Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

Já está disponível no site da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC) - www.dive.sc.gov.br - o Calendário de Vacinação da Rede Pública de Santa Catarina para 2018, contendo as mudanças anunciadas pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS).

Entre as principais mudanças está a aplicação da vacina contra a febre amarela para crianças com 9 meses. A dose será aplicada em crianças nascidas a partir do ano de 2017, residentes em todo o território catarinense. Além de Santa Catarina, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Bahia também terão essa mudança.

Em relação à vacina contra a varicela, o Ministério da Saúde passa a disponibilizar a segunda dose para crianças de 4 até 6 anos de idade (6 anos, 11 meses e 29 dias). A vacinação nesta faixa etária busca aumentar a proteção do grupo alvo, prevenindo a ocorrência de surtos da doença, especialmente em creches e escolas. A primeira dose da varicela é aplicada aos 15 meses de idade.

Outra alteração no calendário é a vacina meningocócica C conjugada para adolescentes de 11 a 14 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias). Para este grupo, será aplicado um reforço ou a dose única, conforme situação vacinal encontrada. Essa mudança proporcionará proteção direta impedindo o risco de doença para os grupos etários, alcançando, ainda, o efeito protetor da imunidade, que estende a proteção de pessoas não vacinadas.

“A expectativa é ampliar a proteção das crianças e adolescentes, além de diminuir o estado de portador, protegendo também a população de outras faixas etárias, diminuindo assim a população suscetível a essas doenças”, afirma Vanessa Vieira da Silva, a gerente de imunização da DIVE/SC.

A disponibilidade das vacinas segue as recomendações do calendário e a situação vacinal encontrada para crianças, adolescentes e adultos.  A imunização oferece total proteção contra as doenças, que pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar até mesmo à morte. As vacinas são gratuitas e estão disponíveis nas salas de vacinação das unidades de saúde pública de Santa Catarina.

Veja aqui o Calendário de Vacinação da Rede Pública.Veja aqui os municípios conforme áreas de recomendação para vacina febre amarela.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Ministério da Educação antecipou a liberação de R$ 887.927,78 do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) para que o Hospital Universitário Polyodro Ernani de São Thiago, pertencente ao complexo da Universidade Federal de Santa Catarina (Hupest-UFSC) comece o ano com dinheiro em caixa para realizar investimentos e planejar o início de 2018. Na última sexta-feira, 5, o Comitê Gestor do Rehuf aprovou a liberação do recurso. Ao todo, o MEC antecipou a liberação de R$ 31 milhões do Rehuf para as instituições federais de ensino. O programa é administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal ligada ao MEC.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, destacou a importância desses recursos para a garantia da boa prestação de serviço dos hospitais universitários do país. “Desde o início da gestão, temos dado uma atenção especial aos hospitais universitários federais. Nosso objetivo é garantir que eles continuem prestando serviços de qualidade nas áreas de ensino, pesquisa e assistência à população. Essa liberação confirma nosso compromisso de começar o ano de 2018 com verbas para investimentos e custeio de materiais para as unidades”.

Essa iniciativa foi aprovada em tempo recorde. É a primeira vez que a liberação é realizada no começo de janeiro. O recurso será utilizado na compra de insumos, como medicamentos, ou em investimentos nas unidades, como novos equipamentos ou reformas. A decisão fica a critério do próprio hospital, que agora deve informar à Ebserh, por meio de planos de trabalho, o destino dos recursos.

“Liberamos recursos em dezembro para garantir o abastecimento das unidades e o atendimento à população. Agora, esses valores estão sendo enviados para que as unidades possam planejar e cumprir as ações de 2018 com maior tranquilidade e celeridade”, destacou o vice-presidente da Ebserh, Paulo Henrique Costa.

Liberações mais rápidas têm sido uma constante na estatal e são resultado da criação de um novo fluxo de processos dentro da empresa, que dá maior celeridade na aprovação de recursos para os hospitais. Antes, o processo de descentralização de créditos por meio da inserção de planos de trabalho levava, em média, 54 dias para a aprovação. Com o novo fluxo, esse prazo tem durado cerca de 10 dias.

“O Rehuf tem um impacto positivo muito grande para nós, principalmente na parte de capital e no crescimento da nossa infraestrutura. Todo investimento que o HU faz hoje é com recursos do Programa. Vindo agora no começo de janeiro, ainda nos ajuda a executar o planejamento que temos para o ano, sem atropelar etapas”, destacou a superintendente do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe, Ângela Maria Da Silva, que adiantou o interesse em usar o recurso em equipamentos na área de cirurgia.

O Programa – Os recursos do Rehuf são oriundos dos ministérios da Educação e da Saúde. O programa destina-se à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, incluindo as não filiadas à Ebserh, estatal vinculada ao MEC, que administra 39 hospitais universitários federais. A descentralização obedece a critérios como o porte do hospital (número de leitos), o perfil assistencial (baixa, média ou alta complexidade), obras e reformas em andamento, entre outros.

O objetivo é criar condições materiais e institucionais para que os hospitais universitários federais possam oferecer atendimento médico e hospitalar de qualidade à população, assim como proporcionar a formação qualificada de profissionais da área de saúde. O programa também prevê iniciativas de modernização da estrutura física e do parque tecnológico dos hospitais.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), anunciou, na manhã desta terça-feira, 9 de janeiro, os resultados do Vestibular 2018 a uma plateia de membros da comunidade universitária, jornalistas, candidatos e representantes de escolas e cursinhos. A coletiva culminou com a liberação dos resultados no site do Vestibular 2018.

Ao todo foram 31.284 inscritos, sendo 19.839 na classificação geral, 11.445 optantes pelas Políticas de Ações Afirmativas (PAA) e 1.406 candidatos por experiência. Houve 3.850 solicitações de isenção da taxa de inscrição concedidas. Ao todo, a UFSC ofereceu 4.551 vagas (70%) pela prova do vestibular e 1.930 (30%) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em 101 cursos/turnos distribuídos nos cinco campi – Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville. 

LEGENDA: Coletiva de Imprensa resultado final do Vestibular – Foto Henrique Almeida

Um vídeo com as boas-vindas e agradecimentos do reitor pro tempore Ubaldo César Balthazar foi exibido no início da coletiva. O reitor cumprimentou os novos calouros, lembrando que estão ingressando em uma das melhores universidades públicas do país. “Somos a quarta melhor federal do Brasil, portanto, vamos valorizar esse período que todos passarão aqui dentro. Sejam todos bem-vindos”, salientou. O reitor em exercício e pró-reitor de Graduação Alexandre Marino Costa e a presidente da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), Maria Luiza Ferraro, apresentaram as informações do Vestibular 2018. Realizado em 23 cidades de Santa Catarina, o concurso contou com o trabalho de cerca de 3.600 pessoas.

Maria Luiza Ferraro falou do trabalho de realização do concurso e ressaltou que, apesar de um ano difícil para a UFSC, o vestibular transcorreu conforme o planejado. “O número de candidatos eliminados por porte de equipamentos eletrônicos não permitidos foi o menor desde que essas regras passaram a fazer parte do edital, somente 20 candidatos. A maioria das pessoas desconhece que para chegarmos à divulgação dos resultados, a Coperve trabalha o ano inteiro, com o envolvimento de um número significativo de pessoas”, salientou. Maria Luiza agradeceu a dedicação da equipe e apoio da Administração Central para que o concurso acontecesse e apresentou os números gerais do Vestibular 2018.

O reitor em exercício Alexandre Marino Costa parabenizou, em seu discurso, os candidatos classificados e recomendou aos estudantes “que aproveitem ao máximo a vida universitária, mas que sejam excelentes estudantes e que valorizem este espaço e cumpram seu papel para que possam retribuir à sociedade todo o conhecimento que se adquire nesta instituição pública de ensino”.

A divulgação dos aprovados, neste ano, aconteceu exclusivamente por meio do site do Vestibular 2018: http://vestibular2018.ufsc.br/, com a lista liberada logo após a coletiva de imprensa. Neste ano não houve a afixação da lista geral de classificados no campus, devido a questões de infraestrutura e segurança, decorrente de reformas no Ginásio de Esportes da UFSC (CDS).

Confira a lista dos dez primeiros colocados do vestibular UFSC 2018, por número de acertos:
1º- Matheus Cercal Lazzaris – Medicina Diurno Florianópolis – Florianópolis/SC
2º- Vitor Dolzan Garcia – Química Bacharelado – São José/SC
3º- Vítor Marcelo Soares Campos – Medicina Diurno Florianópolis – Brusque/SC
4º- Leticia Schmitz Nacur de Almeida – Medicina Diurno Florianópolis – Juiz de Fora/MG
5º- Mateus Santarém Melillo – Medicina Diurno Florianópolis – Florianópolis/SC
6º- Laura Batista de Oliveira – Medicina Diurno Florianópolis – São José/SC
7º- Leonardo de Sá Nicolazzi – Engenharia Mecânica Diurno Florianópolis – Florianópolis/SC
8º- Arthur Santos Guimarães – Medicina Diurno Florianópolis – Joinville/SC
9º- Rafael Marques dos Santos – Medicina Diurno – Florianópolis – Florianópolis/SC
10º- Kely Silveira Marcello – Medicina Diurno Florianópolis – Criciúma/SC

Conheça, também, os três primeiros colocados, oriundos de escolas públicas:
1º- Wagner Scheeren Brum – Medicina Diurno Florianópolis – Novo Hamburgo/RS
2º- Júlio César Furlan – Medicina Diurno Florianópolis – Caxias do Sul/RS
3º- Julio Cesar Ronconi Padilha – Medicina Diurno Florianópolis – Itajaí/SC

Matrículas dos candidatos classificados

Os candidatos classificados no Vestibular 2018 dentro dos limites das vagas oferecidas para cada curso de graduação, independentemente do semestre letivo de 2018 em que iniciarão o curso, deverão realizar a matrícula em duas etapas, uma online e uma presencial, sendo a primeira etapa de 22 a 25 de janeiro. Todas as informações a respeito das datas, locais, procedimentos e normas estão disponíveis na Portaria de Matrículas, expedida pela Prograd e SAAD e publicada no site www.vestibular2018.ufsc.br.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Nesta quinta, dia 11 de janeiro, tem Festival Risonópolis, em Floripa. A partir das 20h, o Lambretta Bar, será ponto de encontro para muitas risadas e diversão.

“Transformar as quintas-feiras em uma noite super descontraída, regada de prêmios ao público presente, bebidas de boa qualidade e ótimos quitutes é o que projeto busca”, destaca Arthur Rogoski Gomes, um dos organizadores.

O Festival Risonópolis – quintas de humor, uma produção de Bapho Cultural em parceria com Lambretta Bar, está trazendo arte e valorização para artistas locais com um projeto que pretende trazer muitas novidades em 2018.

LEGENDA: Malcon Bauer 

Nesta edição as apresentações da noite ficam por conta de: Suzaninha Richthofen, Malcon Bauer, Vivian Brasil e Igor Lima.

Serviço: Festival Risonópolis – quintas de humor

Data: 11 de janeiro de 2018

Horário: 20h 

Local: Lambretta Bar – Travessa Harmonia, 44, Centro de Florianópolis

Ingressos à venda no local: R$ 10 até 21h, após R$ 15 

Classificação: 18 anos | Sujeito a lotação

Mais informações na página do Facebook da Bapho Cultural: https://www.facebook.com/baphocultural/

legenda: Igor Lima 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Palhoça, prenderam em flagrante, na tarde de domingo, 7, dois homens por tráfico de drogas e posse de objetos de procedência duvidosa.

Por volta das 17h, a guarnição da Radiopatrulha realizava rondas na Praia da Pinheira, quando suspeitou de dois homens com idades de 27 e 29 anos, naturais de Florianópolis, que se encontrava em um beco e tentaram se esconder em uma residência. Na abordagem, os policiais encontraram com os suspeitos 1,5 gramas de cocaína, 9,5 comprimidos de ecstasy, 33,7 gramas de maconha, um celular e um relógio de pulso.

http://www.pm.sc.gov.br/fmanager/pmsc/upload/Luzara/2018/01/ART_Luzara_2018_01_08_172203_art_916907.jpg
Já na residência, foram localizadas três pulseiras e cinco anéis de prata, quatro máquinas fotográficas, mais um celular e um relógio de pulso, a quantia em espécie de 142 reais, cinco euros e três garrafas de clorofórmio. No pátio da residência, ainda foi encontrada uma sacola com dois torrões de maconha, pesando no total 605 gramas e uma balança de precisão.
Os homens foram conduzidos para a delegacia de Palhoça, onde foram lavrados os flagrantes.
 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Um policial do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM) efetuou a prisão de um homem acusado de roubo a um posto de combustíveis, às margens da BR-101, no Bairro Roçado, em São José. A ação ocorreu dia 2 de janeiro. 

O policial, soldado Marco Paulo Frâncio, estava de folga, quando viu o homem, de 27 anos, conduzindo uma motocicleta na contramão de direção. O suspeito entrou no posto de combustíveis e permaneceu de capacete. Diante da suspeita, o policial foi ao local e constatou que o homem realizava um roubo na loja de conveniência do posto.

O soldado procedeu a abordagem, no momento em que o suspeito saia do estabelecimento, logo após o flagrante. Com o homem, o policial apreendeu uma parafusadeira, usada como arma, e 515 reais em dinheiro.

O acusado e os materiais apreendidos foram encaminhados à Central de Plantão Policial de São José.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Os empreendedores residentes de Florianópolis já podem inscrever seus projetos no Programa de Incentivo Fiscal à Inovação da Prefeitura de Florianópolis, que é similar à Lei Municipal de Incentivo à Cultura, mas voltado exclusivamente para inovação. São aceitos projetos que proponham empreendimentos inovadores na capital catarinense, vinculados a um Arranjo Promotor de Inovação (API); e também projetos que desenvolvam ou aprimorem um serviço, sistema, ou produto inovador, propostos por MEI ou MPE com sede em Florianópolis, também vinculados a um API.
“Essa é a nossa Rouanet manezinha de inovação. Foi um dos principais pedidos do setor que conseguimos atender e agora aguardamos a participação dos empreendedores. Temos certeza que esses projetos farão a diferença para a nossa cidade”, afirma o prefeito Gean Loureiro.
Os APIs reúnem empresas e instituições com o objetivo de desenvolver os segmentos. São oito APIs em Florianópolis:  Turismo, Economia Criativa, Cultura e Entretenimento;  Saúde, Equipamentos médicos e Insumos; Educação; Comércio e Serviços;  Pesca, Maricultura e Agronegócios; Transportes e Mobilidade; Tecnologias de Informação, Comunicação, Microeletrônica e Nanotecnologia e em Energia.
O valor máximo por projeto é até 50% do limite de faturamento anual de microempresa. O prazo máximo de execução é de dois anos. Os projetos aprovados recebem uma “Carta de Autorização” e assinam contrato com a Prefeitura. Com isso, podem obter até 20% do ISS devido e até 20% do IPTU devido de contribuintes incentivadores estabelecidos no município em uma conta bancária aberta especificamente para receber os recursos do projeto. Os contribuintes incentivadores recebem um ”Certificado de Incentivo Fiscal” para obterem o respectivo desconto do valor junto à Prefeitura quando for pagar o ISS ou o IPTU.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

É nesta semana a primeira edição do Summer Festival Camerata, que traz alguns dos programas de maior sucesso de público do ano que passou. Se Florianópolis é a cara do verão e verão combina com música, que tal juntar tudo isso durante 3 noites de muita música para abrir a temporada de espetáculos 2018? Os shows acontecem nos dias 11, 12 e 13 de janeiro, no teatro Ademir Rosa, no CIC.

"Apresentar espetáculos diferentes de gênero popular em um único festival, tem como propósito agradecer ao público que lotou praticamente todos os 75 espetáculos da Camerata Florianópolis em 2017", comemora o Maestro Jeferson Della Roca.

Para abrir os trabalhos da primeira noite, dia 11, a Camerata Florianópolis recebe mais uma vez a banda Dazaranha. Em setembro a união dos dois grandes nomes da música catarinense lotou o teatro em 4 apresentações consecutivas, com recorde de público, para a gravação do DVD de 25 anos do Daza. O Show também passou por outras cidades no estado. No repertório os fãs da banda mãezinha e da orquestra vão curtir grandes sucessos, como Vagabundo Confesso, O Cubo, O Mané e Afinar as Rezas.

Na sequência, dia 12, o Rock toma conta do teatro do CIC. Sob o comando do maestro Jeferson Della Rocca, a Camerata Florianópolis e a banda de rock Brasil Papaya Instrumental apresentam o melhor dos maiores ícones do Rock’n Roll, incluindo sucessos de Guns n’ Roses, Queen e Led Zeppelin. Os arranjos inovadores e ousados, desenvolvidos por Albert Heller unem o clássico da orquestra com os instrumentos elétricos da banda, que fazem deste, um dos espetáculos mais concorridos da Camerata.

E para fechar a primeira edição do Summer Festival, no dia 13 de janeiro a Camerata traz mais uma vez para o CIC o espetáculo Música para Cinema com grandes sucessos das trilhas sonoras de consagrados filmes do cinema mundial dos séculos XX e XXI. Mais uma oportunidade de relembrar A Pantera Cor de Rosa, voltar no tempo de Guerra nas Estrelas, e prestigiar mais uma vez o Cinema Paradiso. E realmente ver, ouvir e sentir muitas emoções, afinal, além da apresentação da orquestra, durante o espetáculo cenas dos filmes são exibidas em uma tela gigante.

As três noites de show tem início às 20h. O Summer Festival é promovido por meio da Lei Rouanet, com apoio cultural da Intelbras, Voa e Softplan e realização da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e da Fundação Catarinense de Cultura. Os ingressos estão à venda pela Blueticket, nas lojas Multisom dos Shoppings Floripa e Iguatemi, nas lojas Cheia de Graça do Centro, Lagoa e Ingleses e a partir do dia 8 de janeiro nas bilheterias do TAC, Pedro Ivo e CIC.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) abriu nesta segunda-feira, 8, o período de inscrições do Concurso Público nº 01/2017, para seleção de professores efetivos. As inscrições seguem até 22 de fevereiro. São 38 vagas em dez centros de ensino da instituição, localizados em oito cidades: Florianópolis, Joinville, Lages, Ibirama, Balneário Camboriú, Laguna, Chapecó e Pinhalzinho. Confira o link de inscrição. A taxa é de R$ 200 e deve ser paga via depósito identificado.

Há vagas para diversas áreas do conhecimento, como Desenho Industrial, Música, Biologia, Engenharia, Gestão Ambiental, Administração, Fisioterapia, Geografia, Pedagogia, Arquitetura, Física, Matemática, Economia, Genética, Enfermagem e Zootecnia. 

As provas escrita, didática e de títulos ocorrerão de 23 a 27 de abril. A remuneração para o regime de trabalho de 40 horas é de R$ 6.811,55 para candidatos com mestrado e de R$ 8.855,80 para aqueles com doutorado. Além disso, os professores contratados terão auxílio-alimentação de R$ 29,25 por dia útil trabalhado.

Mais informações podem ser obtidas nos centros, em lista de contatos disponível na página do concurso.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 Neste período de volta das férias as mulheres estão, em sua maioria, na busca por uma recuperação de seus cabelos que foram constantemente castigados pela temporada de férias em praia, piscina, mar, ventos, cloro, sol, areia e diversos outros fatores que agridem os fios. Existem alguns produtos que podem auxiliar neste tratamento, garante o cabeleireiro Marcelo Carrato, professor, visagista e cabeleireiro do Stúdio Miscellanea  “O mercado de cosmética e beleza evoluiu muito nos últimos anos e a hidratação feita em casa podem ser tão boa quanto em salão. Porém é necessário ficar atenta à qualidade e procedência de cada produto” alerta

Carrato elencou algumas dicas para quem esta à procura de um produto ideal para o seu tipo de cabelo

- PH, potencial de hidrogênio que equilibra o fio, não pode passar de 4,0. Quanto mais baixo o PH mais baixo, mais ele sela cutícula
- Para cabelos secos , procure bases de Mandioca, Macadâmia e coco
- Para cabelos oleosos, procure cremes a base de abacate e cacau (fuja dos óleos de coco e Argan)
- Para cabelos coloridos (que usa tintura), o repositor de carbono ajuda a equilibrar o PH do fio. Cremes a base de Manteiga de Karite e camomila são indicados
Claro que o verão ainda não chegou ao fim e muitos ainda vão querer aproveitar o período para curtir o sol, então Marcelo dá algumas dicas “ Por causa do vento da praia, os grãos de areia tendem a fixar nos fios, então na hora do banho, use primeiro o condicionador, desta forma os grão irão deslizar e não irão agredir o cabelo durante a lavagem, posteriormente pode realizar a lavagem normal que terá excelente resultado” garante. E para quem ainda vai curtir um mar ou piscina, vale aplicar Leite Siliconado ou reparador de pontas na extensão dos fios, eles ajudam contra as agressões do sal, do cloro e do sol.
E na hora do banho é aconselhado o uso de água morna, já que o calor em excesso abre a cutícula e pode danificar os fios.

Sobre Marcelo Carrato
Cabeleireiro há 18 anos, é professor, visagista no Studio Miscellanea, Como embaixador Maxton – (da marca Embelleze),onde criou vídeos institucionais e treinamentos. Atuou como educador e técnico responsável em um Spa em Luanda / Angola.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.