Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

12/09/2018 11:50

Procon/SJ entrega o Código de Defesa do Consumidor em braile ao CMPD

por
63 acessos
Divulgação Secom/PMSJ O objetivo da ação é promover maior acessibilidade e inclusão dos consumidores com deficiência visual O objetivo da ação é promover maior acessibilidade e inclusão dos consumidores com deficiência visual

A Prefeitura de São José por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Trânsito através do Procon/SJ promoveu mais uma ação de acessibilidade no município, na tarde desta segunda-feira (10), ao entregar o Código de Defesa do Consumidor em braile ao Conselho Municipal de Pessoas com Deficiência de São José (CMPD/SJ). O objetivo do material é promover a inclusão dos consumidores com deficiência visual para que tenham acesso à informação e ao conhecimento dos seus direitos com mais agilidade.

A entrega do Código de Defesa do Consumidor em braile ao CMPD/SJ foi realizada na sede do Conselho Tutelar em Barreiros. Na ocasião, estiveram presentes o diretor do Procon/SJ, Fabrício Vieira, o presidente do Conselho Municipal de Pessoas com Deficiência, Edevaldo Silva Raupp, a vice-presidente do Conselho, Maria Helena Koerich, o secretário executivo Gelfilho Ferreira Moraes e demais membros conselheiros.

Para o diretor do Procon/SJ, Fabrício Vieira, o código em braile permite que os deficientes  conheçam os seus direitos e procurem assegurar a garantia deles enquanto consumidores. "Desejamos realizar um trabalho preventivo, de acessibilidade e inclusão, além de disseminar o Código de Defesa do Consumidor para o maior número de pessoas”, comentou Fabrício, ao lembrar que o código em braile é uma ferramenta que possibilitará a inclusão dos deficientes visuais às informações relacionadas ao direito do consumidor.

Para o presidente CMPD/SJ, Edevaldo Silva Raupp, o código em braile possibilitará ao deficiente visual evitar possíveis prejuízos enquanto consumidores. "Disponibilizar o Código de Defesa em diversos formatos é de extrema importância para todos os deficientes sentirem-se incluídos. Seja em braile ou em plataformas digitais, é necessário criar mais acessibilidade, visto que o acesso à informação é demasiado limitado em muitas ocasiões”, avalia Edevaldo. 

Para sanar dúvidas e efetuar reclamações o consumidor pode entrar em contato com o Procon de São José pelo telefone: (48) 3288-4393 de segunda a sexta-feira das 8h às 18h, por e-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou ir até o Procon na Avenida Acioni Souza Filho, 403 (de segunda a sexta-feira das 8h às 18h), andar térreo do Prédio da Prefeitura de São José.  

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

E-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.