Marido faz família refém e só se entrega com intervenção do Bope

Em ocorrência no Norte da Ilha a polícia foi chamada para atender desentendimento de casal e marido se trancou no imóvel com mulher e filha ameaçando tirar a própria vida

0
2138

Um homem de aproximadamente 50 anos, que não teve a identificação revelada pelas autoridades policiais, com uma faca, fez a família refém por algumas horas na tarde desta terça-feira (22), no Norte da Ilha. O caso somente teve desfecho positivo com o resgate da família em segurança e sua prisão após intervenção de policiais especialistas em negociação do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

A ocorrência iniciou por volta das 13 horas após uma briga de família na Servidão Antônio manuel Nunes, que liga a João Gualberto ao Travessão, no bairro Rio Vermelho. Segundo a polícia, alterado o homem manteve a esposa de 36 anos e sua filha de cinco anos como reféns, momento em que também ameaçava tirar a própria vida.

Inicialmente uma guarnição do 21º Batalhão da Polícia Militar foi aciona para para atendimento de ocorrência de Lesão Corporal Leve – Dolosa e Ameaça. No local, os policiais conversaram com a vítima (mulher) que relatou um desentendimento com seu companheiro. De acordo com a polícia, a vítima apresentou uma lesão no braço e também foi ameaçada.

O homem se apresentou para os policiais muito alterado, momento em que foi dado voz de prisão pelo crime de violência doméstica e ameaça. Porém, ele conseguiu correr e se trancou no andar de cima da sua residência. Em seguida iniciou um foco de fogo dentro da própria casa, porém, a guarnição PM conseguiu reverter a situação, com o fogo sendo apagado, após falar com o homem.

Ainda alterado o mesmo começou a ameaçar tirar a própria vida fazendo-se necessário solicitar o apoio do Bope que é especializado em ocorrências complexas e que envolvem negociações e também apoio dos bombeiros.

Ao chegar no local, a guarnição do Bope/Cobra assumiu a ocorrência e adotou as medidas de gerenciamento de crise conforme o protocolo. Em pouco tempo conseguiu reverter a situação, fazendo com que o homem se entregasse sem nenhum dano à própria vida. O homem foi preso e a mulher deve ser submetida a um exame de corpo de delito, para verificar possíveis ferimentos provocados pelo homem.