Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

06/11/2017 19:29

COLUNA DO ADRIANO (06/11) - Vereadores da Capital faltam em sessão que apreciaria as contas do ex-prefeito Cesar Souza (PSD)

Sem quórum

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Florianópolis desta segunda-feira (6) não foi realizada, pois teve ata negativa, sem atingir o mínimo necessário de vereadores para sua realização. Com a presença de apenas seis vereadores, o vice-presidente da Casa, Roberto Katumi (PSD) não pode declarar aberta a reunião e chamou para a próxima nesta terça (7). Estiveram presentes além de Katumi apenas os vereadores Mitinho Barcelos (DEM), Gabrielzinho (PSB), Maikon da Costa (PSDB), Afrânio Boppré (PSOL) e Vanderlei Farias (PDT).

Estava na ordem do dia para esta segunda a votação das contas do ex-prefeito Cesar Souza (PSD), relativas ao ano de 2015. Com a não realização da sessão ordinária por falta de quórum, o Projeto de Decreto Legislativo nº 2399/2017, que trata das contas, deverá ficar para ser votado na próxima sessão, agendada para esta terça (7).

O parecer técnico do Tribunal de Contas é pela aprovação das contas do ex-prefeito com uma série de ressalvas. Na Câmara, na Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação o parecer do relator Gabrielzinho (PSB) foi pela aprovação. Para a rejeição das contas há necessidade de votos de 2/3 dos vereadores (16 votos). A votação é aberta.

Voto contrário

Nos bastidores este colunista apurou que a situação do ex-prefeito Cesar Souza Júnior (PSD) não é das mais confortáveis. Dois componentes políticos contribuem contra a aprovação de suas contas. O primeiro é o reflexo da sua péssima administração, que deixou um rombo milionário nas contas públicas, salários e pagamentos de fornecedores atrasados e raras obras para serem lembradas. O segundo é o tabuleiro político de 2018. Com as contas aprovadas, Cesinha estaria apto a candidatar-se a deputado estadual. Entretanto, muitos partidos esperam lançar nomes tendo como base a Capital do Estado. Cesar seria um estorvo para estes projetos políticos e reprovar suas contas seria uma forma de tirá-lo do jogo.

Em busca de votos

Informação mais que quente de que o próprio ex-prefeito Cesar Souza (PSD) está procurando vereadores para sensibilizar pela aprovação de suas contas. Quarta-feira da semana passada ele foi visto na Câmara. Não me pergunte falando com quem. Só o que sei é que teve vereador se esquivando para fugir do assédio.

16 votos

O que beneficia o ex-prefeito é a quantidade necessária de votos para a rejeição de suas contas. São necessários 16 votos dos 23. Ou seja, passado o suspense, as contas deverão ser aprovadas colocando o ex-prefeito no xadrez para 2018, possivelmente como candidato a deputado estadual ou, dependendo, até a federal, no lugar do pai.

Veja os detalhes das contas

Se você quer conferir de perto tanto o parecer técnico emitido pelo Tribunal de Contas com números e análises financeiras quanto o parecer da Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação da Câmara sobre as contas do ex-prefeito Cesar Souza (PSD), você poderá acessar os documentos completos clicando no link abaixo:

Parecer técnico do Tribunal de Contas e da Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação

“A cidade do nada pode”

O vereador Miltinho Barcelos (DEM) demonstrou toda sua indignação contra a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) que recentemente manifestou-se contra as quadras de esportes de praia entregue pela prefeitura, ao lado da Beira Mar Norte. A SPU, proprietária da área onde foram implantadas as quadras, disse que a obra é irregular. “Florianópolis é a cidade do nada pode”, criticou o vereador, salientando que a obra foi feita com o mínimo de impacto ambiental. Já o vereador Maikon da Costa (PSDB) disse que a SPU não dá nenhuma contribuição para a cidade e ainda se mete quando a prefeitura faz uma obra que tem a aprovação da população. “Vemos as áreas tomadas pela SPU no centro da cidade completamente abandonadas”, argumentou o vereador. O vereador Tiago Silva (PMDB) lembrou que quando aquela área ao lado da Beira Mar estava abandonada, não existia nenhuma manifestação do patrimônio da União.

Burocracia no Detran

O vereador Bruno Souza (PSB) criticou o Detran pelo excesso de burocracia para emissão da licença dos automóveis. “Todo ano temos que ir a um departamento esperar duas horas na fila para imprimir um documento, quando poderíamos fazer tudo em casa”, disse. “É tempo de vida sugado de nós. Esse tempo fica nas filas, nas senhas e nas telas dos computadores do Detran”, falou.

Novo centro de saúde

O vereador Renato da Farmácia (PSOL) informou que a Secretaria Municipal de Saúde está ouvindo os moradores do Alto Ribeirão e do Morro das Pedras questionando sobre o melhor local para a instalação de um novo centro de saúde. Ele aproveitou para elogiar o serviço do secretário Paraná. “Em menos de um ano fez mais que a outra administração fez em quatro anos”, disse.

E os ambulantes e moradores de rua Gean?

No começou de sua Gestão o prefeito Gean Loureiro (PMDB) determinou dois pontos que envolvem a cidade no aspecto urbano, porém, passados 10 meses registra-se retrocessos. O primeiro é em relação ao comércio ambulante, especialmente no centro da cidade. A fiscalização afrouxou e os ambulantes já começam a dar o ar de sua graça novamente, especialmente nesta época próxima ao final do ano. O segundo item é quanto ao trabalho social direcionado aos moradores de rua. O centro continua infestado de nômades viventes de rua, que todas as noites se acotovelam em frente à Catedral por um prato de comida doado naquele local por voluntários. A impressão que fique é que se comparado ao começo do ano, parece até que aumentou a quantidade dessa população.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK: INFORME FLORIPA

Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é colunista do Informe e traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e Floripa/São José.
Fones: Caçador (49) 8843-4213 - Florianópolis (48) 9922-8133

E-mail: redacaofloripa@jornalinforme.com.br

Twitter: @adrianoinforme

E-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.