Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

Luana Andretta

Luana Andretta

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca anuncia a interdição dos cultivos de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões devido à presença de toxina paralisante no Litoral de Santa Catarina. Está proibida a retirada, a comercialização e o consumo destes animais e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia.

A medida foi necessária após exames laboratoriais detectarem a presença da toxina paralisante (PSP) em cultivos da localidade de Ilha João da Cunha, no município de Porto Belo. Como existe a possibilidade de a contaminação dos moluscos bivalves, a Secretaria da Agricultura interditou todo o litoral catarinense de forma preventiva nesta quinta-feira, 19.

O PSP é causado por toxinas do grupo saxitoxina que podem causar diarreia, náuseas, vômitos, dores abdominais, perda de sensibilidade nas extremidades corpo e, em casos severos, paralisia generalizada e óbito por falência respiratória. Os sintomas podem começar aparecer imediatamente ao consumo dos moluscos contaminados.

Essas toxinas são estáveis e não são degradadas com o cozimento ou processamento dos moluscos. Todos os moluscos filtradores, independente se são ou não cultivados, podem acumular as toxinas. É importante salientar que a presença da PSP na água não representa risco aos banhistas.

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) seguirá realizando coletas para monitoramento das áreas de produção de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões. Os resultados dessas análises definirão a liberação ou a manutenção da interdição das áreas afetadas.

Toxina Paralisante

Segundo o representante do Laboratório Laqua-Itajaí/IFSC, doutor Luis Proença, as microalgas que vivem na água compõe a principal fonte primária de alimento dos organismos marinhos. Em condições ambientais favoráveis, o número de células em suspensão na água pode aumentar de forma significativa. Embora a grande maioria de espécies de microalgas seja benéfica, algumas espécies produzem potentes toxinas que pode ser acumuladas por organismos filtradores, como, por exemplo, moluscos bivalves.

Algumas espécies do gênero Alexandrium produzem neurotoxinas causadoras do PSP, em inglêns Paralytic Shellfish Poisoning. Essas toxinas quando acumuladas em organismos marinhos, principalmente moluscos bivalves, podem causar intoxicação de seres humanos quando consomem os organismos contaminados.

Tendo como tema principal o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, OS BIOMAS BRASILEIROS E DEFESA DA VIDA, o Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, do Estreito, realiza neste sábado (21) a sua Mostra anual do Conhecimento. Durante o período da tarde, pátio, corredores e salas de aula, onde convivem diariamente cerca de 1,3 mil estudantes, irão se transformar num rico e vivo laboratório, um amplo espaço de demonstração do aprendizado.

Todos os segmentos do colégio (da Educação Infantil ao 2º ano do Ensino Médio) estarão envolvidos e apresentando suas pesquisas. O objetivo é proporcionar ao estudante espaço para que ele possa desenvolver e demonstrar sua criatividade, sua capacidade artística e científica, bem como incentivar a cultura e oportunizar a comunidade em geral a apreciação dos trabalhos.

EMPREENDEDORISMO DOS PEQUENOS

Durante a Mostra do Conhecimento, um grupo de alunos do Contraturno (aqueles que passam o dia inteiro na escola) vai apresentar o projeto de empreendedorismo “Que negócio é esse?”. Eles farão a venda dos produtos confeccionados por eles (mini almofadas, escapulário de porta e quadros decorativos) durante o projeto que foi desenvolvido desde o início do ano. E 20% do lucro obtido com a venda dos produtos serão destinados para um projeto social da comunidade.

As pessoas que trouxerem um quilo de alimento não perecível participarão do sorteio de 10 produtos durante a feira.

SERVIÇO

O QUE? II Feira do Conhecimento do Colégio de Fátima

QUANDO? Dia 21 de outubro, das 13h às 17h.

ONDE? Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, do Estreito – Rua Afonso Pena, 1264 – Telefone (48) 3244-0455

QUANTO? Gratuito

A Secretaria Municipal de Abastecimento e Esgoto de Palhoça (Samae) implantou uma extensão de rede de distribuição de água, no loteamento Caminho Novo, para sanar um antigo problema de desabastecimento.Com pouco mais de dois quilômetros de extensão, a rede vai abastecer cerca de duas mil famílias na região mais alta do loteamento, onde a água só chegava à noite e de forma inconstante.

Os pontos mais críticos, onde a água chegava com extrema dificuldade, estão localizados nas ruas dos Apóstolos, Menino Deus, Santos Girard, além de outras na mesma área.

O secretário da Samae, Sérgio Matiola, disse que embora esta fosse uma reivindicação muito antiga, somente agora foi possível resolver o problema. “Essa obra se tornou viável somente após a implantação da adutora da rua Paraná”, explicou.

A nova extensão de rede tem captação num tronco de distribuição no bairro Bela Vista. “Depois dessa melhoria, os moradores da parte mais alta do Caminho Novo nunca mais vão enfrentar problema de desabastecimento”, ressaltou o prefeito Camilo Martins.

A rede foi construída com tubulação de 100 mm em pvc. Os trabalhos foram concluídos na tarde desta quarta-feira (18).

Vestibular de Verão 2018 da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) terá 8.975 candidatos na disputa por 1.273 vagas de 49 cursos presenciais de graduação. Nesta quarta-feira, 18, a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos (Covest) divulgou a relação de candidatos por vagas em cada curso, nas três opções de inscrição: não optantes de cota, candidatos com todo o ensino médio na rede pública e candidatos negros. Confira a tabela.

Conforme o Programa de Ações Afirmativas da Udesc, cada curso da universidade reservou 30% das suas vagas para o vestibular, sendo 20% para candidatos com todo o ensino médio na rede pública e 10% para candidatos negros.

A prova objetiva e a redação serão realizadas em 26 de novembro, enquanto a prova específica de Música ocorrerá em 25 de novembro e a de Teatro, em 7 de dezembro. Os aprovados na primeira chamada serão divulgados até 12 de dezembro, e os novos estudantes começarão a ter aulas em fevereiro de 2018.

A Covest recomenda a leitura do edital, do programa das disciplinas, das obras literárias e do calendário.

Graduações mais procuradas

Na categoria dos não optantes de cota, os três cursos mais concorridos são: Fisioterapia, de Florianópolis, com 29,68 candidatos por vaga; Design Gráfico, também em Florianópolis, com 27,70; e Medicina Veterinária, em Lages, com 25,95.

Entre os candidatos com todo o ensino médio na rede pública, a maior procura é pelas graduações em Medicina Veterinária (60 por vaga), Fisioterapia (53,20) e Bacharelado em Educação Física (30,60), em Florianópolis.

Já os cursos mais escolhidos pelos candidatos negros são Bacharelado em Educação Física (14 por vaga), Fisioterapia (13,50) e Moda (8), em Florianópolis.

Com descrições disponíveis na página da graduação, os cursos do Vestibular de Verão são oferecidos em:

  1. Balneário Camboriú: Administração Pública e Engenharia do Petróleo;
  2. Chapecó: Enfermagem e Zootecnia;
  3. Florianópolis: Administração (vespertino ou noturno), Administração Pública (matutino ou noturno), Artes Visuais (Bacharelado e Licenciatura), Biblioteconomia, Ciências Econômicas, Design (Gráfico e Industrial), Educação Física (Bacharelado e Licenciatura), Fisioterapia, Geografia (Licenciatura), História (Bacharelado e Licenciatura), Moda, Música (Bacharelado em Piano, Violino ou Viola, Violão, Violoncelo e Licenciatura), Pedagogia e Teatro;
  4. Ibirama: Ciências Contábeis, Engenharia de Software e Engenharia Sanitária;
  5. Joinville: Ciência da Computação, Física, Matemática, Química, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Engenharia (Civil, de Produção e Sistemas, Elétrica e Mecânica);
  6. Lages: Agronomia, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária;
  7. Laguna: Engenharia de Pesca e Arquitetura e Urbanismo;
  8. Pinhalzinho: Engenharia de Alimentos;
  9. São Bento do Sul: Sistemas de Informação e Engenharia de Produção Mecânica.

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp) está iniciando mais uma etapa da Operação Tapa Buracos, com o objetivo de melhorar as condições de estradas e ruas asfaltadas, no Centro e em alguns bairros. Os trabalhos começam nessa terça-feira (17), no Bairro Pagani.

O secretário Edson Ghizoni informou que o trabalho é realizado com asfalto quente, que “não esfarela”, produto bem mais eficiente, porém mais caro que o asfalto frio. “O custo é bem mais elevado, mas compensa pela durabilidade. Trata-se de um trabalho mais criterioso, mais demorado, mas que elimina o problema”, garante o secretário.

 

Depois de uma recuperação completa nas ruas do Pagani, as equipes da Sesp deverão se deslocar para a área central. Na prancheta de trabalhos também estão anotados os bairros Madri, São Sebastião, Ponte do Imaruim, Eldorado e depois o Balneário Pinheira, na Região Sul.

 

A Operação Tapa Buracos envolve os trabalhos de cerca de dez funcionários que, entre outros equipamentos, mobilizam um caminhão especialmente preparado para essa atividade e um rolo compressor.

Depois de uma temporada de Sopas e Fondues - com direito a vinhos, lareira e um espaço aconchegante para completar o clima - o Restaurante La Fontana, localizado no IL Campanario Villaggio Resort, comemora a chegada da Primavera com uma gastronomia mais leve e que combina em cheio com a nova estação.

Trata-se do Festival de Risotos, que acontece todas às sextas-feiras, a partir das 19h. O chef Rafael Campagnolo brinda os clientes com nove receitas especiais – sendo sete salgadas e duas doces. Todas exclusivas e cheias de sabores e combinações deliciosas e inusitadas.

O mais famoso prato à base de arroz da culinária italiana é apresentado em versões que levam iguarias no seu preparo como filé mignon, cordeiro, cogumelos, aspargos e frutos do mar (camarão, polvo, luva, ostra, marisco). As receitas contam ainda com temperos, ervas e legumes cultivados na horta orgânica do próprio hotel, como açafrão, hortelã, tomate, salsa, cebolinha, entre outros.

O inusitado do festival do La Fontana fica por conta dos risotos doces: um traz a irresistível combinação de Nutella com morangos; e o outro promete conquistar os paladares com a junção de coco, amendoim e doce de leite.

Todos os pratos são preparados individualmente e artesanalmente, seguindo critérios rígidos de qualidade e elaborados com matérias-primas frescas e de altíssimo padrão.

E o melhor: além de delicioso e super variado, o Festival de Risotos chega com uma promoção especial: os clientes que pedirem um prato, o segundo é por conta do chef (do mesmo preço ou inferior ao primeiro). O valor é a partir de R$ 60,00 (+10% de taxa de serviço).

Feijoada com Samba Raiz e Festival de Moqueca

Além do Festival de Risotos, o Restaurante La Fontana oferece outras opções gastronômicas imperdíveis. No sábado no almoço é servida uma suculenta feijoada acompanhada de samba raiz. No palco ninguém menos que o cantor Kako de Oliveira, participante do The Voice Brasil.

No domingo, a pedida é conhecer o Festival de Moquecas, com as opções peixe, camarão e frutos do mar. A casa conta ainda com cardápio à la carte com dezenas de outras opções.

Para quem busca um ambiente mais diferenciado, a dica é o recém-inaugurado Positano Diamond Bar by D’Vie - o primeiro drink bar com joalheria da América Latina - também localizado dentro do IL Campanario. Funciona diariamente das 10h às 23h e é o local ideal para um jantar romântico – sendo que em algumas noites funciona como piano bar.

Os clientes que consumirem em qualquer um dos espaços gastronômicos do IL Campanario contam ainda com serviço gratuito de recreação infantil com monitores, para crianças acima dos 5 anos, que funciona até às 22h. Já o estacionamento – que é 24 horas – tem desconto especial e sai por R$ 4,00 a hora.

Informações e reservas: (48) 3261-6000

ACOMPANHE AS ATUALIZAÇÕES DA PROGRAMAÇÃO

Facebook - https://www.facebook.com/jurerein 

Instagram - @jurereinternacionalofficial

Portal - www.jurere.com.br

PROGRAMAÇÃO

GASTRONOMIA IL CAMPANARIO VILLAGGIO RESORT

(Informações e reservas: 48 3261-6000)

Sexta-feira

Festival do Risoto

Horário: 19h30min às 23h

Valor: a partir de R$ 60,00 o prato (+ taxa de serviço). Na compra de 1 prato de risoto, o segundo sairá por conta do Restaurante La Fontana (valor igual ou inferior ao primeiro)

Sábado

Feijoada com Samba Raiz

Horário: 12h às 16h

Valor: R$ 68,00 por pessoa

Domingo

Festival de Moquecas 
Horário: das 12h às 16h

Valores:

Moqueca de Peixe: R$ 95 (duas pessoas)  

Moqueca de camarão: R$ 140 (duas pessoas) 

Moqueca de Frutos do Mar (camarões, polvo, lula, mariscos): R$ 150 (duas pessoas) 

Diariamente

Positano Lobby Bar by D'Vie

Atrações: gastronomia (almoço e jantar) e drinks exclusivos com nomes de joias, exposição e venda de produtos de luxo D’Vie, Montblanc e Tag Heuer, piano bar e shows com artistas locais (em algumas ocasiões)

Horário do bar: das 10h às 23h

Horário da joalheria: de quarta-feira a sábado, das 14h às 22h. Domingo, das 10h às 18h. Terça-feira fechado.

Reservas: (48) 3261-6000 / 3261-6096

Serviços extras oferecidos (para clientes em consumo nos restaurantes)

Recreação infantil com monitores – Gratuito, para crianças acima dos 5 anos. Funciona até às 22h.

Estacionamento – Disponível 24 horas. Tem desconto especial e sai por R$ 4,00 a hora.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) promoveu, nesta terça-feira (17), em Curitiba, a reunião com o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor - SNDC / Região Sul. A entidade reuniu representantes dos Procons do Sul brasileiro para debater temas da atualidade que envolve desde aquisições de planos de saúde, serviços de SAC, até a utilização do aplicativo Uber, com o objetivo de provocar a reflexão dos gestores e buscar soluções para equilibrar as relações de consumo no país. 

Representante do município de São José, o diretor do Procon-SJ, Fabrício Vieira, destacou a importância e a força do encontro que contou, também, com a participação do secretário nacional do Consumidor, Arthur Rollo. “A reunião nos dá a oportunidade de compartilhar informações com outros gestores e propor ideias de trabalho para aperfeiçoar questões que interferem diretamente na vida dos consumidores”, lembrou Fabrício. 

A pauta do encontro, que foi realizado no Palácio Araucária em Curitiba, trouxe também a discussão de assuntos como a diferenciação de preços entre homens e mulheres, cadastro positivo, informações em embalagens de produtos, e cobrança de bagagens pelas companhias aéreas. 

A temporada 2017 do projeto Museus Virtuais, realizado pelo Instituto Maratona Cultura, está viabilizando inúmeras visitas virtuais a museus de todo o mundo, com sessões no Teatro do CIC, em Florianópolis. E para encerrar o mês de outubro com chave de ouro, o projeto trará muita cultura, entretenimento e um tanto de ​conhecimento em três sessões confirmadas para os próximos dias. Vale lembrar que as sessões são gratuitas, mas é necessário realizar uma inscrição prévia.

​A agenda inicia no dia 21/10, às 18h: “Brasil - Na ponte aérea” trará à capital catarinense o Museu de Arte de São Paulo (MASP), que possui uma vasta coleção de arte internacional e brasileira. Depois, o roteiro segue para o Rio de Janeiro, para o Museu de Belas Artes, onde estão as duas maiores pinturas sobre suportes móveis feitos por artistas brasileiros: a “Batalha do Avaí” e “Batalha dos Guararapes”. 


Já no dia 23/10, às 20h, com “Itália - O berço do Renascimento”, os visitantes conhecerão a Galeria Degli Uffizi, em Florença. Já em Roma, na Galeria de Arte Moderna, será possível conhecer os trabalhos de expoentes vanguardistas em pinturas metafísicas e no abstracionismo.

E por fim, “Holanda - Arte na terra dos moinhos” encerra o mês no dia 28/10, às 18h com a pátria de grandes gênios da arte e o Museu Rijksmuseum, em Amsterdã, apresentando o século de ouro da pintura holandesa nas obras dos mestres barrocos, encerrando a visita no museu Van Gogh. 

Todas as sessões acontecerão no teatro do CIC, na Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600 – Agronômica, em Florianópolis. 
Para mais informações acesse o site https://www.institutomaratonacultural.com/ está disponível para quaisquer dúvidas, bem como o e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) garantiu que apresentará ao Governo do Estado, na primeira semana de novembro, a minuta da portaria de regulamentação para o turismo embarcado para observação de baleias no Sul do Litoral catarinense. Com isto, a expectativa é que a prática, suspensa há quatro temporadas, volte a ocorrer ainda em 2018 nas cidades de Imbituba, Garopaba e Paulo Lopes.

A confirmação foi dada em audiência do Fórum Parlamentar Catarinense na sede do instituto em Brasília, nesta terça-feira, 17, com a presença do secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan. Eles foram recebidos pelo diretor Paulo Faria e equipe. “Estamos comprometidos a fechar esta regulamentação até janeiro para permitir que, em 2018, esta prática volte a acontecer”, falou o diretor.

A minuta faz parte do plano de fiscalização que está sendo elaborado pelo instituto. “O turismo de observação de baleias tem uma importância muito significativa economicamente para aquela região e para o estado. Precisamos resolver esta situação”, salientou Pavan. A atividade estava suspensa desde 2013, após uma ação civil pública do Instituto Sea Shepherd.

Os diretores do ICMBio ressaltaram ainda que haverá a constante avaliação do turismo embarcado e as operadoras estão sujeitas a punições e multas, além da suspensão das atividades. Também participaram da reunião deputados federais e estaduais, o presidente da Comissão do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa de SC, Valdir Cobalchini, e a assessora especial da Secretaria de Articulação Nacional, Giliane Zanchett.

Está aberta a temporada de matrículas nas escolas de todo o País, e a busca por uma instituição que proporcione formação de qualidade é o sonho de muitos pais, que colocam a educação dos filhos no topo das prioridades, vislumbrando um futuro melhor para eles. Infraestrutura, professores capacitados, proposta pedagógica, localização e preço estão entre os principais critérios avaliados na hora da escolha.

Porém, as mensalidades nem sempre estão acessíveis ao orçamento da família, mas contando com uma bolsa de estudo, esse sonho pode virar realidade e ser a esperança para um futuro melhor. Ciente dessa realidade, e, com o objetivo de incentivar ainda mais a democratização da educação, o Mais Bolsas ampliou a oferta de vagas para 2018 e irá beneficiar mais de 150 mil brasileiros com bolsas de estudo nas melhores creches, centro educacionais, escolas, educandários e faculdades de todo o País.

“O programa já possui atuação em mais de 2 mil municípios e entre eles está Florianópolis-SC,  que contará com mais de 8 mil bolsas estudantis de até 50% de desconto para  cursos do ensino superior e educação básica em instituições como Colégio Solução, Estácio, Faculdade Fael, Facear, Unifran,entre outros”.  Revela José Araújo, gerente do Mais Bolsas.

A inscrição é gratuita, feita através do portal www.maisbolsas.com.br. Para se candidatar, basta selecionar a cidade, curso ou série e preencher o formulário. O quanto antes o cadastro for feito, mais vagas estarão disponíveis e há mais chances para os interessados. Mais informações podem ser obtidas nos telefones 4007-2209 para capitais e regiões metropolitanas ou 0800 002 5854 para demais localidades.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.