Prefeitura de São José apresenta plano de metas para Segurança Municipal

Além das iniciativas indicadas para a área, foram apresentados dados que registram uma queda na criminalidade em São José, no primeiro trimestre de 2021.

0
495
Foto: Divulgação Secom/PMSJ

Representando a Prefeitura de São José, o secretário de Segurança e Defesa Social e Trânsito, Vânio Dalmarco, se reuniu com agentes da Guarda Municipal de São José, Polícia Militar, integrantes do Gabinete de Gestão Integrada do Município e representantes da
Aemflo/CDL para apresentar o plano de metas do governo para a área.

Inicialmente, o secretário apontou dados que mostram uma redução na criminalidade no município. No primeiro trimestre de 2021, houve uma queda de 42% nos homicídios, em comparação com o mesmo período do ano passado. Já o crime de furto, teve uma queda de 9%, e o de roubo, uma diminuição de 38%, ambos, também comparados ao primeiro trimestre de 2020. Na apresentação, o secretário também apresentou informações sobre o crime de latrocínio, que teve apenas uma ocorrência desde o início de 2020. O grande marco foi o crime de feminicídio, que não tem nenhum caso registrado por três semestres
consecutivos.

Após a apresentação dos dados estatísticos, foi apresentado o Plano de Metas do governo para a Segurança Pública Municipal, que tem como indicador reduzir ainda mais os números de crimes cometidos em São José, com base nos índices oficiais do Governo do Estado (SISP), da Secretaria de Segurança Pública (Polícia Civil) e do BI (business
inteligence), ferramenta utilizada pela Polícia Militar e pela Secretaria de Assistência Social do Município.

Entre as iniciativas dentro do Plano de Governo para a Segurança, destacam-se a ampliação da cobertura do videomonitoramento, atendendo todas as regiões de São José, o que inclui a implantação de monitoramento dos espaços públicos como, por exemplo, edificações, praças, parques e áreas verdes. A ampliação dos pontos de videomonitoramento estima aumentar o número de câmeras com inteligência que permita realizar reconhecimento facial, e leitura de placas de veículos.

A implantação de totens (sistema de segurança digital) em todas as praças públicas revitalizadas também é uma meta do Plano de Governo. Dalmarco contou na reunião que os equipamentos já estão em processo de produção.

A criação da Guarda Comunitária também é uma diretriz da Segurança Pública. A ideia é criar um mecanismo de interação entre as forças de Segurança Pública e a sociedade civil organizada, possibilitando uma melhor troca de informações sobre problemas locais, facilitando as ações de soluções, de forma regionalizada, de acordo com a capacidade de cada comunidade.

Além da área da Segurança Pública, o secretário também apresentou as metas para a mobilidade urbana que visam garantir uma melhor fluidez no trânsito e diminuir o número de acidentes de trânsito. Também foram apresentados os planos para a Procon com objetivo de aumentar o número de atendimentos e de fiscalização no município. Somente neste ano, o órgão já realizou mais de 2.500 atendimentos e realizou 95 operações, até o dia 4 de agosto. Para a Defesa Civil, as iniciativas são para prevenção de desastres naturais, e minimização de suas consequências.