Café do Mercado amplia exportações durante a pandemia

Em 2021, a empresa registrou um crescimento de mais de 400% em exportações de café torrado, em comparação com o ano anterior, para Portugal, Chile e, principalmente, Uruguai.

0
375
Foto: Divulgação

Presente em seis redes de supermercados e em cafeterias das principais cidades de Santa Catarina, a Café do Mercado, líder no food service no Estado, ampliou sua atuação fora do país em meio à pandemia. Em 2021, a empresa registrou um crescimento de mais de 400% em exportações de café torrado, em comparação com o ano anterior, para
Portugal, Chile e, principalmente, Uruguai.

De acordo com o diretor comercial da empresa, Felipe Althaus, a exportação de café torrado é um enorme desafio. “Só marcas muito fortes e com algum apelo importante conseguem entrar no mercado internacional. No nosso caso, temos dois diferenciais. O food service, que atende cafeterias, padarias e restaurantes, é nosso know how, pois estamos nesse segmento há quase 25 anos. Já no varejo, nosso principal objetivo é vender o Brasil como um todo, através de suas regiões produtoras. Estamos exportando para vender o Brasil e suas origens, e não simplesmente café”, destaca o diretor.

Empresa gaúcha que atua desde 2005 em Santa Catarina, a Café do Mercado atende, principalmente, cafeterias e também apresenta um bom crescimento no varejo, com a linha de cafés especiais de origem. Somente em Florianópolis, são oito estabelecimentos que oferecem a marca em suas cartas. Além disso, a Café do Mercado ainda realiza cursos de barista com a certificação Specialty Coffee Association (SCA).