Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Darilson Barbosa

Darilson Barbosa

Repórter do Jornal Informe

O Codeli realizou na noite desta segunda-feira (26), na Acif da Lagoa da Conceição, a sua 20ª reunião ordinária debatendo a aprovação do projeto de lei nº 17.536/2018 em votação plenária na Câmara de Florianópolis e ações sociais e de veraneio e sustentabilidade.

Codeli

Presentes na reunião o superintendente de Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, a vice-presidente do Codeli, Cibelli Skalski, o vereador-municipal, Renato Geske, o presidente da Comcap, Carlos Alberto Martins,  e o secretário de Mobilidade, Marcelo da Silva.

Coletas

Carlos Alberto Martins, presidente da Comcap falou que há mais de  duzentos pontos de descarga irregular de resíduos sólidos, explicando que isso atrapalha os serviços prestados pela Comcap, já que é necessário deslocar equipes extras para adequar esses locais.

Conselhos

Renato Geske, vereador de Florianópolis, falou sobre o papel social dos conselhos.  “Os Conselhos de Desenvolvimento Regionais tem um histórico de compromisso e dedicação com as demandas dos bairros.  A aprovação do projeto 17.536/2018 é uma vitória social”.

Comcap

Carlos Alberto Martins, presidente da Comcap, falou sobre Sustentabilidade. “A Comcap está atuando em projetos de manejo de resíduos sólidos urbanos, como o Minhoca na Cabeça e também as ações de manejo e limpeza na Temporada de Verão 2019”.

Demandas

Renato Geske, vereador-municipal, falou sobre  demandas. “Todos podem comparecer às reuniões realizadas pelos conselhos e publicizar suas reivindicações e apresentar demandas do bairro. Por isso a importância do trabalho comunitário dos cinco conselhos”.

Histórico

Milton Weber Filho, superintende-comunitário fez um retrospecto da trajetória de consolidação dos cinco conselhos, iniciada em 2009, consolidade com a fundação do Codeni em 2012 e dos outros conselhos ao longo do tempo, resultando no projeto de lei.

Iluminação

Eliane Gomes Marcel Butin, presidente do Conseg, explicou que será realizada uma vistoria por meio da Cosip, entidade que está realizando obras de reforma na Iluminação Pública do município, para que as ruas de acesso a Lagoa da Conceição sejam vistoriadas e adequados

Informativo

Karina Miek, colaboradora da Superintendência das Relações Comunitárias, falou sobre o Boletim Informativo dos Conselhos. “Publicamos as ações e demandas que foram solucionadas pela administração pública que foram resolvidas por meio de ofícios”.

Intendência

O  intendente da Barra da Lagoa, falou sobre as ações da sua intendência. “Estamos buscando soluções para a ponte pênsil da Barra da Lagoa e também ações urbanísticas no sentido de amenizar as enchentes que ocorrem no espaço onde funciona o Projeto Tamar”.

Mobilização

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou sobre a campanha de divulgação e mobilização do projeto de Política Participativa. “Estamos atuando na mobilização da aprovação do projeto de lei 17.536/2018 desde sua entrada para apreciação da Câmara”.

Ofícios

Cibelle Skalski, vice-presidente do Codeli, realizou a votação e aprovação de um ofício que será encaminhado a administração pública solicitando providências referente a alagamentos recorrentes que ocorrem no espaço onde está localizado o Projeto Tamar em Florianópolis.

Ônibus

Um representante do Consórcio Fênix, empresa que realiza o transporte público no município de Florianópolis explicou que há pontos de ônibus que estão sendo obstruídos porque alguns motoristas não respeitam a sinalização de trânsito, dificultando o embarque.

Praça

Cibelle Skalski, vice-presidente do Codeli, disse que o Codeli está dialogando com a Secretaria de Infraestrutura para realizar reforma urbanística na Praça Paulo Gil, na Barra da Lagoa, explicando que um estudo conjunto está sendo feito com a equipe de técnicos.

Projeto

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou sobre a relevância do projeto 17.536/2018. “O projeto de lei de Política Participativa tem como objetivo utilizar 5% do IPTU de cada região, o equivalente a 16 milhões de reais em projetos sociais comunitários”.

Segurança

Eliane Butin, presidente do Conseg e ex-presidente do Codeli falou sobre ações de Segurança. “Vamos nos reunir nesta terça-feira (27) com autoridades de Segurança no sentido de melhorarmos o convívio nas ruas e evitar o consumo de bebidas e drogas”.

Temporada

Carlos Alberto Martins, presidente da Comcap, disse a Operação Verão 2019 será realizada  por equipes extras da Comcap, explicando que neste período serão disponibilizados cinco garis para cada intendência,  já que as demandas de limpeza são muitas neste período.

Veículos

Marcelo Roberto da Silva, secretário-municipal de Mobilidade Urbana, falou sobre ações de mobilidade em Florianópolis explicando que há um elevado número de veículos em Florianópolis, explicando que é necessário estudarmos a utilização de modais integrados.  

Vendas

Um conselheiro participante da reunião falou que a venda de bebidas alcoólicas para pessoas menor de idade tornou-se um problema na região Leste e que é necessário buscar soluções para que as pessoas evitem realizar o consumo de bebida alcoólica nas ruas.

Votação

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, explicou que o Projeto de Lei de Política Participativa (PL 17.536/2018) foi aprovado em votação Plenária na Câmara de Florianópolis, na quarta-feira (21), com 19 votos favoráveis, 2 votos contrários e 2 duas abstenções.

A Câmara de Florianópolis realizou na tarde de quarta-feira (21), por meio de votação realizada em Plenária a aprovação do Projeto de Lei nº 17.536/2018 que regulamenta o funcionamento dos cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais em Florianópolis.

Debate

Os vereadores presentes na Votação Plenária realizaram um intenso debate em torno da implementação de Políticas Comunitárias em  Florianópolis ao longo dos últimos anos em consonância e discordância com o projeto de lei que regulamenta os cinco Conselhos.

Conselhos

O projeto de lei 17.536/2018 regulamenta legalmente o funcionamento dos cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais de Florianópolis, que realizam reuniões mensais com entidades e lideranças  buscando soluções para as demandas nas regiões componentes

Projeto

O projeto de lei de Política Participativa 17.536/2018  as entidades que compõem os cinco Conselhos poderão indicar a administração pública a realização de projetos comunitários utilizando 5% arrecadado em cada região componente por meio de votação em Assembleia

Votação

O projeto de lei 17.536/2018 foi aprovado com 19 votos favoráveis e 1 voto contrário. O projeto segue para o sancionamento do prefeito de Florianópolis, para então ser publicado no Diário Oficial do município de Florianópolis e então tornar-se uma lei municipal.

 

O Codeni realizou na noite desta segunda-feira (8) a sua 74ª  reunião debatendo a aprovação do Projeto de Política Participativa na comissão de Trabalho  da Câmara Municipal de Florianópolis e as ações realizadas pelo Codeni na região Norte da Ilha.

Codeni

Presentes na reunião ordinária o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, o presidente do Codeni, Luiz César Costa,  o prefeito do municipio de Florianópolis, Gean Loureiro (MDB) e pessoas, representantes, voluntários, conselheiros ligado ao Codeni

Eleições

Grabiela Pessoa Caleffi, capitã da Policia Militar de Santa Catarina disse que houve seis ocorrências de casos de Boca de Urna na região Norte de Florianópolis nas Eleições 2018, explicando que foram realizados os procedimentos cabíveis neste tipo dcorrência eleitoral.

Iluminação

Luiz Cesar Costa realizou a votação de um ofício que será encaminhado a Cosip, solicitando a melhoria da Iluminação Pública em bairro da região Norte de Florianópolis, já que a Cosip, está realizando a instalação de pontos por meio do programa Floripa Iluminada

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária que promove as ações dos Conselhos, falou do Boletim Mensal dos Conselhos. “A edição de setembro desta a tramitação do Projeto de Lei 17.536/2018 nas comissões da Câmara  e ações e demandas resolvidas pelos Conselhos”.

Ofícios

Luiz Cesar Costa, presidente do Codeni, falou que um oficio encaminhado recentemente ao promotor de Justiça, Daniel Paladino, da Promotoria de Justiça de Santa Catarina foi respondido e que em breve será realizado ações com pessoas em situação de rua no Norte.

Praias

Gean Loureiro (MDB), prefeito de Florianópolis falou sobre o alargamento da faixa de areia de Canasvieiras. “O alargamento da faixa de areia na região da praia de Canasvieiras é uma demanda social antiga da minha época como vereador que agora está solucionada”.

Primavera

Maçan Guedes, representante da ONG Mais União falou sobre uma Festa de Primavera que acontecerá no dia 4 de Novembro num terreno na Vargem do Bom Jesus objetivando angariar fundos para Associação e construção da Praça da Vargem do Bom Jesus

Projeto

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário falou sobre a Projeto de Lei 17.536/2018. “O Projeto de Política Participava que está sendo implementado em Florianópolis servirá de modelo para o Brasil, investindo um percentual do IPTU em ações sociais comunitárias”.

Reuniões

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário explicou que é importante as pessoas, entidades e voluntários participarem das reuniões mensais dos conselhos para que após aprovação do Projeto de Lei 17.536/2018 poder escolher projetos por meio de Asseimbleia

Saúde

Os conselheiros enfatizaram que é necessário priorizar ações na área da Saúde, já que é uma região que tem muitas demandas nesta área, enfatizando que o número de médicos que atende os moradores da região não é suficiente para atender todas as demandas.

Trabalho

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou que o Projeto de Lei 17.536/2018 foi aprovado sem emendas nesta segunda-feira (8) na Comissão de Trabalho da Câmara Municipal de Florianópolis e agora segue o trâmite na Comissão de Orçamento da Câmara.

Trâmite

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário explicou que a Comissão de Orçamento da Câmara é a terceira e última comissão que estudará  o projeto comunitário. O Projeto de Lei 17.536/2018 será levado a Plenária após a aprovação na comissão de Orçamento.

Veraneio

Gean Loureiro (MDB), prefeito de Florianópolis disse que a sua administração frente a Prefeitura de Florianópolis está trabalhando junto com a Guarda Municipal no sentido de realizar ações de fiscalização nas praias da região Norte na Temporada de Verão 2019.

O Codecon realizou na noite desta terça-feira (2) a sua 28ª reunião ordinária debatendo a tramitação do Projeto de Política Participativa (PL 17.536/2018) nas comissões da Câmara Municipal de Florianópolis e também ações sociais e de Segurança na região do Continente

Codecon

Presentes na reunião ordinária, o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, o coronel-comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar, Sandro Costa, a presidente do Conselho de Segurança do Continente, Sibyla Loureiro e os conselheiros.

Deinfra

Angélica Schumann, secretária do Codecon, explicou que o representante do Deinfra (Departamento de Infraestrutura) que iria realizar a exposição da noite sobre as Pontes Pedro Ivo e Colombo Salles não pode comparecer por incompatibilidade de agenda.

Frequência

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, explicou que e as entidades que desejam escolher projetos comunitários após aprovação do Projeto de Lei 17.536/2018 na Câmara necessitarão ter uma frequência regular nas reuniões, com um percentual mínimo de 40%.

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária, que promove as ações dos Conselhos Regionais falou sobre o Boletim mensal dos Conselhos. “O Boletim comunica as ações e demandas resolvidas por meio dos ofícios que as entidades encaminham à Administração Pública”.

Índices

Sandro Costa, coronel-comandante da Polícia Militar disse que a mulher não fica mais calada diante da violência. “As mulheres estão denunciando os casos de violência doméstica. Nosso batalhão tem uma guarnição específica para acompanhar estes casos”. 

Ofícios

Angélica Schumann, secretária do Codecon, explicou que os conselheiros e entidades interessados em encaminhar algum ofício a Administração Pública  buscando resolver demandas devem encaminhar um email ao Codecon para realizar o encaminhamento.

Pessoas

Sandro Costa, coronel-comandante da Polícia Militar, disse que a região do Continente é estratégica para o município de Florianópolis, já que há uma população de 120 mil moradores e dobro desse número de pessoas circulando durante o dia no Continente.

Pontes

Hugo Biell, conselheiro do Codecon, disse que uma passeata que seria realizada no dia 30 de setembro por pessoas ligadas a Associação de Moradores do Balneário foi adiada por motivos de força maior e será realizada na Avenida Beira-Mar continental em Outubro

Reuniões

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou sobre as reuniões dos Conselhos Regionais. “É importante as pessoas e entidades participarem das reuniões para que haja compartilhamento de informações e busca conjunta de ações e soluções nas comunidades”.

Trabalho

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário,  explicou que o Projeto de Política Participativa iniciará seu trâmite na Comissão de Trabalha da Câmara de Florianópolis na próxima segunda-feira (8) e será estudado pela primeira vez na Comissão de Trabalho.

Viaturas

Sandro Costa, coronel-comandante da Polícia Militar informou aos presentes que o 22º Batalhão de Polícia Militar do Continente irá receber apenas três viaturas do total de viaturas adquiridas recentemente pelo Comando Geral da Polícia Militar de Santa Catarina.

A  UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) foi classificada é a sexta melhor do país de acordo com o RUF  (Ranking Universitário Folha) 2018, avaliação anual realizada pelo jornal Folha de São Paulo. O ranking classificou 196 instituições acadêmicas brasileiras.

Dados

Os dados foram analisados por meio de de cinco indicadores: Pesquisa, Ensino, Mercado, Internacionalização e Inovação. A UFSC atingiu a nota 92,30, numa escala que vai 100 pontos na edição 2018 do ranking e manteve-se como a 6 melhor universidade do Brasil.

Reitor

Ubaldo Cesar Balthazar, magnífico-reitor da UFSC falou sobre a divulgação do ranking. “A UFSC demonstra sua capacidade de superar os desafios que lhe são impostos. A cada nova avaliação, a instituição mantém e amplia sua importância para a sociedade civil”.

A XVII Semana de Jornalismo da UFSC realizou na tarde desta quarta-feira (26), no auditório da Reitoria, um debate sobre a redação de grandes narrativas no Jornalismo e também sobre técnicas de apuração e edição jornalística de notícias e reportagens.

Abertura

Presentes na mesa de debates, Paulo Markun, jornalista e  ex-âncora do Programa Roda Viva, Cleisi Soares, repórter e editora do Jornal de Santa Catarina,  Stefani Carlan, professora do curso de Jornalismo da UFSC, acadêmicos e público presente no debate.

Apuração

Cleisi Soares, repórter do Jornal de Santa Catarina, falou sobre apuração jornalística, “O aprofundamento da apuração da pauta está ligada a complexidade de informações. O fato é que  as informações precisam ser apuradas com muita técnica, ética e profissionalismo.

Entrevista

Paulo Markun, jornalista e âncora, falou sobre entrevistadores. “Muitos querem dar um golpe mortal no entrevistado. O que não é bom, já que os entrevistados são treinados. O jornalista precisa optar pelo caminho da imparcialidade e objetividade na entrevista”.

Eleições

Paulo Markun também falou sobre o momento político. “Percebemos nos debates eleitorais que há uma editorialização e falta de informação em alguns debates com candidatos. O debate que mais gostei jornalisticamente nas Eleições 2018 foi de uma televisão católica”.

Enchentes

Cleisi Soares, repórter do Jornal de Santa Catarina falou sobre as notícias mais marcantes que produziu. “As enchentes de 2013 no Vale foi muito marcante porque no final do processo de apuração e edição temos uma visão mais humana da nossa realidade vivida”.

Ficção

Paulo Markun disse que há uma grande dificuldade de conseguir estímulos para produção de reportagens audiovisuais, como entrevistas, documentários e grandes reportagens, explicando que nesse sentido faltam incentivos para produções robustas e de fôlego.

Furo

Cleisi Soares, falou sobre a emoção da redação. “Às vezes a reportagem mais gratificante não é um furo (notícia exclusiva), mas sim uma notícia de pauta simplória. As matérias mais interessantes que gostei de escrever surgiram por meio de pautas simples, do  cotidiano”.

Herzog

Paulo Markun, jornalista, falou sobre o caso Vladimir Herzog. “Uma das histórias mais marcantes e emocionantes de narrar foi sobre a morte do meu ex-editor chefe, Vladimir Herzog, num momento muito delicado do Brasil que publiquei por meio de um livro”.

Impresso

Cleisi Soares, repórter falou da credibilidade do impresso e online. “Trabalho com mídias impressas e online. Nesse tempo de experiência profissional percebo que jornalistas de impresso tem mais facilidade de apurar as informações com técnicas muito precisas”.

Índios

Paulo Markun, jornalista que foi âncora do Programa Roda Viva, falou sobre histórias tipicamente catarinenses. “ No município de Anitápolis teve um conflito social, uma guerra entre tribos de índios kaingang e xokleng contra os bugreiros. Um conflito catarinense”.

Internet

Paulo Markun falou sobre a Internet como ferramenta de trabalho. “A Internet facilitou muito o trabalho de apuração jornalística para todos os tipos de mídia, já que as informações podem ser acessadas com mais facilidade, auxiliando a apuração feita por repórteres”.

Jornalismo

Paulo Markun, jornalista, falou sobre Jornalismo. “O Jornalismo como profissão vem perdendo espaço no atual cenário social. É preciso que os jornalistas utilizem sua sensibilidade profissional no sentido de debater soluções para os problemas sociais”.

Profissão

Paulo Markun, jornalista disse que é o repórter que encontra o caminho das notícias. “Vivemos num mundo de muita hipocrisia e falsas informações tornando o trabalho do repórter fundamental para que a verdade dos fatos venha a tona para a sociedade civil”

Modelo

Paulo Markun, jornalista, destacou que o modelo de negócio no Jornalismo está se atualizando. “Quando cheguei em Florianópolis na década de 1980 era outro modelo empresarial. E a atual geração irá migrar para um modelo mais aprimorado e atual”.

Momentos

Paulo Markun, jornalista, falou que a situação política atual e futura do Brasil  é complicada porque o novo presidente terá que dialogar muito com o Congresso Nacional, no sentido de estabelecer um diálogo político em busca de um projeto de nação e Soberania para o Brasil.

Perrengue

Paulo Markun, falou que independente do candidato que vença as Eleições 2018 na presidência da República, o cenário político não será dos mais favoráveis. “Vivi a época da Ditadura Militar e percebo que a situação política do Brasil será de muita luta e limitações”.

Perguntas

Cleisi Soares, repórter do Jornal de Santa Catarina falou sobre perguntas.”Tem que sentir a fonte e  o momento e fazer as perguntas com clareza e objetividade, sendo honesto e respeitoso com fontes jornalísticas de informação que auxiliam na narração jornalística”.

Pessoas

Cleisi Soares, também falou sobre fontes jornalísticas “É importante fazer uma imersão na história de vida da personagem da narrativa, buscando apurar informaçòes no sentido de estabelecer uma relação de confiança para narrar o perfil do personagem em questão”.

Redação

Cleisi Soares, falou que o Jornalismo é uma construção coletiva. “O Jornalismo é uma atividade profissional coletiva e social que é feito por meio de trabalho de muitas pessoas que participam das diversas etapas da produção jornalística até a publicação da notícia”.

Reitor

Paulo Markun, jornalista, foi indagado pela reportagem, após o debate, num bate papo no saguão da Reitoria da UFSC, sobre a trágica morte do reitor Cancellier. Markun informou com exclusividade ao Informe Floripa que seu próximo livro será sobre o reitor Cancellier.

O Codeli realizou na noite desta terça-feira (25) na sede da Acif da Lagoa, a sua 18ª reunião debatendo a aprovação do Projeto de Política Participa na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Florianópolis e ações e demandas realizadas pelo Codeli.

Codeli

Presentes na reunião ordinária, o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, o presidente do Codeli, Gabriel Damiani, a vice-presidente do Codeli, Cibele Skalski e os conselheiros, intendentes e voluntários ligados ao Codeli, debatendo ações.

Comissão

Gabriel Damiani, presidente do Codeli, explicou que o texto do projeto de lei 17.536/2018 foi aprovado nesta segunda-feira (24) foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e que agora o Projeto de Politica Participativa segue o trâmite na Comissão de Trabalho.

Conseg

Cibele Skalski, vice-presidente do Codeli, falou sobre uma reunião realizada recentemente pelo Conseg da Lagoa, debatendo principalmente como será a movimentação comercial nas praias da região leste como uso de Barracas de Praia padronizadas na Temporada.

Entidades

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, ressaltou que os cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais são composto por 300 entidades municipais, como Associações de Moradores de Bairro, Organizações Não-Governamentais, entre outras.

Escolha

Milton Weber Filho, superintendente comunitário explicou que o Projeto de Politica Participativa de Florianópolis objetiva  destinar 5% do IPTU arrecado nas cinco Regiões em ações, demandas e projetos comunitários e sociais por meio de Assembleia Geral.

Estadual

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário apresentou aos presentes o Projeto de Política Participativa Estadual, que objtiva implementar em território catarinense o modelo de Política Participativa de Florianópolis, investindo um percentual em ações sociais.

Guarani

Um conselheiro do Codeli falou que recentemente foi realizado uma Campanha de Arrecadação de alimentos para povos guaranis situados na região da Grande Florianópolis e falou que  terceiro sábado do mês haverá uma caminhada solidária pelos povos indígenas.

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária que atua promovendo as ações dos Conselhos Regionais falou sobre o Boletim Mensal dos Conselhos. “O Boletim comunica a sociedade civil os administradores as ações e demandas resolvida por meio dos cinco Conselhos Regionais”.

Intendência

O intendente da Barra da Lagoa falou que ações de limpeza estão sendo feitos nos bairros do Leste de Florianópolis por meio da Intêndência da Lagoa em mutirões de limpeza que estão sendo feitos rotineiramente na região em parceria com a Comcap e outras entidades.

Plenária

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou que os presidentes e lideranças ligadas aos cinco Conselhos  Regionais estão com grande expectativa que o Projeto de Política Participativa será aprovado nas outras duas comissões até a Plenária.

Praias

Os conselheiros também debateram a balneabilidade nas praias do Leste de Florianópolis, destacando que o Codeli encaminhará alguns ofícios administração pública no sentido de organizar e regulamentar o comércio na Região Leste na Temporada de Verão 2019.

Projeto

Gabriel Damiani, presidente do Codeli falou sobre a consolidação dos cincos Conselhos a implementação do Projeto de Política Participativa. “O projeto de Política Participativa tem como objetivo destinar 5% do IPTU arrecadado em cada região em projetos comunitários”.

Reuniões

Cibele Skalki, vice-presidente do Codeli, disse que será realizado em breve uma reunião do Codeli na Barra da Lagoa, na sala de cinema do Projeto Tamar, unindo as comunidades da Lagoa, Barra da Lagoa e Fortaleza da Lagoa, fazendo reuniões itinerantes e dinâmicas.

Trabalho

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou que a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça foi uma vitória para a sociedade civil e que agora o Projeto de Política Participativa avança para a Comissão de Trabalho da Câmara Municipal de Florianópolis.

Trajetória

Gabriel Damiani, presidente do Codeli falou sobre a trajetória e tramitação do projeto de lei 17.5e6/2018 desde a apresentação do projeto aos candidatos a Prefeitura de Florianópolis em outubro de 2016, até a entrega do projeto de lei pelo prefeito aos vereadores municipais.

Veraneio

Os conselheiros debateram algumas ações para melhorar a mobilidade nos bairros do Leste da Ilha durante a Temporada de Verão. O presidente do Codeli disse que há muitos projetos e possibilidades de ação que estão sendo debatidos por entidades e administradores.

Vereadores

Gabriel Damiani, presidente do Codeli, falou que os presidentes dos cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais de Florianópolis realizaram e estão realizando visitas aos vereadores municipais apresentando e dialogando o projeto de lei 17.536/2018.

Viva

Gabriel Mazzoli Damiani, falou sobre as ações do Projeto Viva a Lagoa. “O Projeto Viva Lagoa realizou neste último final de semana diversas ações sociais e de empreendedorismo na Lagoa da Conceição com participação de entidades e administradores e moradores ”.

O Codecen realizou na noite desta quarta-feira (19) a sua 23ª reunião ordinária, na sede do Sebrae, no Centro, debatendo o andamento do Projeto de Lei de Politica Participativa (PL 17.536/2018) na Comissão de Constituição e Justiça, e ações por meio do Codecen em agosto.

Codecen

Presente na reunião ordinária o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, a presidente do Codecen, Rose Macedo Coelho, a vice-presidente do Codeli, Cibelli Skalski e também os conselheiros, intendentes e voluntários do Codecon debatendo ações.

Comunidades

Cibele Skalski, vice-presidente do Codeli, falou sobre a importância do Projeto. “O projeto de lei 17.536/2018 tem como objetivo principal destinar 5% do IPTU arrecado no perímetro urbano de cada região em ações, demandas e projetos sociais comunitários em Florianópolis”.

Debate

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou sobre o debate na próxima segunda. “Os Conselhos de Desenvolvimento Regionais realizarão no dia 24 de setembro a apresentação do projeto de lei comunitário estadual aos candidatos ao Governo de Santa Catarina”

Diligência

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, explicou que o projeto de lei comunitário (PL 17.536/2018) está sendo estudado pelos vereadores e que o projeto ainda não avançou para a próxima Comissão porque a comissão Constituição e Justiça não relatou o parecer final.

Fotos

Angélica Schumann, secretária do Codecen, exibiu algumas fotos da Campanha de Promoção do Projeto de Política Participativa, desde a entrega do projeto ao prefeito de Florianópolis no dia 13 de março até a entrega do projeto aos vereadores no dia 11 de junho e a tramitação.

Implementação

Rose Macedo, presidente do Codecen, fez um relato sobre a trajetória  do Projeto de Lei de Política Participativa, desde a apresentação do projeto de lei aos candidatos a Prefeitura de Florianópolis em 2016 até a entrega do projeto pelo prefeito aos vereadores em 11 de junho.

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária que atua promovendo as ações dos Conselhos Regionais falou sobre o Boletim Mensal dos Conselhos. “O Boletim comunica a sociedade civil os administradores as ações e demandas resolvida por meio dos cinco Conselhos Regionais”.

Largo

Rose Macedo Coelho, presidente do Codecen, falou que foi realizada uma reunião extraordinária com feirantes do Largo da Alfândega que concentrarão suas atividades de comércio na Praça Fernando Machado, no período de reformas no Largo da Alfândega.

Lideranças

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, explicou que os presidentes e lideres comunitários ligados aos Conselhos estão realizando visitas as 300 entidades que compõem os conselhos gravando vídeos no sentido de dialogar a essência e importância do projeto de lei.

Ofícios

Rose Macedo Coelho, presidente do Codecen realizou a votação de alguns ofícios, que serão encaminhados a Floram, no sentido de readequar o espaço da Rua Vidal Ramos, com melhoria nos jardins, calcamento e iluminação pública e também em outros logradouros no Centro.

Percentual

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, falou que o projeto foi dialogado em 2016 com entidades e conselhos para saber qual o percentual do IPTU que não geraria impacto no orçamento do município,  para ser investido em ações, demandas e projetos comunitários.

Política

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, falou sobre a importância do projeto. “O projeto de lei 17.536/2018 tem como objetivo destinar 5% do IPTU arrecadado nas cinco regiões em ações demandas e projetos que são debatidos pela socidade civil nas reuniões”

Redação

Milton Weber Filho, superintendente-comunitário, explicou que o projeto de lei comunitário foi redigido em conjunto por pessoas que atuam nos cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais em 2016 e desde então estão batalhando pela consolidação do projeto de lei.

Trâmite

Rose Macedo Coelho, presidente do Codecen falou sobre o trâmite do Projeto de Lei 17.536/2018 na Câmara. “A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Vereadores se reunirá na próxima segunda-feira (24), onde relatará um novo parecer sobre o projeto de lei”.

Vereadores

Rose Macedo Coelho, presidente do Codecen, falou que os presidentes dos cinco Conselhos de Desenvolvimento Regionais estão em dialogo constante com os vereadores da Câmara Municipal de Florianópolis desde o dia 11 de junho, data de entrada do projeto na Câmara.

 

O Conselho de Desenvolvimento do Norte da Ilha realizou na noite desta segunda-feira (10) a sua 73ª reunião ordinária debatendo a tramitação do Projeto de Política Participativa comunitário 17.536/2018 na Câmara Municipal de Florianópolis e ações feitas pelo Codeni.

Codeni

Presentes na reunião, o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, o presidente do Codeni, Luiz César Costa, o coronel da Polícia Militar de Santa Catarina, Sinval Junior e os conselheiros ligados ao Codeni, debatendo demandas e ações no Norte.

Comcap

Sinval Júnior, coronel-comandante do Batalhão de Polícia Militar do Norte agradeceu a parceria com a Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital), que está auxiliando em ações sociais coordenadas pela Polícia nas comunidades e ruas dos bairros do Norte.

Comunidades

Luiz Cesar Costa, presidente do Codeni falou sobre o significado e essência do projeto comunitário “O objetivo do projeto de lei 17.536 é destinar  5% de IPTU arrecadado nas cinco regiões em ações, demandas e projetos nas comunidades por meio de Assembleia.

Debate

Luiz Cesar Costa, presidente do Codeni, explicou que os cinco Conselhos realizarão no dia 24 de setembro um debate entre os candidatos ao Governo de Santa Catarina onde será apresentado aos candidatos ao Governo o Projeto de Política Participativa Estadual.

Fotos

Angélica Schumann, secretária do Codeni, exibiu fotos de ações de mobilização pela aprovação do projeto 17.536/2018 desde a entrega do projeto ao prefeito de Florianópolis no dia 13 de março até a entrega do projeto pelo prefeito aos vereadores no dia 11 de junho.

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária que atua promovendo as ações dos Conselhos falou sobre o Boletim mensal dos Conselhos. “O Boletim comunica a sociedade civil e também os administradores as ações e demandas resolvidas por meio dos cinco Conselhos Regionais”

Inovação.

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, explicou que o modelo de Política Participativa por meio do Projeto de Lei é inédito no Brasil. “Este é o primeiro projeto comunitário de Política Participativa por  meio de Conselhos de Desenvolvimento Regionais

Mobilização

Karina Miek, atuante da Superintendência Comunitárias falou sobre o apoio ao projeto dos cinco Conselhos. “É importante neste momento que as pessoas e entidades ligadas aos Conselhos Regionais se mobilizarem pela aprovação do projeto comunitário na Câmara”.

Passos

Luiz Cesar Costa, presidente do Codeni, explicou que o projeto está em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça relatou  um parecer parcial na tarde desta segunda-feira (10) e que em breve Comissão da Câmara realizará outra reunião.

Reunião

Milton Weber Filho, superintendente das Relações Comunitárias, falou que a reunião da Comissão e Justiça foi divulgada ao vivo e na íntegra na página dos Conselhos de Desenvolvimento Regionais no Facebook e também os grupos de Whatsapp dos Conselhos

Segurança

Sinval Junior falou sobre as ações de Segurança que estão realizando na região Norte da Ilha. “Nosso batalhão diminuiu muitos índices de criminalidade no Norte de Florianópolis. Os índices de homicídios tiveram decréscimo de 38%”e 15% no número de furtos e roubos”.

Vídeos

Milton Weber Filho, falou que já foram feitos vídeos com cerca de 100 das 300 entidades que integram os cinco Conselho de Desenvolvimento Regionais, explicando que este é o momento de união em busca da aprovação do projeto de lei comunitário nas Comissões.

O Conselho de Desenvolvimento do Continente realizou na noite desta terça-feira (4), na sede da Acif (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis) do Continente, a sua 27ª reunião, debatendo a tramitação do projeto de lei na Câmara Municipal de Florianópolis.

Codecon

Na reunião ordinária, o superintendente das Relações Comunitárias, Milton Weber Filho, o vice-presidente do Codecon, Dalton Malucelli Junior, o secretário do Continente, Edinho Lemos, o coronel da Polícia Militar, Sandro Costa e os conselheiros ligados ao Codecon.

Debate

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, falou sobre o debate com os candidatos ao governo estadual. “Os cinco conselhos realizarão no dia 24 um debate com os candidatos ao governo do Estado, onde apresentaremos o Projeto de Política Participativa Estadual.

Informativo

Karina Miek, empresária-voluntária que promove as ações dos Conselhos Regionais falou sobre o boletim mensal dos conselhos. “O Boletim comunica a sociedade civil e administradores públicos as ações e demandas resolvidas por meio dos cinco Conselhos”.

Orla

Edson Lemos, secretário do Continente, falou sobre as orlas continental de Florianópolis. “Estamos atuando num projeto de readequação urbanística da orla das praias da região do Continente. As obras de readequação iniciarão em breve e começará pela Praia da Saudade”.

Pluvial

Os conselheiros do Codecon ressaltaram que é necessário realizar a limpeza das galerias pluviais municipais, já que estamos nos aproximando da Temporada de Verão 2019, evitando muitos problemas de diversas ordem na região Continente e em outras regiões municipais.

Pontes

Hugo Belli, conselheiro do Codecon falou sobre as pontes de Florianópolis. “A Associação de Moradores do Bairro Balneário organizará no dia 30 de setembro uma passeata na Beira-Mar Continental solicitando vistoria e manutenção nas pontes Pedro Ivo e Colombo Sales”.

Pontos

Edson Lemos, secretário do continente também falou que a Prefeitura de Florianópolis realizou a compra de 40 novos pontos de ônibus, que começarão a ser instalados em breve no município, explicando que dos 40 pontos, 20 serão instalados na região do Continente.

Política

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, falou sobre o projeto de lei comunitário. “O projeto de lei 17.536 que está tramitando na Câmara tem como objetivo destinar 5% do IPTU arrecadado nestas cinco regiões em ações, demandas e projetos sociais nas comunidades”.

Projeto

Milton Weber Filho, superintendente comunitário, falou sobre o andamento do projeto de lei de Política Participativa na Câmara. “A  Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal relatará seu parecer final sobre o projeto de lei 17.536/2018 na próxima segunda-feira (10”.

Redes

Karina Miek, atuante da Superintendência das Relações Comunitárias falou sobre a Campanha de Divulgação do projeto que está coordenando nas Redes Sociais. “Estamos publicando vídeos onde lideranças e vereadores falam sobre o projeto de lei comunitário”.

Ruas

Edinho Lemos, secretário do Continente, falou que recentemente foi realizado uma ação social com muitas entidades administrativas numa região do Continente conhecida como Faixa de Gaza, com pessoas em situação de rua, orientando-os e higienizando o local.

Segurança

Sandro Costa, coronel-comandante do Batalhão do Estreito, falou sobre Segurança. “O número de furtos e roubos diminuiu ao longo deste ano. No entanto as ocorrências de violência doméstica contra as mulheres aumentou e estamos fomentando medidas e estratégias”.

Time

Dalton Malucelli Junior, vice-presidente do Codecon, falou sobre os Conselhos. “Os cinco conselhos é um  time que atua com objetivo de realizar debates e ações no sentido de resolver demandas municipais essenciais, como manutenção das vias públicas municipais.

Vereadores

Edson Lemos, secretário do Continente, disse que nesse momento é essencial as lideranças dos conselhos dialogarem como os assessores jurídicos dos vereadores no sentido de dirimir qualquer tipo de duvida em relação a importância e legalidade do projeto de lei comunitário.

Viaturas

Sandro Costa, coronel-comandante do Batalhão do Estreito, falou que a Polícia Militar de Santa Catarina realizou a compra de novas viaturas que em breve estarão nas ruas. No entanto o Comando Geral ainda não informou quantas viaturas atuarão no Continente.

Vídeos

Angélica Schumann, secretária do Codecon, exibiu alguns vídeos com o depoimento de vereadores favoráveis ao projeto de lei 17.536/2018 e de lideranças e entidades ligadas aos conselhos, que falaram sobre a importância e significado da Política Participativa municipal.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.