimento médio mensal por beneficiário do Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças (24 horas x 7 dias na semana): R$ 4.000,00

Investimento médio mensal por beneficiário do Rito de Passagem e Procurando Caminho: R$ 257,48

Total de recursos investidos em 2017: R$ 2.171.623,05

CEMLM – Centro Educacional Marista Lúcia Mayvorne

Localização: Monte Serrat - Florianópolis

Público: crianças, adolescentes e adultos

Pessoas atendidas/mês: 556

Idade dos atendidos: 6 a 40 anos

Refeições oferecidas: 175.583 – 13% a mais do que em 2016

Colaboradores: 99

Investimento médio mensal por beneficiário do Serviço de Educação: R$ 522,86

Total de recursos investidos em 2017: R$ 5.897.817,00

CEMSJ – Centro Educacional Marista São José

Localização: Serraria – São José

Público: crianças, adolescentes e adultos

Pessoas atendidas/mês: 1026

Idade dos atendidos: de 6 a 24 anos

Refeições oferecidas: 112.319

Colaboradores: 97

Investimento médio mensal por beneficiário do Serviço de Educação: R$ 448,99

Total de recursos investidos em 2017: R$ 5.527.913,00

CEDEP – Centro de Educação Popular

Localização: Monte Cristo - Florianópolis

Público: crianças, adolescentes e adultos

Pessoas atendidas/mês: 581

Idade dos atendidos: de 5 a 60 anos

Refeições oferecidas: 297.000 – 48% a mais do que em 2016

Colaboradores: 29

Jovens inseridos no mundo do trabalho e programas de aprendizagem: 26

Investimento médio mensal por beneficiário do Serviço de Educação: R$ 497,11

Total de recursos investidos em 2017: R$ 1.968.559,82

Amigos da Guiné-Bissau

Localização: Guiné-Bissau- África do Sul

Público: crianças e adultos

Pessoas atendidas: 1.498

Idade dos atendidos: de 4 a 25 anos

Refeições oferecidas: 184.140

Voluntários: 17

Total de recursos investidos em 2017: R$ 1.968.559,82

Trabalho desenvolvido: atende a seis escolas da Guiné-Bissau com três plataformas de atuação.

Serviço

O que: divulgação do Relatório Social do IVG

Quando: 20 de junho

Horário: 19h30

Local: Largo São Sebastião, 88, Centro, Florianópolis

 CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Para capacitar e atrair mais investidores ao ecossistema de inovação de Santa Catarina, além de apresentar as diversas modalidades de aportes às empresas, a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) lança o grupo temático de investimentos. A iniciativa será comandada por Marcelo Wolowski, sócio-fundador da gestora de venture capital Bzplan; Gualtiero Schilichting, executivo e conselheiro no setor de Fusões e Aquisições e Governança Corporativa; Marcelo Cazado, líder da Rede de Investidores Anjo (RIA) de SC; e Silvio Kotujansky, vice-presidente de Mercado da ACATE.

“Este grupo terá o objetivo de fomentar o investimento nas empresas de tecnologia do estado, uma demanda muito importante para o nosso setor. Segundo o Índice de Cidades Empreendedoras 2017, da Endeavor, Florianópolis é a terceira melhor cidade em acesso a capital, mas ainda assim temos muito mais companhias do que investidores dispostos a apostar nelas. Já Joinville e Blumenau, as outras duas cidades catarinenses que aparecem no estudo, ficaram respectivamente em 12º e 30º lugar neste indicador”, diz Kotujansky.

A primeira reunião aberta do grupo temático de investimentos da ACATE ocorre no dia 28 de junho, às 17h, na sede da Associação. Topazio Neto, da Flex Contact Center, irá compartilhar a história da empresa desde a sua fundação até a listagem na bolsa de valores em São Paulo. Também serão apresentados o propósito do programa, as dinâmicas previstas, além de captar nomes interessados em integrar a iniciativa. Inscrições são gratuitas e estão disponíveis neste site.

A ACATE criou ainda um formulário para mensurar o interesse do ecossistema de tecnologia no tema e entender o que se espera no grupo temático. Para preenchê-lo, basta acessar este link.

Serviço

O que: lançamento do grupo temático de investimentos da ACATE;

Quando: quinta-feira, 28 de junho, a partir das 17h;

Onde: Centro de Inovação ACATE — Primavera (rodovia SC-401, km 4, Bairro Saco Grande - Florianópolis/SC);

Quanto: inscrições gratuitas em https://www.sympla.com.br/lancamento-grupo-investimentos-acate__306043.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

Santa Catarina tem sido um polo importante para a corrida de rua. Em três meias maratonas realizadas neste primeiro semestre, cerca de 10 mil atletas de todo o país e do exterior passaram por cidades como São José, Chapecó e Balneário Camboriú. Os dados são da Corre Brasil, empresa catarinense especializada em eventos esportivos. Outras provas estão agendadas para este segundo semestre. A capital catarinense encerra o calendário de provas de 21k da Corre Brasil, com o evento no dia 25 de novembro.

Para Ricardo Ziehlsdorff, diretor da empresa, a região atrai participantes também pela possibilidade de explorar o local. “É o que chamamos de turismo esportivo. As pessoas vêm para cá não só para correr, mas também para conhecer o estado”, diz. E se você mora em Santa Catarina ou quer aproveitar a ocasião para visitar o estado, cinco provas de meias maratonas estão agendadas para o segundo semestre deste ano. Confira e programe-se:

Meia Maratona Caixa de Blumenau: a cidade conhecida por realizar a Oktoberfest, também tem no esporte um destaque. A Meia Maratona Caixa Blumenau acontece no dia 15 de julho, com percursos de 21k individual ou em dupla e 5k. A largada será do pórtico do Parque Vila Germânica, um dos pontos turísticos do município. O terceiro lote já está à venda, com três opções de valores: R$ 60,00 sem kit (apenas número de peito e chip descartável), R$ 95,00 com kit padrão (sacola personalizada, camiseta, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores) e R$ 150,00 com kit plus (sacola personalizada, camiseta, toalha fitness, viseira, copo esportivo, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores).

Meia Maratona Caixa de Brusque: com opções de trajetos de 21k, 10k e 5k, Brusque recebe mais uma edição da prova no dia 29 de julho. Outra atração confirmada é a maratoninha kids, que reúne crianças de cinco a 14 anos. O segundo lote está à venda até dia 1º de julho, no valor de R$ 40,00 sem kit (apenas número de peito e chip descartável) e R$ 65,00 com kit básico (sacola personalizada, camiseta, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores). Já a prova infantil custa R$ 20,00. As inscrições seguem até o dia 19 de julho.

Meia Maratona de Joinville: um dos principais polos industriais do estado, a cidade também tem prova confirmada para o dia 5 de agosto. Os trajetos são: 21k, 10k e 5k. Quem quiser participar, as inscrições têm valor de 35,00 sem kit (apenas número de peito e chip descartável) e R$ 50,00 com kit básico (sacola personalizada, camiseta, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores) até o dia 10 de junho.

Meia Maratona Caixa de Pomerode: a cidade mais alemã do Brasil é uma das queridinhas dos atletas e a prova chega na sua 11ª edição. O evento acontece nos dias 20 e 21 de outubro, com provas de 10k trail (sábado) e 21k, 6k e maratoninha kids (domingo). Um dos destaques da corrida é a distribuição de chope no percurso e a chegada com bandas típicas da região. O segundo lote já está à venda, com três opções de valores: R$ 50,00 sem kit (apenas número de peito e chip descartável), R$ 85,00 com kit padrão (sacola personalizada, camiseta, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores) e R$ 130,00 com kit plus (sacola personalizada, camiseta, toalha fitness, viseira, copo esportivo, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores).

Meia Maratona Internacional de Florianópolis: a capital catarinense encerra o calendário de provas de 21k da Corre Brasil, com o evento no dia 25 de novembro. As opções de trajetos, além da meia maratona, são de 10k e 5k, com trechos percorridos na Avenida Beira Mar, um dos cartões postais da cidade. A venda do primeiro lote já iniciou, com valores de R$ 35,00 sem kit (apenas número de peito e chip descartável), R$ 50,00 com kit padrão (sacola personalizada, camiseta, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores) e R$ 90,00 com kit plus (sacola personalizada, camiseta, toalha fitness, viseira, copo esportivo, número de peito, chip descartável e brindes de patrocinadores). O segundo lote começa a ser comercializado em junho.

Todas as provas são uma realização da Associação de Apoio à Cultura e ao Esporte de Santa Catarina (AACESC) e a organização é da Corre Brasil.

Sobre a Corre Brasil
Há 10 anos a Corre Brasil realiza eventos de corridas rústicas de 5k e 10k, meias maratonas, corridas noturnas e também provas personalizadas em Santa Catarina. Já foram mais de 120 provas em nove cidades diferentes do estado. Nelas, competiram mais de 100 mil corredores profissionais e amadores.

Entre elas estão a Meia Maratona de Pomerode, a Meia Maratona Internacional de Florianópolis e a Balneário Camboriú Night Run. Só este ano, serão mais de 20 corridas. Seis estão com inscrições abertas no site www.correbrasil.com.br.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Nos dias 27, 28 e 29 de junho, na capital de Santa Catarina, estreia a ópera-rock FRANKENSTEIN, do compositor Alberto Heller. A produção é da Camerata Florianópolis, orquestra conhecida pelo estilo inusitado de unir a música clássica aos demais gêneros musicais, como rock, jazz, MPB, reggae e eletrônica. O espetáculo tem regência do maestro Jeferson Della Rocca, direção cênica de Renato Turnes, direção artística do próprio Alberto Heller e produção executiva de Maria Elita Pereira. O projeto é uma realização da Fundação Catarinense de Cultura - Estado de Santa Catarina. Inicialmente as apresentações serão em Florianópolis, mas pretende-se que em breve essa produção viaje pelo país.

O libreto da ópera-rock FRANKENSTEIN, escrito também por Alberto Heller, foi adaptado a partir da obra homônima de Mary Shelley (livro que comemora 200 anos em 2018), e se propõe a resgatar a dimensão trágica e existencial do original – distanciando-se das adaptações cinematográficas que costumam transformar essa profunda e riquíssima história num conto de terror. Nesta ópera, a concepção (tanto do libreto quanto da música) é altamente dramática, dramaticidade que não diminui pelo fato de se tratar de uma ópera-rock.

Nos papéis principais, grandes nomes do canto lírico e do rock nacional como Alírio Netto (vocalista do Queen Extravaganza), que vai interpretar a famosa Criatura; Rodrigo “Gnomo” Matos, que viverá Victor Frankenstein; Carla Domingues, soprano de voz marcante e versátil, que já se apresentou em vários teatros nacionais e internacionais, no papel de Elizabeth; Masami Ganev, soprano que já participou de óperas como Madama Butterfly e La Bohème, interpretará Justine – entre outros grandes nomes da música catarinense. A parte musical compreende ainda coro masculino, banda e orquestra sinfônica. Ao todo, quase 70 pessoas estarão envolvidas no espetáculo.

EM VEZ DE MUSICAL, UMA ÓPERA

Embora formalmente possa ser enquadrada como um musical, estilisticamente FRANKENSTEIN se diferencia da tradição dos musicais (que em geral têm forte influência pop, como no caso dos musicais da Broadway ou mesmo nos da Disney e similares), resultando numa mescla única em seu gênero no contexto das produções contemporâneas. “Por se tratar de uma tragédia, escrevi uma música extremamente densa e dramática”, explica Heller. “O que se reflete na orquestração. O timbre das guitarras e da percussão se mistura à formação sinfônica, numa escrita mais para Mahler que para Andrew Lloyd Webber – razão pela qual insisto no título ópera-rock ao invés de musical”.

Os vários temas que se entrelaçam na história continuam absolutamente atuais: a relação entre criador e criatura, os limites éticos nas pesquisas científicas (discussão que se estende desde a clonagem até as células-tronco, passando ainda pela robótica e pela inteligência artificial), a natureza humana (as fronteiras entre o animal e o espiritual, o conflito entre o racional e o instintual), o sentido da existência (quem somos, de onde viemos, para onde vamos), a relatividade do bem e do mal, a negação/superação da morte, o respeito à diferença e à alteridade, a estigmatização e marginalização dos divergentes.

A ópera-rock FRANKENSTEIN, em dois atos e com duas horas de duração, promete ser uma das mais ambiciosas e originais produções da história da Camerata, que completa 25 anos em 2019.

SOBRE O AUTOR

O libreto e a composição são de autoria do compositor Alberto Heller, músico várias vezes premiado, autor de concertos, sinfonias, música para teatro, dança e cinema e que une aqui seu conhecimento musical ao literário (é doutor em Literatura e membro da Academia Catarinense de Letras e Artes). Nos últimos dez anos foi também o responsável pelos arranjos das várias edições do projeto Rock’n Camerata, junto à Camerata Florianópolis. Heller possui graduação e especialização em Música pela Escola Superior de Música Franz Liszt em Weimar, Alemanha, além de mestrado em Educação, doutorado em Literatura (ambos pela UFSC). É membro da Academia Catarinense de Letras e Artes (ACLA) desde 2008. Publicou os livros Fenomenologia da Expressão Musical (2007) e John Cage e a poética do silêncio (2011).

SOBRE A CAMERATA

A Camerata Florianópolis foi fundada em 1994 pelo maestro Jeferson Della Rocca e vem atuando ininterruptamente, sempre com significativa participação e relevância na agenda cultural da região Sul do país, e figura entre os mais importantes grupos do gênero no Brasil. Tem em seu currículo apresentações com grandes nomes nacionais, como Lenine, Paulinho Mosca e Zeca Baleiro, além da participação especial na edição do Rock’n Rio 2015 com o guitarrista americano Steve Vai. Uma das especialidades da orquestra é aliar a música erudita aos diversos gêneros musicais, como os projetos Rock’n Camerata, Música para Cinema, Clássicos com Energia, Marley in Camerata, entre outros.

Gravou 13 CDs e seis DVDs, entre os quais: Clássicos com Energia, O Amante do Girassol (de Daniel Lobo), Tributo à Música Popular Brasileira, Edino Krieger (Prêmio Natura Musical), Santa Catarina (composições Alberto Heller e Kleber Alexandre), A Arte do Improviso "In Jazz" e Rock`n Camerata – ao vivo. 

Além do repertório camerístico, que trouxe grande reconhecimento à orquestra, a Camerata Florianópolis vem se destacando nos últimos anos também pelo trabalho sinfônico, interpretando obras de peso como a integral das Sinfonias e Concertos para Piano e Violino de Beethoven, A Criação de Haydn, Concertos e Sinfonias de Mozart, bem como seu Requiem (numa das parcerias com o Polyphonia Khoros), Missas, Árias, Aberturas de ópera e diversos Concertos.

​Além do êxito obtido em vários estados brasileiros (como Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais), também no exterior obteve grande reconhecimento em suas turnês pela França, Espanha, Alemanha e Itália. Todo esse intenso trabalho artístico não impediu que, desde sua criação, desse enorme valor às questões sociais: implantou importantes projetos educacionais, como Educando com Música e Música e Cidadania; contribuiu para a democratização do acesso a espetáculos eruditos através do projeto Concertos nas Comunidades e Turnês pelo interior de Santa Catarina. Tais iniciativas vêm contribuindo sobremaneira com a cultura musical no Estado, formando plateias e estimulando a juventude à prática musical.

​Entre várias honras recebidas, destacam-se o Prêmio Franklin Cascaes de Cultura da Prefeitura Municipal de Florianópolis (2011), a Medalha Mérito Cultural Cruz e Souza do Governo do Estado de Santa Catarina (2012) e Prêmio Edino Krieger como “Destaque Musical do Ano” da Academia Catarinense de Letras e Artes (2015).

FICHA TÉCNICA

TEASER: https://vimeo.com/273007529 (Produtora 30 Por Segundo)

SITE: https://www.operafrankenstein.com/

FANPAGE: https://www.facebook.com/%C3%93pera-Frankenstein-254074141830253/

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/operafrankenstein/

FOTOS: Tóia Oliveira

SERVIÇO

LOCAL: Teatro Ademir Rosa, CIC (Centro Integrado de Cultura) – Florianópolis

DATA: 27, 28 e 29 de junho de 2018

Libreto e composição: Alberto Heller

Regência e direção musical: Jeferson Della Rocca

Direção Cênica: Renato Turnes

Direção artística: Alberto Heller

Iluminação: Hedra Rockenbach

Figurinos: José Alfredo Beirão

Cenografia: Sandro Clemes

Produção: Maria Elita Pereira

Realização: Camerata Florianópolis


CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Nesta segunda-feira, 18, uma reunião ampliada da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e de Igualdade de Gênero na Câmara Municipal, que tem como presidente a vereadora Carla Ayres (PT, que substitui o vereador Prof. Lino Peres no mês de junho), vai discutir estratégias para convencer o prefeito Gean Loureiro a enviar ao legislativo um projeto de lei que crie o II Plano Municipal de Políticas Públicas para Mulheres em Florianópolis. A capital já tem um Plano Municipal neste âmbito, mas que nunca foi implementado na prática. Foram convidados a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, a OAB e outros órgãos e movimentos ligados à questão. 

Ao chamar a reunião, Carla e a CDDMIG querem pressionar o Executivo pela aprovação de uma lei que permita à população de mulheres o acesso e a participação social nos espaços públicos. O encontro também tem o objetivo de discutir políticas e ações que podem ser propostas a partir do II Plano e discutir de modo geral a vulnerabilidade da mulher na cidade. 

O Plano Municipal existente foi revisto e melhorado na III Conferência Municipal de Políticas Para as Mulheres, e chegou-se à conclusão de que a efetiva implementação de políticas públicas requer ação articulada de diversos órgãos, secretarias, fundações e institutos. O texto do II Plano já está pronto, é questão de vontade política aprová-lo. 

SERVIÇO

O quê: Reunião Ampliada para discutir a implementação do II Plano Municipal de Políticas Públicas para Mulheres

Quando: segunda-feira, 18, às 18h30

Onde: Plenarinho da Câmara Municipal de Florianópolis

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A comissão organizadora da Expo São José 2018, evento que acontecerá entre os dias 6 e 8 de julho, no CTG Os Praianos, em Forquilhas, vem realizando reuniões de alinhamento semanais para definir os preparativos da primeira grande feira multisetorial que será realizada na cidade. O evento terá entrada gratuita, programação cultural extensa e promete movimentar os setores da agroindústria e do comércio varejista da região com exposições e comercialização de produtos.   

Na última semana, representantes da Prefeitura de São José,  Sindicato Rural de São José, e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) se reuniram, na sede do CTG Os Praianos, para conhecer os ambientes. Na oportunidade, foi definido onde serão montados os stands dos agricultores da Grande São José, que comercializarão itens como hortaliças orgânicas, biscoitos, panificados, embutidos, queijos, cachaças artesanais, produtos da apicultura, aipim e morango congelados, entre outros.

O grupo também se reuniu com representantes da Fundação Municipal de Cultura e Turismo, da Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis - Aemflo/ CDL São José e Secretaria Especial de Agricultura Familiar do Desenvolvimento Agrário (SEAD), para alinhar detalhes da programação cultural e das exposições de bovinos, caprinos e equinos do evento. 

 “Trata-se da realização da primeira grande feira multisetorial na cidade e, por isso, cada detalhe é discutido pela equipe, para que durante o evento, possamos apresentar e oferecer aos visitantes o que de melhor está sendo produzido e desenvolvido na região da Grande São José”, explica o secretario de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto.  

A Expo São José 2018 vai promover a reunião de produtores agroindustriais, varejistas e consumidores, por meio de exposições e leilões de animais, comercialização produtos, rodada de negócios, mostras de artesanato, gastronomia variada e extensa programação cultural para divertir todos os tipos de público durante os três dias de evento.  

A Expo São José 2018 será realizada pelo Sindicato Rural de São José e Região, e contará com o apoio da Prefeitura de São José por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação; do Governo Federal, através da Secretaria Especial de Agricultura Familiar do Desenvolvimento Agrário (SEAD); do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc); além da Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis - Aemflo/ CDL São José; do Serviço brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC), do Sistema da Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural  (Faesc/Senar); e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina (Fetaesc).  

A programação completa da Expo São José 2018 será divulgada em breve no site oficial da feira http://www.exposaojose.com.br/ , além dos canais de comunicação da Prefeitura de São José e das demais instituições parcerias da feira. 

Serviço

O quê: Expo São José 2018

Quando: 6, 7 e 8 de julho

Onde: CTG Os Praianos - Rua Vidal Vicente de Andrade, 72 - Forquilhas

Entrada: Gratuita

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Depois de uma estreia de sucesso realizada em maio passado, com mais de 10 mil corredores nas ruas da Capital Catarinense disputando as provas de 42k, 21k e 7k, os 42k de Floripa - Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis já abriu as suas inscrições para a edição 2019, confirmada para o dia 23 de junho, também no feriado de Corpus Christi.

Como comemoração, foi disponibilizado um lote promocional, por tempo limitado, para as primeiras 1.000 inscrições, com preços de R$75 a R$95, dependendo da distância escolhida.

Para 2019, a organização prevê atingir a marca 15.000 participantes e prepara algumas novidades que serão reveladas aos poucos. "A estreia dos 42k de Floripa superou as nossas expectativas. A cidade nos acolheu e todos os turistas prometeram voltar. Florianópolis confirmou o que já sabíamos: condições perfeitas para uma prova rápida, com o clima ideal para corridas longas, e participação dos moradores da cidade", declara Guilherme Accursio, Diretor de Marketing da Norte MKT Esportivo, responsável pela organização.

A primeira novidade fica por conta da Joy Run, no próximo ano com percurso de 10k: “Recebemos muitos pedidos para aumentar a distância da Joy Run. Correr em Floripa foi tão bom que optaram por uma prova mais curta e rápida, ficaram com um gostinho de quero mais”, completa Guilherme.

As inscrições podem ser realizadas através do site www.42kdefloripa.com ou no Ativo.com. Outras informações serão divulgadas em breve nas redes sociais da O2: Facebook e Instagram (O2 Corre Brasil).

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A CRIATIVA – Feira de Artes, promovida pela produtora independente Bapho Cultural, chega na 3ª edição. O evento com entrada gratuita será na terça-feira, dia 19 de junho, no Lambretta Bar, no centro de Florianópolis.

Segundo Arthur Gomes e Thomas Dadam, idealizadores da Feira, a CRIATIVA de junho trará para a cena muita arte de ruptura tornando o espaço da feira um lugar de muita troca.

“Junho é o mês de visibilidade LGBTI, então o show da noite será com duas artistas lésbicas e negras, trazendo duas lutas importantíssimas no cenário nacional e mundial. A CRIATIVA está caminhando para grandes novidades que estão por vir e o público de Florianópolis pode aguardar boas notícias em breve", adianta Arthur.

Nesta edição, além da participação dos artistas confirmados: O Avesso Bonito, Mana Lhama Brechó, Xu Artes, Editora Caseira, Leve Art,  Ambos e Quick Massage rolando durante a noite, a CRIATIVA vai ter o show da Dupla “Eu & Ela”.

Formado por Noemi Carvalho e Luane Cristine, a dupla estreou com muito sucesso e a música de estreia "Amar Não é Pecado"  foi a oficial da Parada LGBTI de Curitiba/PR.

“Noemi traz para suas músicas a vivência enquanto mulher negra, lésbica e gorda, tendo 2018 como ano de estreia de seu primeiro EP.  Já Luane Cristine é percursionista, e iniciou a carreira musical aos 8 anos tocando na rua e em eventos culturais com o grupo Magnitude, composto por seu pai e irmãos”, destaca Arthur.

A entrada para participar da feira é gratuita.

Serviço:
CRIATIVA - Feira de Artes com show da Dupla "Eu & Ela" de Curitiba/PR

Data:19 de junho de 2018 – terça-feira

Horário: 19h30

Local: Lambretta bar - Travessa Harmonia,44 -  Centro – Florianópolis/SC 
Entrada Gratuita

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.