Mais de 30 pessoas em situação de rua começam a ter aulas pela EJA da Prefeitura de Florianópolis

Os estudantes vão se alfabetizar e concluir o ensino fundamental na Passarela da Cidadania

0
713

A partir do 28 de junho, segunda-feira, a Prefeitura de Florianópolis, abrirá uma turma da Educação de Jovens, Adultos e Idosos, EJA, na Passarela da Cidadania. O polo é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Assistência Social e Movimento Nacional da População em Situação de Rua.

Em torno de 35 homens e mulheres, com idade mínima de 15 anos, terão aulas no sistema híbrido na EJA Pop Rua. Presencialmente, as atividades serão realizadas na segunda e terça-feira das 18h às 20 horas.

Para o secretário de Educação, a EJA é a possibilidade objetiva de transformação da vida das pessoas. “Na vida das pessoas em situação de rua mais ainda. E o poder público cumpre o seu papel, o de proporcionar educação de qualidade a todos que estejam no município de Florianópolis”, diz Maurício Fernandes Pereira.

“Estamos muito felizes com o início das aulas porque isto significa um acesso integral à cidadania, mesclando políticas públicas que podem dar mais autonomia para população em situação de rua e reinseri-los na vida escolar”, comenta a secretária de Assistência Social Maria Claudia Goulart da Silva.

Cidadania

A Passarela da Cidadania atende em média 200 pessoas em situação de rua com refeições, pernoite e doação de roupas. Os acolhidos também possuem atendimento psicossocial, kits de higiene pessoal e cursos profissionalizantes que auxiliam para reinserção profissional de pessoas em situação de rua.

O trabalho desenvolvido no abrigo acontece por meio da Secretaria de Assistência Social, ONG Nurrevi, voluntários e doações da Fundação Somar. A parceria possibilita que os acolhidos no espaço tenham a chance de receber mais oportunidades para resgate da cidadania.

COMO SE MATRICULAR NA EJA

A população interessada em ser estudante Educação de Jovens, Adultos e Idosos deve ter idade a partir de 15 anos e procurar uma escola municipal mais próxima. Um dos diferencias da EJA é que o interessado pode entrar para a turma em qualquer época do ano. Dúvidas e mais informações estão disponíveis por meio dos números: (48) 3251-6102 e o (48) 3212-0925.

Atualmente, estão matriculados na EJA 1.712 estudantes. Um total de 245 está se alfabetizando e 1.467 finalizando o ensino fundamental.

UNIDADES DA EJA

REGIÃO NORTE

1. EBM Herondina Medeiros Zeferino (Ingleses) – Noite
2. EBM Maria Tomázia Coelho (Santinho) – Noite
3. EBM Osmar Cunha (Canasvieiras) -Noite
4. EBM Intendente Aricomedes da Silva (Cachoeira do Bom Jesus) – Noite

REGIÃO LESTE

1. EBM Maria Conceição Nunes (Rio Vermelho) – Noite
2. EBM Henrique Veras (Lagoa da Conceição) – Noite

REGIÃO CENTRAL

1. Escola Silveira de Souza (Centro) – Manhã e tarde
2. NETI-UFSC (Trindade) – Manhã e tarde
3. ASGF- Associação de Surdos da Grande Florianópolis (Centro) – Manhã
4. UDESC-FAED (Itacorubi) – Noite
5. AFLODEF- Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (Agronômica) – Tarde
6. EBM Donícia Maria da Costa (Saco Grande) – Noite
7. EBM José Jacinto Cardoso (Serrinha)- Noite
8. POPRUA-Passarela do Samba (Centro) – Noite
9. Adotiva Liberato Valentim (Costeira do Pirajubaé) – Noite

REGIÃO CONTINENTAL

1. EBM Almirante Carvalhal (Coqueiros) – Noite
2. Casa da Comunidade (Vila Aparecida) – Noite
3. Biblioteca Municipal Barreiros Filho (Estreito) – Noite
4. CEDEP (Monte Cristo) – Noite
5. Figueirense- Projeto Florípa Gol de Letra (Estreito) – Noite
6. PROEJA-IFSC (Coqueiros) – Noite

REGIÃO SUL

1. EBM João Gonçalves Pinheiro (Rio Tavares) – Noite
2. EEB Ildefonso Linhares (Carianos) – Noite
3. EBM Tapera-Escola do Futuro (Tapera) – Noite
4. EBM Batista Pereira (Ribeirão da Ilha) – Noite
5. EBM José Amaro Cordeiro (Morro das Pedras) – Noite