Floripa Tap abre venda limitada de ingressos para a Noite de Gala no CIC

Com convidados nacionais e internacionais, a noite reúne apresentações de música ao vivo, sapateado e outras modalidades de dança. O evento será híbrido, com opção de ingresso presencial e virtual

0
751

A tradicional Noite de Gala do Festival Internacional de Sapateado – Floripa Tap, que acontece no dia 30 de outubro, às 20:30h, reúne no palco do Centro Integrado de Cultura (CIC) artistas internacionais e nacionais que participam do evento, além de músicos embalando a trilha sonora ao vivo e dez trabalhos coreógrafos selecionados por uma criteriosa curadoria do próprio festival. “São 1h40min de espetáculo, com os musicistas Luiz Gustavo Zago, Rodrigo Paiva e Tiê Pereira, comandando a trilha sonora ao vivo”, destaca Marina Coura, idealizadora do Festival.

Esta edição comemorativa aos 10 anos do Floripa Tap traz para Santa Catarina alguns dos principais nomes do sapateado mundial e brasileiro em cena, entre eles Maud Arnold, que já foi dublê de dança de Beyoncé, Daniel Borak, do Stylize, Star Dixon, da MADD Rhythms, além dos (as) brasileiros (as) Patrícia Taranto, Fernando Flesch, Bia Mattar, Stella Antunes, Nelson Moura, Christiane Matallo, Valéria Pinheiro, Marina Coura e Ana Gori. “Comemoraremos os 10 anos com muita emoção e com protocolos inerentes ao momento”, fala Marina, que é uma das referências brasileiras no tap.   

Integram ainda os 13 professores (as), convidados (as) do evento, Diego Tavares, com foco em dança de salão e danças urbanas; Daniela Alves do ballet clássico e dança contemporânea; Vivian Shimizu da dança urbana e sapateado; André FM com percussão e ritmos e Leandro Fortes com jazz. Todos eles darão oficinas para estudantes e profissionais de sapateado, no Sesc Cacupé, além de se apresentarem na Noite de Gala e em uma programação realizada no Boulevard 14/32 do Floripa Airport, com quatro dias de shows e performances artísticas, incluindo a dança, a música e a cenografia. 

A 10ª edição do Festival Internacional de Sapateado acontece de 29 de outubro a 02 de novembro, com apresentações gratuitas no Floripa Airport, oficinas no Sesc Cacupé e a tradicional Noite de Gala no Centro Integrado de Cultura (CIC). Com produção da Garagem da Dança, este projeto é realizado com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através do Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio das empresas SC Gás e Clemar Engenharia, e realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura/Artes – edição 2019.

Serviço:

O quê: Noite de Gala do Festival Internacional de Sapateado – Floripa Tap – com performances solos e em grupos, incluindo artistas internacionais e nacionais convidados. Trilha sonora ao vivo com Luiz Gustavo Zago, Tiê Pereira e Rodrigo Paiva

Quando e Onde: 30/10/21, às 20:30h, no CIC – Centro Integrado de Cultura – Florianópolis (SC)

Valores Ingresso Presencial: 

Meia entrada (estudante, idoso, doador de sangue e professor): R$ 30,00 

Inteira: R$ 60,00

Valores Ingresso Virtual: R$ 30,00 

Onde comprar: 

Modalidade de ingresso presencial – Pela Blueticket –  https://site.blueticket.com.br/evento/28015

Modalidade de ingresso virtual – Pelo Sympla – https://www.sympla.com.br/online-noite-de-gala-floripa-tap-edicao-10-anos__1375613

Floripa Tap, maior festival de sapateado da América do Sul, terá sequência de apresentações gratuitas no Floripa Airport  

Novidade para este segundo semestre, o tradicional Floripa Tap – Festival Internacional de Sapateado terá apresentações 100% gratuitas em um palco montado no Boulevard 14/32 do Floripa Airport. Serão quatro dias de shows e performances artísticas, incluindo a dança, a música e a cenografia, somando mais de 12 horas de programação com entrada franca. 

A iniciativa faz parte da comemoração dos 10 anos do evento, que acontecerá de 29/10 a 02/11, com apresentações no Floripa Airport, programação técnica e de oficinas no Sesc Cacupé. Além disso, a Noite de Gala, com convidados nacionais e internacionais, acontecerá no dia 30/10 (sábado), às 20:30h, no CIC, com venda de ingressos incluindo o formato on-line. “A história do Floripa Tap é inspiradora e atua diretamente na promoção da cultura, em especial da dança e do sapateado, no Brasil. Nesta década de evento conseguimos nos tornar referência internacional e muitos dos melhores sapateadores do mundo passaram por nosso palco. Com maturidade, conseguimos unir um projeto de entretenimento, de conhecimento técnico, educação, fomento e de oportunidades para os participantes. A parte do evento que irá acontecer no Floripa Airport será integralmente gratuita, acessível e festiva. Queremos promover momentos inesquecíveis para o público e para os participantes do Floripa Tap 2021”, fala Marina Coura, diretora do festival.

abertura do Palco Aberto no Boulevard 14/32 do Floripa Airport, no dia 29/10, às 19h, será especial, com o diretor musical, pianista Luiz Gustavo Zago, que já desenvolveu arranjos musicais e colaborações com artistas como Lenine, Toquinho, Zeca Baleiro e Paulinho Moska. Comandando o “som”, ele recebe no palco para sapatear o grande nome da nova geração do sapateado, o suíço Daniel Borak, uma das dançarinas originais da mundialmente renomada companhia de Tap Dance Rhythms, a estadunidense Star Dixon, além de uma das maiores sapateadoras brasileiras da atualidade, Marina Coura, e outros convidados. 

Ainda no dia 29/10, ainda terá o Espetáculo “Sem Limite”, da Cia Jovens de Coração – Tap da Longevidade, composto por sapateadores de até 81 anos, de São Paulo. E a Mostra Fomento de Incentivo à Criação, uma novidade neste ano, com a participação de três projetos que foram selecionados via edital, com a curadoria do Floripa Tap – O carioca “Trash”, da Cia Motirô, o paulista/mineiro “Tap – a História, da Black’s on Tap”, e o paulista “Entre Elas”, da Sonart. Eles levarão para o tablado debates sociais importantes como racismo e a cultura negra, empoderamento feminino e sustentabilidade. “Fico muito feliz com a inclusão deste momento no Floripa Tap, que serve para fomentar o desenvolvimento de pesquisas mais profundas para a criação de espetáculos profissionais”, fala Marina Coura, diretora do Festival Internacional de Sapateado. “Estas apresentações serão reduzidas, com 30 minutos cada, uma na sequência da outra, para que o público possa desfrutar da beleza de espetáculos tão consistentes em termos de conteúdo”, informa.

A música e a dança serão as atrações do dia 31/10, a partir das 19h, uma sequência maravilhosa de apresentações no palco do Floripa Airport. Leandro Fortes Jazz Trio – grande referência do jazz catarinense, comanda a primeira apresentação, seguida de um show com a cantora Ana Rosa e Chico Martins, integrante do Dazaranha (19:30h), um duelo  de sapateadores e uma Jam Session com Leandro Fortes e Trio. No dia 31/10, às 12:30h,terá uma Jam Session no Espaço Floripa Tap do Hotel SESC Cacupé, com entrada gratuita.

No dia 01/11, às 19:30h, no Floripa Airport, terá a exibição seguida de debate do Documentário: “Corpo:Substantivo Coletivo”, por Sofia Dietmann, além da Mostra de Dança Comentada, com grupos de diversos lugares do Brasil (20:30h).

espetáculo “Se não agora, quando?”, da Cia. Trupe Toe, que também tem a direção de Marina Coura, abre a noite do dia 02/11, às 18h. Ele enfatiza a busca pela equidade de gêneros, etnias e raças, trazendo à tona a discussão sobre justiça social. 

Após, terão apresentações de repertórios (19:30h) e o grande encerramento acontece com um show de samba da Juliana D Passos e Banda, às 20h. Além de ser uma das principais artistas das rodas de samba de raíz de Florianópolis entoando clássicos de Dona Ivone Lara, Martinho da Vila, Clara Nunes e Clementina de Jesus, a cantora paulista desenvolveu um lindo trabalho de exaltação e celebração da cultura e musicalidade de terreiro, com a finalidade combater a intolerância religiosa e promover o respeito e autoestima da negritude.

Passam pelo palco do Floripa Tap grandes referências do sapateado mundial: tap dancers como Maud Arnold, embaixadora do Floripa Tap, Star Dixon, e o suíço Daniel Borak, além dos brasileiros Patrícia Taranto, Fernando Flesch, Bia Mattar, Stella Antunes, Nelson Moura, Christiane Matallo, Valéria Pinheiro, Marina Coura e Ana Gori.

Entre os 13 professores e professoras, convidados (as) do evento, estão ainda Diego Tavares, com foco em dança de salão e danças urbanas; Daniela Alves do ballet clássico e dança contemporânea; Vivian Shimizu da dança urbana e sapateado; André FM com percussão e ritmos e Leandro Fortes com jazz. Todos eles darão oficinas para estudantes e profissionais de sapateado, no Sesc Cacupé, além de se apresentarem na Noite de Gala e em uma programação realizada no Boulevard 14/32 do Floripa Airport, com quatro dias de shows e performances artísticas, incluindo a dança, a música e a cenografia. 

A 10ª edição do Festival Internacional de Sapateado acontece de 29 de outubro a 02 de novembro, com apresentações gratuitas no Floripa Airport, oficinas no Sesc Cacupé e a tradicional Noite de Gala no Centro Integrado de Cultura (CIC). Com produção da Garagem da Dança, este projeto é realizado com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através do Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio das empresas SC Gás e Clemar Engenharia, e realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura/Artes – edição 2019.