Fone: (48) 3733-6977 | redacaofloripa@jornalinforme.com.br

 

08/11/2017 15:53

Os Badarós - Bolsoprates: jornalista polêmico pode ser candidato a senador com apoio de Bolsonaro

378 acessos

Está bombando nas redes sociais, a possível candidatura do jornalista Luiz Carlos Prates, convidado pela coordenação de campanha de Jair Bolsonaro para ser o nome catarinense ao Senado Federal pelo mesmo partido do deputado federal. As postagens sobre o assunto, feitas por movimentos sociais liberais e conservadores, foram muito comentadas e compartilhadas. Percebeu-se um alto engajamento desse público com a possibilidade de um senador com a mesma atitude contundente de Bolsonaro.

Carnaval autosustentável

Pegou muito bem perante a sociedade a decisão do prefeito Gean Loureiro de não fazer repasses de verba pública para o carnaval de Florianópolis. O martelo foi batido na reunião dessa semana com representante da liga das escolas de samba e presidentes das agremiações. O chefe do executivo municipal informou que será lançado um edital para captação de 2 milhões de reais através da iniciativa privada, que poderá explorar comercialmente a região central da cidade, onde ocorre a festa. Desse valor, 1 milhão e meio vai para as 5 escolas de samba da capital e 500 mil para os bloco de carnaval. A escola Nação Guarani, pode ser da Palhoça, terá que se entender com o prefeito Camilo Martins para receber sua verba.

Kim e Mamãefalei em Floripa

Kim Kataguiri, líder o Movimento Brasil Livre (MBL) e Arthur do Val, youtuber do canal Mamãefalei, estiveram de passagem por Florianópolis para cumprir agenda em Joinville, onde o coordenador nacional do MBL fez palestra no dia 07/11, no auditório da Expoville e lançou seu livro “Quem é esse moleque para estar na Folha?”. Na capital catarinense, foram recebidos pela coordenadora estadual do movimento Miriam Marjorie, pelo coordenador de Florianópolis Ramiro Zinder e pelos coordenadores do núcleo de Itapema, Marcos Molina e Gisiane.

UFSC passa vergonha ao tentar censurar evento crítico ao comunismo

Essa semana ficou marcada negativamente pela tentativa de censura promovida pelos professores Irineu Souza e Nildo Ouriques, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ao evento “Semana Vítimas do Comunismo: a pior tragédia do Séc. XX”. A pressão dos grupos de extrema-esquerda chegou a cancelar o evento que aconteceria no Centro Sócio-Econômico (CSE). Após decisão judicial, impetrada pelos organizadores, que autorizou a realização, o evento acontece normalmente até o dia 10 de novembro. Mas é lamentável precisar da caneta de um juiz para existir atividades acadêmicas numa universidade federal.

O Jornal Informe é uma rede de jornais de circulação em Caçador (sede) e Florianópolis 

Editor: Adriano Ribeiro
Telefone: (48) 3733-6977
Plantão: (48) 9922-8133
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.