Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

O presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Ernesto João Reck, esteve na tarde de quinta-feira, 19, na Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania para colocar a entidade à disposição no processo que envolve a construção de novas unidades prisionais nos municípios catarinenses. 
“Assumimos o compromisso de auxiliar nas negociações com os prefeitos e a classe empresarial”, enfatizou Reck que foi recebido pelo secretário adjunto, Leandro Antônio Soares Lima.

A entidade procurou a Secretaria da Justiça e Cidadania após ouvir o apelo da secretária Ada Faraco De Luca em seu discurso de posse, no último dia 9, para que os prefeitos cedam e autorizem o Estado a construir unidades em seus municípios. “É um problema que precisa de solução. Vamos nos envolver e desenvolver parcerias”, garante o presidente da Facisc, entidade que reúnem mais de 33 mil empresas filiadas a 145 Associações Comerciais e Industriais (ACIs) em 220 municípios do Estado.

O secretário adjunto lembrou que a influência das associações empresariais é notória e que as parcerias serão muito bem recebidas. Ele ainda fez questão de lembrar que desde 2011, quando a secretária Ada De Luca assumiu a secretaria da Justiça, adotando o lema “Sistema Humanizado, Cidadania Respeitada”, Santa Catarina tem um novo modelo de sistema prisional, pautado no trabalho e na educação, e com uma visão extremamente técnica.

Além do agente penitenciário compor a linha de frente, o grande divisor de águas é a entrada das empresas no sistema prisional catarinense, ressalta Lima. São mais de 240 convênios, nas áreas de telefonia; material de reciclagem; confecções; montagem de bicicletas; tintura de fios e estamparia; montagem de compressores e componentes de motores, fabricação de móveis e estofados. “Temos 9,3 mil apenados trabalhando, são 57% do total. É a maior média do país segundo levantamento do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), conclui Lima.

Também participaram da reunião os advogados Murilo Gouvêa dos Reis e Lucas Calafiori Catharino de Assis.

 

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de quinta-feira, 19, o decreto que autoriza a contratação com dispensa de licitação de empresa responsável pelas obras emergenciais de conclusão da estrutura de sustentação inferior da Ponte Hercílio Luz para, em uma próxima etapa, ser realizado o trabalho de restauração.

O próximo passo para as obras de sustentação é a emissão da ordem de serviço, que ocorre após vistoria do canteiro de obras. O presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, afirma que com a ordem de serviço emitida, a empresa terá um prazo de 180 dias para executar o trabalho. O valor do investimento nesta etapa será de R$ 10,3 milhões.

A empresa responsável pelo trabalho é a Empa AS, que tem sede em Belo Horizonte e mais de 50 anos de experiência no mercado de construção pesada. A companhia faz parte do grupo portuguêsTeixeira Duarte. O contrato com a Empa foi assinado no dia 10 de fevereiro.

Os trabalhos de construção da estrutura provisória que sustentará o vão central da ponte foram interrompidos em agosto de 2014, após rescisão do contrato com a Construtora Espaço Aberto diante de atrasos no cronograma da restauração.

Agostini acrescenta que paralelamente ao trabalho de sustentação da ponte, o Governo do Estado segue com tratativas com a American Bridge para execução da restauração propriamente dita. A empresa é a mesma que construiu a ponte na década de 1920. Neste mês, o governador Raimundo Colombo participou de reuniões com equipes técnicas do Governo do Estado e da American Bridge, em Pittsburgh, nos Estados Unidos. O próximo passo para a restauração será a American Bridge fazer uma visita a Florianópolis para a realização de um estudo técnico sobre os trabalhos necessários.

 

A Secretaria Municipal de Educação de São José abre inscrições para Exames Supletivos a partir do dia 19 de fevereiro até o dia 27 de março. Os interessados deverão seguir as orientações do Edital 001/2015, disponível no site de Prefeitura www.pmsj.sc.gov.br e no Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos, localizado na Rua José Gonzaga Regina de Lima, 143 no Bairro KOBRASOL, telefone: 3247-5452.

Para a conclusão do Ensino Fundamental e Médio, a Secretaria realizará, em  2015, duas etapas. A primeira nos dias 13 e 14 de junho e a segunda em 07 e 08 de novembro, no Colégio Municipal Maria Luiza de Melo. Segundo a  Coordenadora Simone Warmeling dos Santos, serão disponibilizados Aulões  ministrados por professores da Rede Municipal de Ensino para revisar conteúdos importantes para a realização das Provas.

A Secretaria da Educação de São José  não tem medido esforços para garantir que as escolas recebam a comunidade escolar com ambiente propício e acolhedor.

Conta-se com o zelo do ambiente escolar pelos alunos e equipe de funcionários para a preservação, considerando que todo bem público é fruto do trabalho dos cidadãos e requer cuidados que demandam respeito e comprometimento. Para tanto, necessita-se de uma postura compartilhada.

As escolas que receberam os novos mobiliários para o início do ano letivo de 2015 foram os Centros Educacionais Municipais Vilson Kleinubing com 04 salas; Ceniro Martins com 05 salas; Escola Do Mar com 02 salas; Luar com 05 salas; Renascer com 02 salas; Profª Maria Iracema Martins de Andrade - 08 salas; Forquilhão com 14 salas; Palmira Mambrini com 01 sala; Potecas com 02 salas. Melão com 08 salas; Jardim Solemar; Vereadora Albertina K. Maciel e Prof Altino Corsino da Silva Flores com um total de 36 salas trocadas.

Destaca-se que as mesas e cadeiras são pigmentadas nas cores azul, amarelo e vermelho com assento e encosto moldados anatomicamente, escolhidas para contemplarem as diferentes faixas etárias. Para a segunda quinzena de março há a previsão de entrega de quadros de vidros em substituição aos antigos quadros de giz, materiais esportivos e didáticos. É a Secretaria Municipal de Educação de São José adequando e aprimorando seus espaços.

Os números da Operação Alegria 2015, realizada pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) nas rodovias de Santa Catarina, foram divulgados nesta quinta-feira, 19. A ação que iniciou na sexta-feira, 13 e terminou na quarta-feira de cinzas, 18, registrou 151 acidentes, sendo 58 com vítimas e 93 sem vítimas, envolvendo 266 veículos, com 87 feridos e seis mortos. Foram autuados 1.003 veículos, 10 prisões por embriaguez e foram apreendidas 21 carteiras de motoristas.

Na mesma operação realizada em 2014, foram registrados 149 acidentes, sendo 62 acidentes com vítimas e 87 acidentes sem vítimas, envolvendo 246 veículos, com 84 feridos e cinco mortos.

Para a operação deste ano estiveram envolvidos os 24 postos rodoviários da PMRv, com  588 policiais militares rodoviários em escala de revezamento, estando à disposição 192 viaturas do tipo moto, guincho, ambulância e de patrulhamento, cobrindo uma malha viária de 3.911,62 quilômetros em 96 rodovias com 219 trechos do Estado.

Aliado ao trabalho de conscientização, o Batalhão da PMRv realizou uma fiscalização rigorosa nas estradas estaduais, usando radares e bafômetros, além de fazer barreiras policiais para o combate ao porte ilegal de armas, ao tráfico de drogas e à embriaguez ao volante.

Estatísticas do batalhão demonstram que o volume de acidentes aumenta nos períodos de feriados, principalmente durante o Carnaval.

Cuidados

O BPMRv alerta a todos os condutores para que antes de viajar verifiquem as condições dos seus veículos, como a parte mecânica, o freio, o sistema elétrico, os pneus, bem como regularizem as suas documentações obrigatórias. E reforça aos motoristas e aos passageiros a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança. 

É recomendado cuidado extra aos condutores no período noturno, quando transitam por rodovias onde há trechos com grande movimento de pessoas circulando sobre os acostamentos, como também o trânsito de bicicletas e motos.

Em razão das obras de assentamento da nova adutora da Casan, em São José, alguns trechos da Rua Luiz Fagundes, no bairro Praia Comprida, serão interrompidos para o tráfego. A primeira etapa, das cinco previstas, começa nesta terça-feira (24) no trecho entre a Avenida Beira-Mar de São José e a Rua Constâncio Krummel, ao lado do Cartório Eleitoral de São José. Neste trecho, o tráfego de veículo será interrompido, ficando apenas preservado o trânsito local.

Para melhorar a circulação dos veículos, um sistema binário será implantado no bairro Praia Comprida, sendo que as ruas Antônio Joaquim Domingos e Domingos Filomeno terão o sentido modificado, para facilitar o acesso à Avenida Beira-Mar de São José (veja no mapa). A Guarda Municipal de São José (GMSJ) e a Cosatel, empresa responsável pela obra, estarão presentes para orientar os condutores sobre as novas rotas.

O Departamento Municipal de Trânsito fará as sinalizações de trânsito necessárias para que os motoristas identifiquem as mudanças. Por sua vez, a Cosatel é responsável pela sinalização da obra. As empresas de transporte coletivo já foram comunicadas sobre as alterações.

 

Em caso de emergência ligue para 153 (Guarda Municipal).

 

A obra será realizada conforme o cronograma abaixo:

 

ETAPA

TRECHO

DATA PREVISTA *

1

Entre a Avenida Beira-Mar de São José e a Rua Constâncio Krummel

24 de fevereiro

2

Entre as ruas Constâncio Krummel e Antônio Joaquim Domingos

15 de março

3

Entre as ruas Antônio Joaquim Domingos e Adolfo Donato da Silva

28 de abril

4

Entre as ruas Adolfo Donato da Silva e João C. da Rosa

01 de junho

5

Entre a Rua João C. da Rosa e a rodovia BR-101

09 de setembro

* As datas poderão sofrer alterações conforme o andamento das obras

 

Nova Adutora

 

A nova adutora irá reforçar o Sistema Integrado de Abastecimento na região da Grande Florianópolis, ampliando o fornecimento de água. A obra será implantada em um percurso de 3,7 quilômetros a partir do Trevo de Forquilhinha, passando pela Beira-Mar de São José até Capoeiras, em Florianópolis. O investimento previsto é de R$ 18,9 milhões, com recursos financiados pelo governo federal. A ordem de serviço para a obra foi assinada no dia 24 de abril de 2014, com o prazo de dois anos para ficar pronta.

 

Começam na noite desta quinta-feira (19) as obras de recuperação da capa asfáltica da rua Santos Saraiva, no bairro Estreito, região continental. Orçadas em aproximadamente R$ 1,5 milhão, recursos do Governo Federal, as obras serão executadas sempre no período noturno, para evitar maiores transtornos ao trânsito.


Ao longo da via, que liga os bairros de Capoeiras e Estreito, em sua extensão serão executadas a recuperação da capa asfáltica e a sinalização horizontal.


Por ser uma via de grande tráfego de veículos, sua revitalização acontecerá no período noturno, iniciando as 21 horas e com término previsto para as 7 horas. "Entendemos que, para os moradores, será um transtorno os trabalhos serem realizados no período noturno. Mas seria um transtorno ainda maior se fosse executado durante o dia. Pedimos desculpas e a compreensão de todos", disse o secretário de Obras, Rafael Hahne.

 

A prefeita Adeliana Dal Pont  assinou, um convênio com 29 entidades esportivas do município, com o objetivo de promover o esporte e o lazer. Além disso, durante a solenidade, 56 esportistas foram homologados para receber o benefício Bolsa Atleta durante o ano de 2015. 

Entre os convênios assinados, existem duas modalidades: promoção de desporto de rendimento, que prepara atletas para competições, e projetos sociais, que visam desenvolver o indivíduo através da prática esportiva. Para isso, será destinado R$ 1,2 milhão de reais, ao longo deste ano.

A prefeita Adeliana Dal Pont destacou que o trabalho da Fundação Municipal de Esporte e Lazer, junto com essas entidades e atletas, está honrando o nome da cidade. “Parabéns pelo empenho de vocês e todo esforço, tenho certeza que estamos no caminho certo”, considerou.

Durante a assinatura dos documentos, a prefeita Adeliana Dal Pont destacou o empenho e esforço das entidades para fazer um bom trabalho em São José

Adeliana reforçou, também, a importância da correta aplicação dos recursos. “São recursos públicos que devem ser tratados com seriedade e transparência”, pediu, ao sinalizar a importância da prestação de contas.

Para o programa Bolsa Atleta serão investidos cerca de R$ 393 mil. Os números superam o último ano onde, pela primeira vez, 48 atletas foram atendidos no município. “Conseguimos saltar de zero medalha em 2011, para 28 medalhas em 2013. E, sem dúvida, isto reflete os investimentos que estamos fazendo em São José. Nossos bons atletas agora podem ficar aqui e representar o nosso time”, explicou a superintende da Fundação de Esporte e Lazer, Andrea Luiza Grando.

Para receber o benefício, uma das exigências da lei é que o atleta tenha obtido, em representação ao município de São José, resultado de primeiro, segundo ou terceiro colocado nas etapas estaduais do JASC, PARAJASC, JOGUINHOS ABERTOS e OLESC, em ano imediatamente anterior ao da competição em que tiver sido pleiteada a concessão da bolsa.

A superintende da Fundação de Esporte e Lazer, Andrea Luiza Grando, espera que aos poucos a cultura do esporte se fortaleça no município

Em nome das entidades, o técnico da União Catarinense de Atletismo (UCA), Anderson Sebastião Chaves agradeceu a seriedade com que os projetos de esporte estão sendo tratados. “Essa solenidade fortalece e dignifica a vida dos nossos jovens. Podemos planejar nossas ações com segurança e confiança”, afirmou. 

Chaves recordou, ainda, que depois do trabalho feito para as escolhinhas de base, os atletas buscavam espaço em outros municípios para continuar competindo. “Hoje é mais fácil, conseguimos fortalecer os vínculos do atleta com o município e incentivar para que ele se dedique nas competições”, comparou.

Neste sentido, o presidente da Câmara de Vereadores de São José, Orvino Coelho de Ávila, pontuou que o Poder Legislativo municipal é parceiro do Bolsa Atleta desde a criação do projeto de lei. “Quero agradecer aos servidores da Fundação de Esportes, pois chegamos até aqui com dedicação deles”, disse. Para o vereador, a educação e o esporte são investimentos indispensáveis para garantir um futuro melhor às novas gerações.

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação, estará com inscrições abertas para formação de cadastro de professores em sete áreas. Inscrições a partir do dia 24 de fevereiro, terça-feira

Há necessidade de profissionais substitutos para atuarem como Auxiliar de Ensino Fundamental, Auxiliar de Tecnologia Educacional, professor de Educação Infantil, Apoio Pedagógico do Ensino Fundamental, Educação Especial, Língua Brasileira de Sinais- Libras- e professor de Português e Inglês.

Informações pelos telefones: 3251-6107, 3251-611 ou 3251-6112.

Com atendimento por ordem de chegada, no dia 24 de fevereiro, terça-feira, as inscrições ocorrerão no Centro de Educação Continuada da Secretaria de Educação, das 9h às 17 horas. Rua Ferreira Lima nº 82 - Centro.

A partir do dia 25 de fevereiro, quarta-feira, os interessados devem se dirigir, das 13h às 19 horas, à Gerência de Articulação de Pessoal da Secretaria. Rua Conselheiro Mafra, nº 656, edifício Aldo Beck, 4º andar, Sala 402.

O vereador do PMDB, Deglaber Goulart assumirá nesta segunda-feira (23), a Secretaria Municipal do Continente. Ele é o primeiro vereador do PMDB a assumir um cargo na atual administração do prefeito Cesar Souza Junior (PSD). O parlamentar substitui Dejair Junior Oliveira, que ocupou o cargo por 10 meses.

A posse vai acontecer às 15 horas desta segunda-feira em solenidade que será realizada em sua sede na  Rua João Evangelista Costa, 827 - Jardim Atlântico, Florianópolis. Deglaber foi candidato a deputado estadual nas últimas eleições e obteve 5.890.

O novo secretário é natural de Florianópolis. Nasceu em 7 de agosto de 1963. Filho de Armandio Goulart e Maria Joaquina Goulart, sua família é composta de cinco irmãos. Deglaber criou-se no Continente de Florianópolis, região na qual reside atualmente, no bairro de Capoeiras. Iniciou seus estudos na Escola Básica Jornalista Jairo Callado e Escola Básica Daysi Werner Salles, logo após, estudou um ano no Instituto Estadual de Educação e concluiu o ensino médio na Escola Estadual Aníbal Nunes Pires. Atualmente é graduando de Direito na Universidade do Vale do Itajaí.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.