Terapia com antirretroviral pode fazer com que pessoas que vivem com HIV não transmitam (a infecção)

O tratamento diminui a gravidade das complicações da doença, os riscos de transmissão e aumenta a qualidade de vida dos pacientes

0
645

O Sistema Único de Saúde (SUS) de Florianópolis oferece a terapia antirretroviral (TARV), um tratamento gratuito para pessoas que vivem com HIV. O tratamento diminui a gravidade das complicações da doença, os riscos de transmissão e aumenta a qualidade de vida dos pacientes.

A carga viral diminui consideravelmente com o tratamento, a ponto de tornar-se indetectável no organismo. É improvável que pessoas com a carga viral indetectável por mais de seis meses transmitam a doença em relações sexuais sem preservativos, ou seja, se é indetectável, é intransmissível. A medida reforça a importância da continuidade do tratamento contra o vírus. Saiba mais em: http://www.aids.gov.br/indetectavel/

O uso de preservativos continua sendo essencial para prevenir o contágio de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis, já que a TARV não impossibilita o contágio dessas doenças. Em casos de mães com HIV, o vírus pode ser transmitido durante a amamentação, independentemente do nível da carga viral.

Onde fazer testes para a doença em Florianópolis

No município é possível fazer testes para todas as Infecções Sexualmente Transmissíveis na rede de saúde municipal. Há ainda a possibilidade de solicitar um autoteste totalmente gratuito, entregue pelos Correios por meio do site: https://www.ahoraeagora.org/.

Atendimento

Nas quatro Polínicas do município estão os Centros de Testagem de Resposta Rápida. Nos locais, os enfermeiros e infectologistas oferecem testes rápidos e inicio imediato do tratamento.

Entre em contato com o WhatsApp da equipe dos Centros de Testagem de Resposta Rápida:

– Centro (48) 99121-5517 ou 99187-5566
– Continente (48) 99959-3242
– Sul (48) 99603-4203
– Norte (48) 98849-4499 ou 98868-1257.