Prefeitura faz operação contra poluição sonora na região continental de Florianópolis

Durante a ação, foram emitidos sete autos de infração e uma multa por desacato

0
717

Em operação conjunta de combate à poluição sonora na capital, as equipes da Floram e da Guarda Municipal de Florianópolis fiscalizaram estabelecimentos dos bairros Estreito e Coqueiros na noite desta sexta-feira (16). Durante a ação, foram emitidos sete autos de infração e uma multa por desacato.

Esta é mais uma etapa da operação criada para diminuir os índices de poluição sonora em bares, restaurantes e casas noturnas da Capital. Apesar da maioria dos locais estarem reproduzindo música sem ultrapassar o limite de som, as notificações foram aplicadas porque os estabelecimentos não possuíam certidão de tratamento acústico, que é uma exigência legal.

Os estabelecimentos notificados receberam orientação técnica e guias para que regularizem suas situações. Multas serão aplicadas apenas em caso de reincidência da irregularidade, como explica o chefe do Departamento de Controle de Emissões Sonoras, Dario Souza da Silva, “Essas ações de conscientização têm o objetivo de alertar e regularizar os locais, evitando uma possível multa. Já é possível perceber que as operações começaram a surtir efeito.”

A população pode continuar contribuindo com a fiscalização, denunciando por meio dos canais oficiais. Pode ser via e-mail do setor responsável: ouvidoria.floram@pmf.sc.gov.br ou pelo link http://bit.ly/denunciapoluicaosonora, onde constam as orientações e formulário.