Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

07/05/2018 09:04

São José investe cerca de R$ 800 mil no fomento da atividade rural

por
127 acessos
Divulgação Secom/PMSJ Parceria entre Município e produtores foi oficializada semana passada Parceria entre Município e produtores foi oficializada semana passada

A Prefeitura de São José oficializou a parceria com o Sindicato Rural de São José e Região na semana passada. O Termo de Fomento foi assinado pela prefeita Adeliana Dal Pont com o objetivo de impulsionar as atividades agropecuárias e o atendimento aos produtores rurais da região. O documento prevê um investimento de cerca de R$ 800 mil, que serão repassados em um período de cinco anos ao setor, conforme o cronograma estabelecido no plano de trabalho.   

Com a oficialização da parceria, os trabalhadores da área rural contarão com o auxilio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação no que se refere à emissão de notas ao produtor rural para execução, orientação técnica e jurídica para inscrição de imóveis rurais no Cadastro Ambiental Rural – CA, além da manutenção do Projeto de Inseminação Artificial em Bovinos.  

“É fundamental que possamos prestar todo o auxílio necessário ao setor, pois se não apoiarmos aqueles que produzem, a população fica sem comida na mesa. Trata-se de uma atividade que gera renda ao município, assim como a atividade comercial, industrial e prestação de serviços, que são a base de sustentação da nossa economia”, destaca a prefeita Adeliana Dal Pont.  

Para o secretário de Desenvolvimento, Waldemar Bornhausen Neto, a responsabilidade do Município está em executar de forma efetiva uma política em favor da agricultura, da pecuária, da maricultura e da pesca na região. “Temos a missão importante de criar possibilidades que permitam o desenvolvimento das cadeias produtivas do nosso município, principalmente no que tange o apoio ao pequeno e médio agricultor, visando sempre o aquecimento da economia e o crescimento da atividade rural”, assinala Waldemar.

São José conta com aproximadamente 470 pequenos estabelecimentos agropecuários, em média, com 10,57 hectares cada um. Essas propriedades estão distribuídas nas comunidades rurais e na periferia da área urbana do município. A bovinocultura está presente em quase todos os estabelecimentos e conta com um rebanho total de 4.334 cabeças composto por 2.699 matrizes (vacas, novilhas e terneiras), 163 reprodutores (touros) e  bovinos machos (terneiros e novilhos) destinados para corte. 

Atualmente, existem 190 produtores aptos a emitir notas como produtores rurais, 53 produtores sendo beneficiados no Programa de Inseminação Artificial, e 180 Imóveis Inscritos no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e, por meio do incentivo a emissão da nota de produtor rural, o Município busca um maior incremento na arrecadação de impostos. 

“Hoje são mais de 14 mil pessoas vivendo da agricultura em nossa região e o apoio do Município significa, além da continuação do nosso trabalho, a possibilidade de fazermos mais e melhor pelo desenvolvimento do setor. Por isso, só temos a agradecer a parceria com a Prefeitura de São José, que é a administração que mais apoia o setor agrícola em nossa região”, enfatizou o presidente do Sindicato Rural de São José e Região, Ezequial Ceciliano Teixeira Garcia. 

O ato de assinatura contou com a presença da vice-presidente da Câmara Municipal, Sandra Martins, que parabenizou a prefeita Adeliana Dal Pont pelo apoio ao desenvolvimento do setor na região. “A sensibilidade e o apoio do Município, mais uma vez demonstra que só através da união podemos construir uma cidade melhor para todos”, afirmou a vereadora.  

Também estiveram presentes na solenidade a vereadora Méri Hang, o secretário adjunto de Desenvolvimento, Francisco Fernandes, representantes da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e da Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis (Aemflo), além de produtores e criadores da região.  

CAR

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico, obrigatório para todos os imóveis rurais. Foi criado por meio da Lei 12.651/12 com o objetivo de formar uma base de dados estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação nativa do Brasil, bem como, para planejamento ambiental e econômico dos imóveis rurais.

Já o Projeto de Inseminação Artificial em Bovinos tem permitido a criação de bons terneiros e novilhos na região, além de refletir na melhoria do rebanho e da qualidade da carne e leite comercializados na cidade.   

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

E-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.