Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

27/09/2017 12:45

Os Badarós - Com empurrão do MBL, Escola Sem Partido avança em Santa Catarina

286 acessos

Desde o mês passado, quando o Movimento Brasil Livre (MBL) organizou atos em cerca de 100 cidades brasileiras para protocolo do projeto de lei Escola Sem Partido, a pauta vem avançando em todo estado. Na capital, o vereador Miltinho Barcellos (DEM) já se propôs a levar adiante o projeto e conta com apoio de, pelo menos, outros três vereadores: Jefferson Backer (PSDB), João Luiz (PSC) e Rafael Daux (PMDB). Na Assembleia Legislativa o projeto foi protocolado pelo deputado Altair Silva (PP), que se reuniu esta semana com líderes do MBL para conversar sobre o andamento do projeto de lei na casa. A proposta tem ampla aceitação popular, mas encontrará oposição da extrema-esquerda, apesar do recado dado pela coordenadora estadual do movimento, Miriam Marjorie, para o relator do projeto, deputado Rodrigo Minotto (PDT). Disse ela ao brizolista que com o avanço das pautas liberais, consideradas “de direita”, em breve quem vai querer que o projeto seja aprovado é a própria esquerda. De fato a postura neutra do movimento, que já criticou um colégio militar por fazer apologia à campanha de Bolsonaro é um dos grandes triunfos para aprovação da proposta.

 

Ativismo empresarial

Repercutiu muito bem a decisão da empresa FlyJet, especializada na locação de aeronaves, que cancelou suas vultosas contas no banco Santander e emitiu nota de repúdio à exposição Queermuseu, que promovia visita de crianças em idade escolar para ver pinturas de sexo explícito – inclusive zoofilia – e as levava para experiências sensoriais de cunho sexual. A ação da empresa viralizou nas redes sociais e somente uma das publicações sobre o assunto obteve alcance de 200 mil pessoas, com mais de 10 mil curtidas. O proprietário da empresa, Andrey Tomazi, relata que, somente na manhã do dia seguinte, recebeu mais de 150 ligações de pessoas parabenizando a atitude, além de receber propostas de vários bancos para abertura de contas.

 

Tríplice rivalidade

A antiga tríplice aliança está chegando ao fim. O cenário para as eleições 2018 está a cada dia que passa mais consolidado com Gelson Merísio (PSD, PSB e PP), Mauro Mariani (PMDB e PR) e Paulo Bauer (PSDB e DEM) na disputa. Dos três, o tucano parece largar na frente com seu recall da eleição passada. Porém, há quem diga que a Operação Lava Jato chegará em breve à Santa Catarina e que poderá atingir em cheio este cenário. A verdade é que tudo ainda é muito nebuloso para a disputa eleitoral de 2018. Muita coisa pode acontecer.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.