Polícia investiga assassinato de motorista de aplicativo

Patrick Costa, 22 anos, despareceu quarta-feira (6) e seu corpo foi encontrado enterrado em dunas no Rio Vermelho neste domingo (10)

0
1735

A Delegacia de Homicídios está debruçada na investigação para elucidar o assassinato do motorista de aplicativos, Patrick Costa, 22 anos. Ele foi morto a facadas na madrugada de quarta-feira (6) e seu corpo foi encontrado neste domingo (10) enterrado em dunas no Rio Vermelho, bairro do Norte da Ilha de Santa Catarina.

A principal linha de investigação do delegado Ênio De Oliveira Mattos, aponta que pode haver mais de uma pessoa envolvida no crime. A motivação do crime ainda não está clara para a polícia. O carro da vítima foi abandonada pelo suspeito (os) no mesmo bairro onde praticaram o assassinato. De acordo com a polícia, o veículo estava vazio e com visíveis danos na lateral. O último contato que Costa fez com a família foi um telefonema para a mãe, por volta da 1 hora de quarta (6).

O corpo do motorista de aplicativos foi encontrado nas dunas no Rio Vermelho neste domingo, às 18h30min na região da Servidão Caminho do Arvoredo. A localização do corpo foi feita por agentes da Guarda Municipal de Florianópolis, em apoio à Polícia Civil e Polícia Militar, do 21º BPM.

Patrick Costa

De acordo com o Instituto Geral de Perícias (IGP) o corpo da vítima, que não tinha passagens policiais, estava enterrado na duna com várias perfurações no pescoço, provenientes de objeto perfuro-cortante, provavelmente uma faca. A arma do crime não foi localizada ainda.

O IGP ficará responsável pela perícia da vítima, enquanto a Polícia Judiciária continua nas investigações, para determinar a motivação do crime e a identificação e prisão dos possíveis autores.