Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

No sábado e domingo, das 8h às 19h, acontece na UniSociesc Florianópolis a segunda edição do Hackathon Payment Shift, que terá como tema “Como os padrões de meios de pagamentos podem melhorar ainda mais a experiência de consumo no nosso dia a dia?”. Hackathons são eventos que reúnem programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software em maratonas de trabalho com o objetivo de criar soluções específicas para um ou vários desafios.

As inscrições para o Hackathon em Florianópolis já estão abertas e podem participar da maratona estudantes e profissionais de programação maiores de 18 anos, mesmo não tendo qualquer relação de trabalho com o segmento proposto. São 80 vagas e os participantes serão divididos em grupos de 4 pessoas cada um. Ao fim do hackathon, os grupos apresentarão seus projetos em 5 minutos a uma banca avaliadora, que será composta por oito integrantes. Os avaliadores usarão os seguintes critérios para escolher os vencedores: aplicabilidade, criatividade, inovação e/ou usabilidade do projeto elaborado.

Três equipes serão escolhidas como vencedores e receberão os seguintes prêmios: um ano no programa IBM GEP (Global Enterpreneuer); US$ 10 mil em créditos para utilização da plataforma AWS; seis meses de gratuidade na ferramenta de vendas e CRM Pipedrive;  seis meses de gratuidade na ferramenta de gerenciamento de projetos Trello Gold; e 25% de desconto no RDStation.

Serviço
O quê:
2º Hackathon Payment Shift;
Quando: dias 16 e 17 de junho, das 9h às 19h;
Local: UniSociesc Florianópolis;
Endereço: Rua Salvatina Feliciana dos Santos, 525 – Itacorubi;
Informações: no email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.;
Inscrições: http://hackathonshift.com.br

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Parquer Linear Lisboa, em Forquilhas, recebeu, nesta quinta-feira (14), o Projeto Castração Social. Ao longo do dia foram realizadas 100 castrações gratuitas de cães e gatos previamente cadastrados. A expectativa da Prefeitura de São José é realizar mutirões mensais, com foco em comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Os procedimentos são realizados em uma unidade móvel que recebe os animais para a castração. A prefeita Adeliana Dal Pont esteve no local e acompanhou os atendimentos dos moradores, como a aposentada Vicentina de Souza Almeida, que aproveitou o mutirão para levar as cachorrinhas Pretinha e Lilica para castração. Vicentina elogiou a iniciativa, pois não teria condições de pagar para fazer as castrações.

O projeto tem como objetivo castrar cães e gatos da região com o intuito de prevenir futuras doenças nos animais e seguir o trabalho de controle populacional dos animais domésticos que vivem abandonados na cidade. Segundo a diretora de Bem Estar Animal (Dibea) de São José, Helena Márcia Kretzer, atualmente o Município realiza 400 castrações por mês, sendo que 300 vales são distribuídos gratuitamente para a população na sede da Dibea e 100 vales são utilizado nos mutirões realizados nas comunidades.

"Em um ano de atuação da Dibea já foram realizadas 2850 castrações em São José. Este é um trabalho voltado para o bem estar dos animais, já que a castração previne uma série de doenças, e também com foco na saúde pública, uma vez que reduz o número de animais abandonados nas ruas", assinala Helena Márcia.

O mutirão de castração foi realizado pela Prefeitura de São José por meio da Diretoria de Bem Estar Animal (Dibea), vinculada a Secretaria Municipal de Saúde, com a parceria da Associação dos Moradores do Parque Residencial Lisboa (Amprel), do Projeto Castração coordenado pela veterinária Marina Dante, do Projeto Faça o Bem que Você Pode, da ONG de protetores de animais Formiguinhas de Luz Amiga dos Animais e da Nutricol Alimentos para cães e gatos.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A Secretaria de Assistência Social de São José reabriu nesta quinta (14) o abrigo para atender a população em situação de rua. Como a previsão é que as temperaturas permaneçam muito baixas durante as próximas noites e madrugadas, o Centro Pop foi novamente preparado para o acolhimento das pessoas em situação de rua até sábado (16).

A secretária de Assistência Social, Rose Bartucheski, explica que o abrigo funcionará sempre das 19h até as 7h do dia seguinte. No local, que já foi preparado com cobertores, lençóis, travesseiros e colchões, será oferecida sopa, a partir das 20h30min, e café da manhã. “Para utilizar o abrigo, exigimos documentação e a prioridade é para aqueles já cadastrados. E os animais de estimação também são bem-vindos e podem ficar com seus donos”, afirma a secretária, que reuniu a equipe na manhã desta quinta (14), para planejar o atendimento realizado no abrigo nos próximos dias.

Segundo Rose, durante o período do final do outono e inverno, a Secretaria de Assistência Social acompanha as previsões meteorológicas e sempre que houver o alerta da Defesa Civil Municipal, com temperaturas abaixo dos 10 graus, o abrigo será aberto. “O objetivo é receber as pessoas que estão alojadas em praças e ruas, garantindo a segurança e o bem-estar desta população, prevenindo problemas que podem ocorrer devido às baixas temperaturas”, completa a secretária.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O friozinho já chegou e com ele aquela vontade irresistível de degustar pratos quentinhos e suculentos, tão desejados no Inverno. Quem resiste a uma feijoada completa ou a sopas e cremes deliciosos que tanto confortam o paladar? Quem dirá então um charmoso fondue ou aquela saborosa moqueca, preparada com ingredientes frescos e selecionados que dão água na boca.

As novidades fazem parte do Festival Gastronômico de Inverno do IL Campanario Villaggio Resort, que inicia esta semana em Jurerê Internacional e é aberto ao público. As delícias serão servidas de quinta-feira a domingo - uma em cada dia da semana - e levam a assinatura do chef Rafael Campagnolo. O festival acontece nos dois espaços gastronômicos do resort: o Restaurante La Fontana e o Positano Diamond Bar by D’Vie.

A programação conta ainda com música ao vivo em alguns dias e espaço kids com monitores. Nos dias dos jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo haverá transmissão em telões no local. Promoção: Clube do Assinante NSC tem 20% de desconto (titular e acompanhante).

INFORMAÇÕES E RESERVAS: (48) 3261-6050 / 3261-6000 /

PROGRAMAÇÃO GASTRONÔMICA

QUINTA-FEIRA: FESTIVAL DE SOPAS

Início: 14 de junho

Horário: 20h

Local: Positano Diamond Bar by D’Vie

Cardápio: Caldo Verde, Creme de Mandioquinha, Minestrone, Canja de Frango, Creme de Cenoura Vegano. Acompanhamentos: pães, grissinis, manteiga de ervas, caviar de berinjelas e alho assado com flor de sal e ervas.

Serviços inclusos: recreação infantil com monitores

Preço: R$ 38,00 para duas pessoas (1 sabor). Porção individual: 70% do valor

Clube do Assinante NSC: 20% de desconto para titular e acompanhante

Informações e reservas: (48) 3261-6050

SEXTA-FEIRA: FESTIVAL DE FONDUES

Início: 15 de junho

Horário: 20h

Local: Positano Diamond Bar by D’Vie

Cardápio: Fondue de Queijo, Fondue de Carne e Fondue de Chocolate

Serviços inclusos: música ao vivo e recreação infantil com monitores

Preço: R$ 70 para duas pessoas (1 fondue). R$ 124,00 Festival para duas pessoas (Fondue de Queijo + Fondue de Chocolate). Porção individual: 70% do valor

Clube do Assinante NSC: 20% de desconto para titular e acompanhante

Informações e reservas: (48) 3261-6050

SÁBADO: FEIJOADA COM SAMBA DE RAIZ

Início: já em operação

Horário: das 12h às 16h

Local: Restaurante La Fontana

Cardápio: buffet com nove tipos de feijoada e cerca de 30 pratos como entradinhas, petiscos, saladas e conservas, acompanhamentos, sobremesas; além de cachaças e caipirinhas artesanais

Serviços inclusos: música ao vivo e recreação infantil com monitores

Valor: R$ 68,00 por pessoa (crianças pagam meia)

Reservas: (48) 3261-6050

Clube do Assinante NSC: 20% de desconto para titular e acompanhante, exceto bebidas alcoólicas.

Informações e reservas: (48) 3261-6050

DOMINGO: FESTIVAL DE MOQUECAS

Início: 24 de junho

Horário: das 12h às 16h

Local: Restaurante La Fontana

Cardápio e valores: R$ 95,00 Moqueca de Peixe, R$ 130,00 Moqueca de Camarão e R$ 140,00 Moqueca de Frutos do Mar. Porção individual: 70% do valor

Serviços inclusos: recreação infantil com monitores

Clube do Assinante NSC: 20% de desconto para titular e acompanhante

Informações e reservas: (48) 3261-6050

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

A reserva biológica Marinha do Arvoredo, na Ilha do Arvoredo, situada entre os municípios de Bombinhas e Florianópolis, recebe neste sábado (16) um grupo de mergulhadores profissionais e voluntários, com o intuito de recolher lixos que foram parar nos mares, praias e costões do litoral catarinense. A iniciativa é do projeto Limpeza dos Mares, promovido pela ACATMAR – Associação Náutica Brasileira, com patrocínio do Fort Atacadista.

Somente na última etapa, realizada em 27 de abril em Bombinhas, mais de 120 voluntários recolheram 5 toneladas de lixo. Para participar como voluntário nesta etapa da Ilha do Arvoredo basta realizar a sua inscrição pelos telefones: (48) 3266-1137 e (48) 99933-0062. A ação deste sábado tem início às 9h. Mais informações: https://www.limpezadosmares.com/

 

Apoio estendido

Além do patrocínio, o Fort Atacadista participa do projeto convidando seus colaboradores a serem voluntários nas etapas de limpezas dos mares, e também apoia palestras de conscientização para crianças em escolas públicas. “O apoio do Fort é muito importante para nos ajudar no desafio de aumentar a conscientização e a sensibilização das pessoas sobre o que esse lixo gera negativamente na vida marinha e em nossos oceanos”, diz Mané Ferrari, presidente da ACATMAR.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

Na tentativa de minimizar roubos, furtos, uso e tráfico de drogas pelas ruas do centro da Capital, a CDL de Florianópolis promove na próxima quarta-feira (20), às 18h30, na sede da entidade, um workshop voltado para a segurança no comércio. Com objetivo de implementar a rede de videomonitoramento compartilhado nas principais vias, o encontro propõe soluções preventivas para aumentar a proteção dos empresários, colaboradores e estabelecimentos comercias.

Para ampliar a discussão usufruindo dos benefícios da tecnologia e inovação, o Superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da prefeitura, Marcus Rocha, apresentará a importância do uso da tecnologia para a segurança.

“O sistema de videomonitoramento permite o compartilhamento de imagens com câmeras públicas e usuários cadastrados na plataforma. Com isso se cria uma grande rede municipal de segurança, permitindo uma ação ampliada de vizinho solidário”, pontua Rocha.

O sistema que será apresentado aos lojistas durante o encontro permite que o empresário, por meio da CDL de Florianópolis, crie o próprio projeto de monitoramento com um custo muito abaixo do que se fosse implementar individualmente. Com isso, trará mais segurança para o empreendimento e para a cidade.

De acordo com o presidente da CDL de Florianópolis, Lidomar Bison, dado o avanço das tecnologias de vigilância, temos um sistema inovador com a possibilidade de cobertura total de uma área ou região.

“O monitoramento é armazenado na nuvem em alta qualidade com acesso por meio de múltiplas plataformas. É um momento de transformação para a segurança do comércio com disponibilização para as forças de segurança”, afirma Bison.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Para celebrar a data e promover profissionalmente 45 Bombeiros Militares, sendo 10 Praças e 35 Oficiais, acontecerá uma solenidade nesta sexta-feira, (15), às 10h no Centro de Ensino, no bairro Trindade, na Capital. Os binômios, formados pelos cães de resgate e os respectivos condutores, também estarão presentes no evento.

A atividade do Corpo de Bombeiros Militar em Santa Catarina começou em conjunto com a Polícia Militar nos anos de 1926. Apesar disso, já em 1910, a atividade de comabte a incêndio era realizada no estado em conjunto com a força de segurança pública. Em 2003, mais precisamente no dia 13 de junho, por meio da Emenda Constitucional n°33, a Assembleia Legislativa, aprovou a emancipação do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Dessa forma, com a autonomia administrativa e financeira a instituição passou a traçar o próprio caminho.

De acordo com as informações do Comando-Geral, em nota aos Bombeiros Militares e Comunitários, em 2003, apenas 55 municípios catarinenses contavam com quartéis do Corpo de Bombeiros Militar. Hoje, são 135 municípios com quartel próprio. Em outras 272 cidades o Corpo de Bombeiros Militar atende ocorrências e faz atividades preventivas por intermédio de convênios com os executivos municipais, aplicando as legislações federal e estadual vigentes.

Para o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel João Valério Borges, foi possível, ao longo dos anos, ampliar de maneira bastante significativa o atendimento no território catarinense. “O segredo do nosso sucesso é a inovação. Inovamos de diversas formas, sempre com o objetivo que a sociedade seja bem atendida, sendo que, para isso, não medimos esforços para prestarmos um serviço cada vez mais de excelência”, disse em nota à corporação.

O Comandante-Geral ainda parabenizou os Bombeiros Militares, Comunitários e Civis  pelo empenho e pelo trabalho que realizam diariamente no atendimento de ocorrências no estado. “Esta em nosso planejamento estratégico até o ano de 2030: Ser uma corporação de excelência na prestação do serviço de bombeiros resguardando a vida o patrimônio e o meio ambiente catarinense,” completou.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 


Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A operação Anjos da Lei, realizada nesta quarta-feira, 13, resultou na apreensão de 70,2 Kg de drogas (60 kg de maconha e 10 kg de cocaína) e na prisão de 108 pessoas por envolvimento com o tráfico de entorpecentes, em áreas próximas às escolas catarinenses. A Anjos da Lei é a primeira edição de uma operação conjunta entre as polícias civis de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Trata-se de uma grande mobilização policial que envolve um trabalho de investigação para identificar criminosos que agem em áreas vizinhas a instituições de ensino.

Em Santa Catarina foram 100 mandados de busca, 84 de prisão preventiva e 403 policiais civis que atuaram em ações de repressão ao tráfico entre às 6h e 21h, em todas as regiões. Nas imediações das instituições de ensino foram abordadas 212 pessoas suspeitas. Dos 108 presos, 36 foram flagrantes (sendo 5 adolescentes apreendidos) e outros 72 em cumprimento de mandado de prisão. Com os detidos foram localizadas 20 armas (revólveres, pistola, espingardas).

Informações

De acordo com o delegado geral adjunto, Luiz Angelo Moreira, a ação envolvendo os três estados permite o intercâmbio de informações. “A polícia tem sua área de atuação delimitada mas o crime não tem, por isso a importância da troca de informações que a partir de agora será fortalecido com o Programa Anjos de Lei, que será contínuo”, destacou.

A titular da Delegacia Regional de de Joinville, delegada Tania Harada, reforçou a importância da participação da comunidade em denunciar a atuação de traficantes. “Estamos há mais de um ano mapeando os pontos de tráfico com informações que chegam por meio de denúncias feitas nas redes sociais da Delegacia. Em Joinville já estamos trabalhando o esclarecimento de crianças e adolescentes por meio de atividades lúdicas. Temos uma boa parceria com a ADR de Joinville”, observou.

A diretora adjunta da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), delegada Eliane Chaves, disse que o Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (Denarc) focou a investigação no entorno das escolas. “Trabalhamos em áreas mais sensíveis, onde identificamos não apenas a presença de traficantes que também os fornecedores droga”. A DEIC ontem apreendeu 10 quilos de cocaína.

Parceria 

A Anjos da Lei marca a aproximação da Polícia Civil com a comunidade escolar e a Secretaria de Estado da Educação. Na próxima segunda-feira (18), Educação e Polícia Civil assinarão um termo de cooperação técnica, oficializando a parceria entre as secretarias e dando a largada ao trabalho preventivo também dentro das escolas estaduais. “O programa surge num momento muito significativo para a comunidade escolar, que hoje já tem o Nepre Online nas escolas, onde trabalhamos a prevenção e o combate a violência e o uso de drogas”, ressaltou a secretária da Estado da Educação, Simone Schramm.

A secretária observa ainda que ações e parcerias são bem-vindas e reforçam a Política de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento as Violências na Escola implementada desde 2011 nas 1.073 unidades estaduais. “O entorno das escolas livre de drogas e violência é importante para a segurança dos estudantes e profissionais da educação”, assinalou a secretária. “Os pais têm de estar abertos ao diálogo e atentos aos seus filhos para que não haja espaço para o traficante e nem para a droga”, observou.

Balanço dos três estados:

Total de ordens judiciais: 609
Paraná: 124
SC: 184
RS: 301 (DPI 202; Denarc 17; DPM 82)

Total de armas: 169 (armas de fogo e outras)
Paraná: 72
SC: 20
RS: 77 (DPI 69; Denarc 4; DPM 4)

Total de presos e adolescentes: 311 entre presos e adolescentes (277 presos e 34 adolescentes apreendidos) 
Paraná: 78 (69 + 9 adolescentes)
SC: 108 (103 + 5 adolescentes)
RS: 125 (105 + 20 adolescentes): DPI 50 presos + 11 adolesc; Denarc 24 presos + 5 adolesc; DPM 31 presos + 4 adolescentes

Total de drogas: 297 kg de maconha e 11,2 kg de cocaína
Paraná: 150 kg de maconha; 671 gramas de cocaína
SC: 60 kg de maconha e 10 kg de cocaína
RS: 87 kg de maconha e 560 gramas de cocaína (DPI 50 kg de maconha e 140 gr de cocaína; Denarc 33 kg de maconha e 250 gr de cocaína; DPM 4 kg de maconha e 170 gr de cocaína

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Enquanto a Câmara da Capital age para aumentar cargos comissionados de assessores e verba de gabinete, em São José, a Câmara Municipal dá o exemplo em termos de economia e aplicação correta do dinheiro público. Na manhã desta quinta-feira (14) uma solenidade realizada na sede do Poder Legislativo marcou a devolução de R$ 5.6 milhões para os cofres da prefeitura. Os recursos serão utilizados para efetivação da obra de Revitalização da Orla do Centro Histórico e para a implantação de uma área esportiva no bairro Forquilhinhas.

A prefeita Adeliana Dal Pont (PSD) agradeceu ao legislativo pela parceria e pelos constantes retornos de valores economizados do duodécimo, que, por força de lei, mensalmente o Poder Executivo repassa para o Legislativo. Esses valores não utilizados poderiam ser devolvidos só no final do ano, porém, por decisão do presidente Orvino De Ávila (PSD), os valores estão sendo antecipados.

Serão devolvidos R$ 5.323.069,73 relativo ao saldo do duodécimo do exercício anterior e R$ 276.930,27 do duodécimo deste ano de 2018. Deste valor, em torno de R$ 4 milhões serão investidos no integral custeio da obra de Revitalização do Centro Histórico e cerca de R$ 1.6 milhão na construção do Centro Esportivos no terreno anexo ao Colégio Municipal Antônio Francisco Machado, no bairro Forquilhinhas.

Além dos recursos, a Câmara também repassará ao Executivo as dotações orçamentárias necessárias para a realização dessas obras e fará a adequação no Plano Plurianual (PPA), necessário para que a prefeitura possa tocar a licitação.  

Quanto à revitalização da Orla do Centro Histórico, o projeto está pronto, porém, com a crise e queda na arrecadação, faltou recursos para a prefeitura executar a obra. “Com a crise fomos andando com as licenças ambientais, mas não teríamos como fazer esse investimento. A cidade vai ganhar muito com essa obra”, ponderou a prefeita Adeliana. A expectativa é que assim que os recursos estejam disponíveis inicie o processo de licitação, que deverá ser finalizado em setembro. Além de equipamentos urbanos de lazer, o projeto prevê também a implantação de um trapiche no local aos fundos do prédio da Câmara.

Já o Centro Esportivo no bairro Forquilhinhas deverá contar com espaços para pratica esportiva para várias modalidades do atletismo. Entre outros espaços terá um campo oficial de futebol, duas quadras de tênis, duas quadras de futebol suíço, duas quadras de areia de voleibol, pista de atletismo e outros espaços. A primeira etapa, com esses equipamentos, será concluída até o final deste ano. Ficando para um segundo momento uma edificação que abrigará espaços para outras modalidades esportivas que dependem de área coberta e fechada, como ginástica.

Prefeita Adeliana agradece

A prefeita Adeliana Dal Pont (PSD) agradeceu aos vereadores pela devolução dos recursos. “A Câmara se mostra conectada com a população e suas necessidades ao devolver esses recursos para a prefeitura realizar essas obras”, disse a chefe do Executivo.

Ela citou ações como a revitalização da Ponta de Baixo e a realização da Feira da Freguesia que estão ajudando a transformar o Centro Histórico de São José. Em sua opinião, a Revitalização da Orla vem complementar todo esse pacote de medidas para retomar a funcionalidade do coração de São José.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

 

A Câmara Municipal de São José abriu canal em seu site e redes sociais para ouvir a população acerca do Código de Obras a ser apreciado pelo Legislativo. Até o final de junho, o cidadão poderá deixar sua sugestão ao PL nº 126/2014. Esta poderá ser acatada e transformada em emenda ao projeto nas Comissões de Constituição, Justiça e Redação e ainda nas de mérito.

Para isso, o site oficial da Câmara disponibiliza formulário a ser preenchido e o texto da matéria na íntegra (em PDF). 

Trata-se da uma consulta pública ao PL. O Código de Obras busca a orientação para a elaboração de projetos e para a execução das obras e edificações em São José; bem como definir padrões mínimos de segurança, higiene, salubridade e conforto em todas as obras e edificações do Município.

Antes de ser colocado em apreciação pelas comissões legislativas e pelo Plenário, o Código de Obras ainda cumprirá calendário visando seu aperfeiçoamento tanto por vereadores, técnicos da SUSP, comunidade e entidades de diversos setores. 

O trâmite ocorre até o final de junho, passando por reuniões de avaliação, emendas parlamentares, consulta popular e Audiência Pública. O primeiro encontro acontece nesta quinta-feira, às 14h, quando técnicos da SUSP virão ao Legislativo apresentar a matéria e tirar dúvidas dos vereadores.

  •  14 de junho - Reunião com técnicos da SUSP e vereadores na Câmara 
  •  23 de junho - Data final para emendas parlamentares ao Código de Obras
  •  28 de junho - Audiência Pública na Câmara Municipal de São José

 Código de Obras

O Código possui inovações que asseguram conservação de energia, acessibilidade às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, reconhecimento de novas tecnologias construtivas, uso racional de água, como também:

  • A previsão em Lei para que futuramente os projetos possam ser apresentados em meio eletrônico digital;
  • Estabelecimento de prazos para construção das obras a constar no Alvará de construção e normas a serem seguidas para paralisação ou reinício de obra paralisada;
  • Criação de normas específicas para o licenciamento de demolições;
  • Estabelecimento de obrigações na execução das obras que vão desde a colocação de placas,  medidas para garantir a segurança do público e das propriedades vizinhas (colocação de telas de proteção ao redor dos edifícios em construção), limitação dos sons e ruídos nos serviços de construção civil, normas e precauções relacionadas ao preparo do terreno para construção;
  • Estabelecimento de norma que obriga o proprietário a manter seu terreno baldio limpo e drenado sob pena de multa se não o fizer.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.