CPDI doa oito computadores para Secretaria do Meio Ambiente

Comitê já ajudou 20 mil pessoas com equipamentos e capacitação em uma década. Os computadores serão usados no Centro de Valorização de Resíduos (CVR), no Itacorubi

0
300
Na frente Heitor Blum S. Thiago (fundador e diretor executivo do CPDI) e Fábio Braga. Da esquerda para a direita Mark Rae, Weee.do, Lucas Arruda, superintendente de Saneamento, André Xavier Alves, presidente do CPDI, e Ulisses Bianchini, superintendente de Gestão de Resíduos da SMMA

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente recebeu na manhã desta sexta-feira (13), oito computadores para reuso do Comitê para Democratização da Informática. A CPDI recebe em média 100 toneladas de resíduos eletroeletrônicos por ano e já atendeu com equipamentos e capacitação 20 mil pessoas em Florianópolis.

Além da capacitação de pessoas em situação de vulnerabilidade, o CPDI doa equipamentos recuperados para organizações da sociedade civil. Para que possam desenvolver projetos e processos administrativos. “O CPDI trabalha para transformar vidas através da tecnologia”, aponta Heitor Blum S. Thiago que é fundador e diretor executivo do CPDI. Os computadores serão usados no Centro de Valorização de Resíduos (CVR), no Itacorubi.

De acordo com o secretário municipal do Meio Ambiente, Fábio Braga, a parceria entre a Prefeitura de Florianópolis, CPDI e Weee.do, empresa especializada em manufatura reversa de equipamentos de informática e outros produtos eletroeletrônicos, é longa em duração e alcance. “É um prazer ver o ciclo se fechando. Começa com a entrega de computadores pelo cidadão nos Ecopontos, a recuperação e a entrega para reuso. Aqui recebemos oito equipamentos, mas na cidade já são milhares, tornando o CPDI grande incentivador da informatização e do acesso à informação em Florianópolis”, valorizou Fábio Braga.

CPDI, Weee.do (antes Compuciclado) e Comcap mantém parceria para logística reversa de eletroeletrônicos desde 2010. Recentemente, a Prefeitura de Florianópolis assinou convênio para logística reversa de eletroeletrônicos e eletrodomésticos com a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (Abree).

O termo de doação foi assinado pelo secretário Fábio Braga e o presidente da CPDI, André Xavier Alves.