Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

Florianópolis pode voltar a ter um governador

Sem dúvidas o nome da eleição em Santa Catarina é o Comandante Moisés e seu partido, o PSL. Conquistando seis cadeiras na Assembleia Legislativa e quatro no Congresso Nacional, o PSL mudou a cara da política estadual, desbancando antigas agremiações. Já o manezinho Moisés, que apesar de ter passado grande parte de sua vida no Sul do Estado, onde desempenhou sua carreira como bombeiro militar, conquistou uma consagradora votação na Capital. Na sua terra natal foi o mais votado com 30,36% dos votos válidos ou 73.947 votos. Em todo o Estado, por pouco não acabou o primeiro turno na liderança da disputa pelo Governo.

Quase sem querer, Florianópolis está por um triz de ter um governador florianopolitano. O último governador da Capital foi Esperidião Amin (PP), no período de 1999 a 2003. Agora a disputa no segundo turno é contra Gelson Merísio (PSD), de Chapecó e o manezinho Moisés que não é tolo nem nada conta com a onda, ou melhor, tsunami do 17 para conquistar a vitória.

Os vencedores em São José

A prefeita Adeliana Dal Pont (PSD) foi a grande vencedora eleitoral em São José. Falava-se em uma planilha onde ela teria que buscar em torno de 5 mil votos para a candidata a deputada estadual, Marlene Fengler (PSD). E não é que ela conseguiu 4.302. Não atingiu a meta completa, mas com certeza fez uma bela votação para Marlene, ex-braço direito do candidato a governador vencedor do primeiro turno, Gelson Merísio. A prefeita garantiu uma deputada na Alesc. No mesmo grupo político de Adeliana, o vereador Orvino de Ávila (PSD) e outros apoiadores, também fizeram bonito para o deputado eleito, Júlio Garcia, com 2. 869 votos. Os resultados só refletem a força do atual grupo político que comanda a cidade. Também tornam evidente que esse mesmo grupo político acumula pouco desgaste perante o eleitorado e a prefeita caminha bem para fazer o sucessor que ela indicar.

Fernando Anselmo mostra força novamente

Outro que se saiu muito bem na campanha passada foi o ex-candidato a prefeito, Fernando Anselmo (PDT). Sem estrutura alguma anotou 1.207 para a deputada eleita Paulinha, ex-prefeita de Bombinhas. Segunda eleição que Anselmo vem se destacado, mostrando a cara da nova política: trabalho de resultado nas urnas, sem grandes investimentos financeiros. Cada vez se fortalece mais com vistas a próxima eleição municipal.  Na busca por votos para Paulinha, o entusiasta Anselmo também teve a colaboração do jovem vereador André Guesser (PDT). 

Muito apoio, pra pouco voto

Já no MDB, como mostrou o resultado na disputa ao Governo, foi só decepção. Apoiada pelo senador Dário Berger, além de lideranças de peso como os vereadores Sanderson de Jesus, Michel Schlemper, Toninho da Educação e lideranças como o suplente de vereador Andrezinho, a deputada estadual Dirce Heiderscheidt conquistou apenas 2.330 votos. No geral também não foi bem votada e nem se elegeu.

Decepção

Outra decepção foi o deputado estadual, Mário Marcondes. Na eleição passada para prefeito, pelo PSDB, já tinha amargado um retumbante quarto lugar. Desta vez, mesmo com o apoio do Vereador Clonny Capistrano e do ex-vereador Adriano de Brito, no MDB, fez míseros 3.880 votos. No geral também decepcionou não passando de 18 mil votos e foi mandado para casa pelo povo.  

A salvação

A salvação em São José para o MDB ficou por conta do vereador Antônio Lemos. Fez 7.740 votos, nada mais nada menos que a maior votação de um candidato a deputado federal josefense do município. No geral alcançou 20.629 votos. Por certo, Lemos tem a cara da renovação que a nova política está pregando. É de políticos com sua postura que o eleitorado busca. Porém, as lideranças do partido não o deixam crescer. Daí não entendem porque o MDB amargou essa derrota acachapante no Estado.

O novo fracasso de Gallina

Já em Florianópolis os números também não foram muito favoráveis ao MDB. O principal candidato a deputado estadual apoiado pelo partido, o ex-presidente da Casan, Valter Gallina, foi apenas o sétimo mais votado do município com 7.331 votos (no geral ele fez 27.380 e não se elegeu). Um resultado que não agradou em nada o prefeito Gean Loureiro, que contava com Gallina na Alesc. Não fosse o apoio do prefeito a outros nomes, como do deputado mais votado pelo MDB em todo o Estado, Valdir Cobalchini, que na Capital fez 3.797 votos e de Ada de Luca que se elegeu e fez em Floripa 4.299 votos, Loureiro estaria hoje sem deputado para defender os interesses da Capital na Alesc. É claro que a conta do insucesso de Gallina é uma conta quase que 100% sua: produto pesado, velha política e que durante a campanha mostrou-se até agressivo com correligionários que não lhe apresentavam apoio. O resultado final lhe impôs um ensinamento: campanha deve ser leve.

Não deu

Já o vereador Guilherme Pereira, candidato a deputado federal, foi apenas o quarto mais votado na Capital com 8.137 e no geral fez 26.364, não se elegendo. Quanto a Gui, apesar de a votação não ter sido tão expressiva na Capital, a avaliação não é tão dramática. Pela estrutura, poderia ter feito mais, porém, talvez tenha igualmente sido abatido pela rejeição ao projeto partidário, igual rejeição que deixou o candidato ao governo pelo partido, Mauro Mariani, em terceiro lugar na cidade, que é governada pelo MDB. Ao prefeito Gean Loureiro e demais lideranças do partido resta uma profunda reflexão se a votação local foi, como no geral, reflexo da rejeição ao projeto emedebista e opção popular pelo PSL, ou se passa pela aceitação ou não do governo municipal.

A vitória da família Amin

Entre os grandes vitoriosos da eleição na Capital estão os integrantes da arcaica família Amin: fizeram “barba, cabelo e bigode” apesar de o patriarca, Esperidião Amin, ser careca.  Além de sua eleição para oito anos no Senado Federal, dando sobrevida a um político que parecia no final da carreira, a família também conseguiu emplacar a matriarca, Ângela Amin para mais um mandato no Congresso Nacional e garantiu o filho, João Amin, para mais um mandato na Assembleia Legislativa. Sem dúvidas são a grande surpresa local, por serem a imagem da velha política, que resistiram aos ventos da mudança impostos pela nova forma de se fazer política. Méritos, acredito, mais de seus adversários, que seus.

Hélio Costa: o grande nome

Também saiu da eleição como grande vencedor em Florianópolis o Comunicador Hélio Costa (PRB). Pela igreja, pela sua carreira de credibilidade, antes mesmo da campanha já era possível reservar uma cadeira em Brasília para ele. Porém, o resultado com 44.123 votos em Florianópolis e 170.307 em todo o Estado, elevou Costa a outro patamar. É, sem sombras de dúvida, o grande novo nome da política local. A contínua evolução de sua carreira política, agora, vai depender de sua postura em Brasília.

Bruno Souza, a cara da nova política

Outro vitorioso foi o vereador Bruno Souza (PSB). Ao conquistar 13.198 votos na Capital de um total no Estado de 32.512, ele conquistou a passagem direta da Câmara da Capital para a Assembleia Legislativa. Souza é com certeza o político da Capital que mais tem a cara da nova forma de se fazer política. Com ideias claras, defensor do estado mínimo, do livre mercado e do direito do consumidor e cidadão, ele conquistou seguidores fiéis, como os motoristas de aplicativos de transporte como o Uber.

Os votos da esquerda

Apesar de não alcançarem a eleição de nenhum de seus candidatos, também saem muito fortalecidos os candidatos do campo de esquerda na Capital. Elson Pereira (PSOL) foi o mais votado no município com 13.645 votos para deputado estadual e também para deputado estadual o vereador Marquito (PSOL) fez outros 10.916 votos. Para deputado federal o vereador Afrânio Boppré (PSOL) atingiu 13.030 votos.

Cabos eleitorais de peso

Na função de cabo eleitoral dois vereadores da Câmara da Capital se saíram muito bem. Fábio Braga (PTB) trabalhou muito para o candidato a deputado estadual eleito, Júlio Garcia (PSD). Ele conquistou aqui 4.372 votos. Sai fortalecido o vereador Fábio que terá um forte e fiel aliado na Alesc. Igualmente sucesso nas urnas teve o presidente interino da Câmara, Roberto Katumi que doou seu trabalho para conquistar votos para Marlene Fengler (PSD) que teve uma expressiva votação: 5.407. Sem dúvidas Katumi contou pontos com a futura deputada e com seu padrinho político, Gelson Merísio.

O MDB do muro

O MDB deu mais uma canelada, nesta terça-feira (9) ao escolher ficar em cima do muro em relação ao segundo turno no Governo do Estado. O PSL ocupou o espaço do MDB, é o novo. Se os emedebistas não entenderem o recado das urnas, definharão até se tornarem uma sigla insignificante. Como diria o saudoso Ulisses Guimarães: “Ou mudamos, ou seremos mudados”.

Bruno agradece

Na primeira sessão da Câmara da Capital após o resultado das eleições, o vereador Bruno Souza (PSB) agradeceu a votação que recebeu. “Agradeço a todos que caminharam junto. Quero dizer que aonde a liberdade de trabalhar for ameaçada, podem contar comigo”, disse, salientando que estava com a voz rouca ainda e que nem imaginava fazer tal pronunciamento de vitorioso na tribuna após as eleições.

Rodovia

O vereador Guilherme Botelho (PSDB) apresentou na Câmara um requerimento cobrando a duplicação da rodovia Admar Gonzaga (SC-404). Ele critica que a obra foi divulgada e não sai do papel, enquanto a comunidade agoniza com congestionamentos que ficarão maiores ainda com a chegada da temporada.

Restinga suprimida

Vereador Pedrão (PP) trouxe na sessão desta semana da Câmara a denuncia de que um trecho enorme de restinga na Praia da Ponte das Canas foi suprimido nos últimos dias. Ele apura inclusive, a participação até de máquinas da prefeitura neste serviço. Segundo eles, há fotos confirmando. “Sendo que a própria prefeitura negou a retirada da restinga depois de pedido da comunidade”, comenta o vereador.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

 

 

 

 

 

 

Com a proximidade do Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, muitos pais estão empenhados em comprar o brinquedo dos sonhos de seus filhos. De boneca a videogame, eles avaliam custo-benefício e as vontades dos pequenos para fazer a melhor escolha.  Mas o que é mais importante, o brinquedo ou a brincadeira em si?

- Brincar é algo essencial para o desenvolvimento infantil. Estimula a criatividade, a capacidade de relacionamento e também promove a descoberta de habilidades físicas e emocionais. Nesse contexto, o brinquedo é um acessório para tornar estas brincadeiras mais interessantes e educativas - explica Lorena Nolasco, consultora educacional e especialista em desenvolvimento cognitivo do Espaço Psicopedagógico Sotopi, de Florianópolis.

Valorizar e proporcionar o ato de brincar é importante tarefa dos adultos e deve seguir em paralelo à agenda de compromissos das crianças. Falta tempo para explorar as brincadeiras, tão importantes para o desenvolvimento saudável dos pequenos.

- Brincar é uma linguagem. É uma ação responsável pela formação do pensamento e pelo desenvolvimento sensorial de órgãos como olhos, ouvidos, nariz, boca e pele. Com as brincadeiras, as crianças exploram sensações e criam vínculos de gênero, tempo, linguagem e cultura – complementa a psicopedagoga.

Para tornar o Dia das Crianças mais feliz e interativo, confira 7 brincadeiras divertidas e lúdicas para pais e filhos de 02 a 12 anos se divertirem juntos:

1 - Bolhas de sabão

Um clássico que é diversão certa! Nada melhor do que juntar a criançada, dar um tubo de bolhas de sabão para cada uma e despertar nelas o gosto por movimentar o corpo. Brincadeira simples, animada e barata!

2 - Monstro do armário

É uma brincadeira bacana para fazer no final do dia, dentro de casa, ainda mais se estiver chovendo. A criança entra no armário enquanto as outras pessoas da casa se escondem em outros cômodos e compartimentos. Depois de alguns minutos, a criança (o monstro) sai do armário para achar os outros integrantes. É importante ter cuidado com a idade da criança e retirar objetos possam machucá-la de dentro do armário que. A brincadeira proporciona a sensação de união e pertencimento entre os familiares

3 - Caça ao tesouro

Exige uma elaboração um pouco maior, mas é muito legal! Para a caça ao tesouro, é interessante que pais e responsáveis façam mapas e elaborem enigmas e trilhas para que as crianças encontrem o tesouro escondido. Dá para jogar em casa, mas também em parques e jardins. A brincadeira estimula características como raciocínio lógico e proatividade.

4 – Teatrinho

Que tal reunir roupas, sapatos e chapéus dos pais, avós e amiguinhos que não são mais usados em um grande baú? Assim, a galerinha pode soltar a imaginação e a criatividade para interpretar diversos personagens montando uma pecinha de teatro. É muito mais legal fazer em um grupo maior, com primos e coleguinhas.

5 – Andar de bicicleta

Além de prazeroso, andar de bicicleta desenvolve o equilíbrio, a parte psicomotora e a aptidão de lateralidade. As crianças menores vão progredindo ao tirar uma rodinha de cada vez e as maiores, ao percorrerem trajetos mais longos com mais segurança. O importante é equipá-las sempre com os itens de segurança como capacete, joelheiras e outros.

6 – Cozinhar

Todo mundo para a cozinha! Com a supervisão dos pais, convidar a criança a preparar uma comidinha, de preferência nada que vá ao fogão, ajuda a desenvolver nelas a sensação de pertencimento. Isso acontece porque colaborar em uma atividade familiar é importante para o fortalecimento do vínculo entre pais e filhos.

7 – Cantar e dançar

Quem não gosta?! As ações de dançar e cantar ajudam a desenvolver a expressão corporal e a musicalidade na educação infantil. Assim, as crianças reconhecem o próprio corpo e ganham noção de espaço. O grupo Palavra Cantada é uma boa dica para quem quer dançar e cantar em família neste Dia das Crianças.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A Prefeitura de Florianópolis lançou, nesta terça-feira (09), a Operação Verão 2018/2019. São mais de oito mil pessoas envolvidas diretamente na ação que integra diversas secretarias e órgãos com o objetivo de deixar a cidade melhor preparada para receber os turistas e os moradores que frequentam as praias. Entre as principais ações estão preparação para as festas de final de ano (Natal e Ano Novo), Carnaval, infraestrutura das praias contando com banheiros, chuveiros e acessibilidade, intensificação da segurança e manutenção dos balneários, creches abertas no verão, reforço na equipe médica, na fiscalização, nas intendências e na Comcap, entre outras.

“Investir no turismo é investir no desenvolvimento econômico e social da cidade, com geração de economia, crescimento do comércio e estrutura para as pessoas que moram e visitam nossa bela cidade. Cada turista que entra em Florianópolis auxilia também na saúde e na educação”, acrescenta o Prefeito Gean Loureiro.

 

Recapeamento asfáltico, pinturas e raspagens de meios-fios, manutenção dos decks e das rampas de acesso às praias da Capital, com reforço de 60 funcionários temporários para auxiliar nas intendências.

Creches abertas no Verão

Ao todo serão ofertadas 780 vagas para o período de janeiro em oito creches da cidade.

Transporte Coletivo

Renovação da frota e mudanças nos horários e itinerários das linhas de ônibus na Capital para adequar o sistema aos locais com maior demanda durante a temporada de verão. Ampliação de wi-fi nos abrigos de ônibus e atualização do aplicativo Floripa no Ponto para deficientes visuais.

Banheiros e chuveiros nas praias

Mais de 200 banheiros serão colocados nas regiões Norte, Sul e Leste em diferentes formatos. Os chuveiros também seguem a linha sustentável com autonomia de energia e água potável. Nesta temporada, serão gratuitos e serão ampliados de 26 pontos para 40, com o projeto “Dáx um banho”. Ao todo, 150 quiosques serão implantados nas praias para venda de produtos, 70 pontos a mais que na última temporada, sem recurso público.

Praias acessíveis

Ampliação de cinco para nove praias selecionadas para implantação de esteiras acessíveis com cadeiras anfíbias que levam o cadeirante até o mar. Também contará com duchas sustentáveis e pessoas/salva vidas para auxiliar no local.



Segurança Preventiva

A maior parte do efetivo da Guarda Municipal vai trabalhar de forma preventiva nos balneários da cidade, integrada com o trabalho reforçado das Polícias Civil, Militar e Rodoviária Estadual. Será intensificada a fiscalização de trânsito e a Blitz da Lei Seca.

Reforço na fiscalização

O combate ao comércio ilegal e irregular será intensificado com contratação de 60 fiscais temporários, além dos cinco já chamados para fiscalização de serviços públicos e cinco para monitoramento de obras.

Natal

A iniciativa será em parceria com a CDL com iluminação e eventos nos bairros e nas principais regiões do Centro da cidade.

Réveillon

Será na Beira-Mar Norte com música e show de fogos de artifício com previsão de 4 balsas e quinze minutos, com menor quantidade de estampidos para não prejudicar os animais e pessoas com autismo. A inovação será o show de águas, como já realizado em outros países.

Comcap

Serão contratados 69 garis, 40 auxiliares operacionais e dez motoristas temporariamente para o verão para reforçar a estrutura e manter a cidade limpa e organizada. Além da aquisição de novos equipamentos como quadriciclos, caminhões e caixas estacionárias.

Reforço na saúde

Contratação temporária para recompor as equipes de família e as unidades de saúde dos balneários com dez médicos de família, dois enfermeiros e 25 técnicos de enfermagem. Além disso, o reforço temporário também auxiliará no atendimento das UPAs com contratação de dois cirurgiões e cinco médicos pediatras.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Cores, sabores, texturas e muita brincadeira marcaram presença na rotina da turminha de três a quatro anos do Núcleo de Educação Infantil Municipal Otília Cruz, da Secretaria de Educação de Florianópolis, situado no bairro Coloninha, região continental da cidade.

O projeto “De corpo inteiro” articulado pela professora Maristela Zanette e pelas auxiliares de sala Edicléia de Oliveira e Ariana Ribeiro foi desenvolvido com o objetivo de estimular e incentivar as crianças a colorir o prato das refeições com comidas saudáveis, seguindo a proposta alimentar da rede municipal de ensino.

Brincadeiras, contações de histórias, plantio de árvores, conversas com as famílias e até mesmo uma feira, foram às atividades propostas pelo trio, com intuito das crianças aprenderem brincando.

“As famílias notaram a diferença nos hábitos alimentares das crianças. Os pequenos conversam e orientam os pais sobre o consumo de alimentos saudáveis”, conta a professora Maristela Zanette.

Dia de feira

Os pequenos começaram o aprendizado conversando sobre as verduras. Para ilustrar o bate-papo, uma contação de história sobre a cesta da Dona Maricota, e uma visita à feira de frutas e verduras do bairro, na Coloninha, acompanhados pela nutricionista da Educação, Patrícia Fortunato, foi experimentado pelas crianças. Na feira, as crianças puderam ver de perto inúmeras variedades de alimentos com cores, sabores, texturas e formatos diferenciados, além de acompanhar a compra das leguminosas para a elaboração de uma sopa com a garotada.

Frutas

Depois de experimentarem os legumes na sopa preparada em conjunto, chegou à vez de outro alimento saudável. Com a contribuição das famílias, foi realizado um piquenique com Buffet de frutas com iogurte, com a presença especial da banana gigante. Uma contação de histórias sobre o ratinho vermelho e maduro e o grande urso esfomeado, resultou na degustação de morangos. A comilança continuou com um bolo de cenoura preparado pelas crianças para comemorar o aniversário de uma colega.

Além de comerem as frutinhas e o bolo, a iniciativa também contou com um gesto ambiental.
Os pequenos puderam conhecer e ajudar no plantio e replantio de mudas de árvores frutíferas, doadas pela comunidade e pelo supermercado Angeloni.

“É importante que as unidades junto às nutricionistas da rede municipal de ensino busquem desenvolver atividades que proporcionem práticas ligadas ao estilo de vida saudável”, afirma o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira.

País das Maravilhas

Mesa posta, louças em miniatura, chá e biscoitos ao som da história do livro “Um chá na casa de Dona Lalá”, animou à tarde dos pequenos. A atividade possibilitou a elaboração da receita culinária do lanche, preparado pelas professoras e crianças, e a integração com uma das famílias do grupo que preparou o chá para a garotada.

Mudando a alimentação

Para encerrar o projeto, as famílias dos pequenos participaram de uma atividade com embalagens, rótulos e gravuras. A iniciativa tinha por objetivo conscientizar sobre o consumo de alimentos saudáveis e a importância para o crescimento e desenvolvimento da criança. Cada família trouxe alimentos industrializados de casa e foi orientada a substituir por alimentos in natura.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O custo da cesta básica em Palhoça, em setembro, ficou estável em relação a agosto, com uma variação de 0,6%, conforme levantamento elaborado pela Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça. Em agosto, eram necessários R$ 329,02 para adquirir os 13 produtos que compõem a lista, valor que passou para R$ 331,03 no mês passado.

Na comparação entre os meses de setembro de 2017 e 2018, o custo da cesta básica caiu 2,6%. “Isso mostra que os preços nos alimentos na cidade seguem uma estabilidade - apresentam variações mensais, mas se mantêm em uma média de R$ 352,00 – que está em consonância com os indicadores de inflação controlada e baixo crescimento econômico em nível nacional”, explica Willian Adamczyk, professor da disciplina Evolução das Teorias Econômicas, do curso de Administração, que coordena a pesquisa.

As maiores altas em setembro foram as do feijão (+19%), tomate (+12%), açúcar (+10%), manteiga (+6%) e pão (+5%). "O aumento significativo do feijão,  essencial no prato do brasileiro, é reflexo de uma quebra de safra nos meses anteriores nos estados de São Paulo e Paraná, forçando o preço do alimento para cima”, diz Adamczyk. Segundo ele, essa flutuação não indica uma alta sustentada e a tendência é o preço cair nos próximos meses - em relação a setembro de 2017, o feijão está apenas 1,3% mais caro.

A alta no preço dos produtos citados acima foi compensada pela queda no valor da batata (-12,5%), farinha de trigo (-9,5%), café (-8%), leite (-6 %), banana e carne de gado (ambos com - 4%), óleo (-2%) e arroz (-1%).

A coleta de preços segue a metodologia do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), sendo feita com a marca mais barata, no mesmo período do mês, para que os resultados sejam comparáveis entre si, sem a influência de promoções ou ofertas e é realizada mensalmente em conjunto por alunos da 4ª fase dos cursos de Ciências Contábeis e Administração da Fatenp.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Toda ação empreendedora ou comercial parte, primeiramente, de um bom planejamento estratégico. Neste contexto, o planejamento empresarial é vital para o bom funcionamento administrativo e imprescindível para atingir a meta e os objetivos que se deseja alcançar. A Prefeitura de São José promoverá uma oficina gratuita para auxiliar o Micro Empreendedor Individual a planejar suas ações de negócios. As inscrições podem ser realizadas neste link.

A Oficina Sei Planejar será realizada no auditório da Prefeitura de São José, na próxima quarta-feira (10), das 18h30min às 22h15min, por meio da parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) e a Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis (Aemflo).

“Quem planeja erra menos e tem mais chance de atingir a meta desejada em qualquer âmbito profissional. Por isso, a oficina será uma excelente oportunidade para empreendedores e entusiastas  que desejam aumentar seus conhecimentos e acessar informações interessantes sobre planejamento”, comenta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto.

O conteúdo da oficina vai oportunizar que os participantes conheçam a importância do planejamento para a melhoria de resultados. Entre os temas a serem debatidos estão questões relacionadas ao planejamento para a sustentabilidade do pequeno negócio; ferramentas para planejar um negócio de forma ordenada e articulada; e conhecimentos para garantir sustentabilidade e prosperidade dos negócios. 

Serviço

O quê: Curso SEI Planejar
Quando: 10 de outubro, às 18h30min
Onde: auditório da Prefeitura de São José, Av. Acioni Souza Filho nº 403 – Beira-Mar de São José – 1º andar (Secretaria de Educação)
Inscrições: Gratuitas neste link
Mais informações: (48) 3381-0051 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

 

Estão abertas as inscrições para o programa de extensão Esag Sênior 2019, que oferece formação complementar em Administração para pessoas com mais de 45 anos de idade. O programa é vinculado Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Florianópolis.

Os interessados devem preencher formulário on-line disponível no blog do Esag Sênior e depois entregar a documentação exigida na Coordenação do programa, no andar térreo da Udesc Esag, no campus no Bairro Itacorubi. O atendimento é de segunda à sexta-feira, entre 14h e 18h. As inscrições podem ser feitas até 31 de outubro. 

Acesse aqui as instruções e o formulário de inscrição

Gratuito e com um ano de duração, o programa prevê aulas a partir de março de 2019, três vezes por semana (segunda, quarta e sexta-feira, das 14h às 17h40), em salas de aula da Udesc Esag, além de atividades complementares como visitas técnicas, palestras, oficinas que aprofundem os conhecimentos adquiridos.

Algumas atividades que mobilizaram a turma deste ano foram a 4ª Feira de Empreendedorismo, com renda revertida para o Cantinho dos Idosos, e visitas técnicas realizadas a empresas de Pomerode.

Inscrições

A turma de 2019 será a 18ª do programa Esag Sênior, promovido pela Udesc Esag desde 2003. São oferecidas 50 vagas.

Coordenado pela professora Emiliana Debetir de Oliveira, o programa é voltado à atualização e profissionalização, com foco na formação para o empreendedorismo, o exercício do voluntariado e o planejamento de vida e carreira.

Para se inscrever, além de ter mais de 45 anos, é preciso ter concluído o ensino médio, ter comprometimento para frequentar as aulas e não ter nível superior completo em Administração.

 
esagsr.blogspot.com
No dia 12/09/2018 foi realizada palestra sobre Análise de Mercado, com a consultora Caroline Ferro Dentro do plano de negócios, a análise de mercado é o processo de obtenção de informações sobre o o mercado que a empresa atua, buscando entender seus clientes, seus concorrentes, sua relação produto e fornecedores, reunindo dados sobre o segmento alvo.

Serviço:

O QUÊ: Inscrições para o processo seletivo Esag Sênior 2019
QUANDO: até 31 de outubro, das 14h às 18h. Aulas de março a dezembro de 2019
ONDE: Pela internet, com entrega posterior da documentação na Coordenação da Esag Sênior, na Esag, no campus da Udesc, na Avenida Madre Benvenuta, 2.037, Bairro Itacorubi, Florianópolis.
QUANTO: Gratuito.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Inspirado nos churrascos uruguaio e argentino, mas com a irreverência e criatividade do churrasco brasileiro, um novo modelo de negócio ganha espaço no setor de eventos sociais e corporativos na Grande Florianópolis. A Isla Parrilla, aposta do empresário e assador Bruno Kautz, foi oficialmente lançada durante encontro na capital. “A ideia é montar uma parrilla em espaços variados, de forma itinerante, proporcionando uma experiência de consumo diferente”, explica Bruno.


O serviço foi apresentado durante almoço no último sábado (06/10), com o intuito de demonstrar, na prática, a proposta. Um dos diferenciais do serviço ofertado pela Isla Parrilla são os ingredientes, já que são servidos cortes selecionados de carne, de fornecedores premium, tendo o gado Angus como o carro-chefe da operação.

Outro atrativo do churrasco feito em parrilla é proporcionar aos convidados o acompanhamento do preparo, afinal as peças de carne (e o que mais se desejar assar, como queijos e legumes) ficam expostas na superfície da grelha, sobre uma única fonte de fogo aberto.



O modelo é versátil, garante Bruno, podendo atender desde eventos pequenos e mais intimistas até encontros maiores. Mais informações e contato estão disponíveis nas redes sociais: Facebook e Instagram.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Nesta terça-feira, 9 de outubro, os 33 alunos do sétimo ano, do turno matutino, da Escola Intendente Aricomedes da Silva, da Secretaria de Educação de Florianópolis, dão continuidade ao projeto ”Vivendo o currículo na rua”, no centro da cidade das 9h às 12h. Nesta segunda etapa, os pontos turísticos como a Catedral, o Palácio Cruz e Sousa e a praça XV serão os objetos de estudo da turminha.

As professoras e articuladoras da iniciativa, Mariah Amanda da Silva, de Geografia, Narjara Zimmermann, de Ciências e a supervisora escolar Denise Botelho, junto com o professor da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA), Tarso Germany Dornelles, serão os responsáveis por conduzir o passeio.

O objetivo da saída de estudo é analisar e concluir se os pontos turísticos atendem as propostas de acessibilidade e mobilidade urbana. A iniciativa visa levar os estudantes a reflexão com o intuito de incumbir a responsabilidade coletiva. Além de buscar aproximar a garotada dos problemas enfrentados nas ruas pelas pessoas com deficiência, dando continuidade à perspectiva de inclusão desenvolvida na unidade.

Um questionário elaborado pelos estudantes será entregue para as pessoas durante a visita. E para completar, a turma registrará os problemas encontrados durante o passeio com fotos, que serão discutidas em sala de aula.

Primeira etapa

A primeira etapa do projeto foi realizada na Cachoeira do Bom Jesus, bairro onde a escola está situada. Os estudantes passearam pela comunidade a fim de entender e sentir os acontecimentos na rua. Calçadas irregulares, sujeira e poluição foram temas abordados durante o trajeto.

O professor Tarso Germany Dornelles, professor da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA), e que é cego, trouxe uma nova proposta para os adolescentes: analisarem as paisagens do cotidiano - casas, área verde, supermercado - através de uma perspectiva diferente.

Os estudantes experimentaram o mundo como os cegos o percebem. Através da experiência de sentir o cenário ao redor, e não enxergá-lo, eles foram questionados sobre a reação deles ao cheirarem, tocarem e ouvirem coisas do contexto urbano.

“A diversidade de estudantes, que compõe o cenário de uma sala de aula, desafia nossos professores cotidianamente e esse trabalho precisa ser apoiado por uma rede de ações inclusivas”, declara o Secretário Municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

A Prefeitura de São José, por meio na Secretaria Municipal de Assistência Social, vai inaugurar nesta terça-feira (9), na Praia Comprida, o novo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O espaço oferecerá serviços de apoio, orientação e acompanhamento a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos. 

Denominado CREAS Sede, o centro surge para contribuir com o fortalecimento da função protetiva às famílias. “Trata-se de um mais espaço importante de atendimento em assistência social para as famílias, para que possamos continuar assegurando os direitos da população de forma mais direta e descentralizada”, ressalta A prefeita Adeliana Dal Pont. 

Com a inauguração do CREAS Sede, o Município passará a contar com dois polos de atendimento, o CREAS Sede e CREAS Barreiros, totalizando uma equipe com 35 profissionais, entre assistentes sociais, psicólogos e pedagogos atuando no Município. 

O CREAS Sede ficará localizado na Rua Tereza Bianchini, nº 25. Lembrando que todo indivíduo em situação de violação de direitos deve procurar a rede de proteção do Município, formada pelo Conselho Tutelar, Delegacias Especializadas e serviços da Assistência Social para orientação e atendimento. 

Serviço

O que: Inauguração do CREAS Sede

Quando: terça-feira (09), às 10h

Onde: Rua Tereza Bianchini, nº 25, bairro Praia Comprida

Entrada: aberta ao público 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.