Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

01/09/2018 09:43

Setembro Amarelo: Prevenir o suicídio é a melhor saída

por
455 acessos

O mês de setembro foi escolhido para simbolizar a luta pela prevenção ao suicídio. Com o título de Setembro Amarelo, esta campanha organizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria e apoiada por diversas entidades e associações, tais como a Associação Catarinense de Psiquiatria (ACP), tem como objetivo principal discutir o assunto para entender os fatores de risco envolvidos e criar ações preventivas que visam evitar o suicídio.

Os fatores de risco relacionados ao suicídio podem ser doenças psiquiátricas como depressão, esquizofrenia e alcoolismo, bem como problemas sociais como desemprego e pobreza, questões pessoais como separações e perdas de familiares, doenças clínicas como câncer e dor crônica.

Além disso, isolamento, sentimentos como desesperança, desânimo, desespero, desamparo e comportamento de despedida são sinais e sintomas importantes que podem ser usados como alerta para a busca preventiva de tratamento adequado.

Entendendo estes fatores, pode-se atuar com orientações aos próprios pacientes, familiares e pessoas próximas.            Além disso, conversar com o paciente quando se suspeita que esteja pensando em suicídio é uma atitude importante e que comprovadamente previne o comportamento suicida, bem como ameniza a dor da pessoa.

A cada 40 minutos, uma pessoa tira a própria vida no Brasil. O país registrou 10.575 casos em 2016, segundo o Ministério da Saúde. A pasta pretende diminuir as taxas de suicídio no país em 10%, até 2020.

O impacto social, emocional e econômico de um suicídio tanto na família quanto na sociedade é imenso. Esta compreensão é importante para que esta discussão seja fomentada, buscando redução do tabu que envolve este assunto e assim atinja-se o objetivo que é proporcionar a estas pessoas a prevenção ao suicídio. Não se deve confundir o suicídio com uma questão moral ou religiosa. É uma questão de saúde.

Portanto, conhecer os fatores de risco associados ao suicídio possibilita a busca precoce de tratamento com profissional especializado, levando a prevenção de um desfecho que causa muito sofrimento a todos.

Agenda Oficial Setembro Amarelo em Santa Catarina:

01/09 – Abertura Oficial do Setembro Amarelo no Parque de Coqueiros das 15h às 18h – com várias atividades gratuitas e abertas ao público em geral.

03/09 – Conversa aberta sobre depressão e suicídio com especialistas convidados, a partir das 18h30, na Univali Campus Balneário Camboriú.

04/09 - Palestra para Profissionais de Saúde da Vigilância Epidemiológica de São José – Dra. Bianca.

10/09 – Dia Mundial de Combate ao Suicídio.

10/09 – II Seminário de Prevenção ao Suicídio – “Rompendo ao Silêncio” – das 8h às 17h – na Prefeitura de Criciúma.

11/09 – Conversa com o Psiquiatra Mário João Bisi – às 17h20 – na CDL de Camboriú.

12/09 - Audiência pública na ALESC sobre o Setembro Amarelo ter se tornado Lei no Estado de Santa Catarina, às 10horas (importante a presença dos psiquiatras, organizações, comunidade). Palestra Setembro Amarelo a UDESC – Campus Florianópolis.

14/09 – evento no Ministério Público.

14/09 - Evento do Setembro Amarelo no Ministério Público (Casa do Barão – Centro de Florianópolis). Palestras abertas para público geral, abordando principalmente o suicídio na infância, adolescência e adultos jovens.

15/09 - Programa de Educação Continuada (PEC) com Dra. Sandra Peu sobre suicídio aos associados e médicos de outras especialidades.

18/09 - Capacitação do Setembro Amarelo aos Bombeiros e SAMU – ocorrerá no auditório SSP – sobre abordagem aos pacientes com risco de suicídio, doenças mais prevalentes relacionadas ao suicídio, estigma em relação as doenças mentais e suicídio, fatores de risco e de proteção do suicídio, como lidar com a culpa dos profissionais após tentativa de suicídio.

19/09 – Palestra na Casa do Educador, em São José, com a psiquiatra Bárbara Saviato, faz 8h às 10h, com o tema “Saúde mental e prevenção ao suicídio em crianças e adolescentes”.

21/09 - Evento para Jornalistas: com orientações para como publicarem notícias relacionadas ao tema suicídio – no auditório do Ministério Público, às 16h.

24/09 - Palestra do Setembro Amarelo para Faculdade Estácio de Sá, em São José.

26/09 – Palestra Setembro Amarelo para orientadores e diretores da Secretaria de Educação de Florianópolis.

30/09 – Caminhada pela Valorização da Vida – Trapiche da Beira-mar Norte, às 10h.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

E-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.