PM registra três assassinatos em Palhoça no final de semana

Três homens foram mortos em crimes diferentes cometidos no sábado, domingo e esta madrugada de segunda (15); entre eles um Agente Penal Temporário morto a tiros em uma casa noturna

0
1044

Três pessoas perderam a vida em assassinatos registrados pela Polícia Militar no município de Palhoça, na Grande Florianópolis, neste final de semana. Inquérito policiais foram abertos pela Polícia Civil para investigar autoria e motivação dos crimes.

O mais recente ocorreu às 4 horas desta madrugada de segunda-feira (15) na avenida São Lucas, bairro Bela Vista. De acordo com o 16º Batalhão da Polícia Militar, um agente penal temporário foi assassinado.

Após um desentendimento em uma casa noturna, o autor do crime, um homem de 28 anos (com passagens policiais por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, ameaça, furto e receptação) sacou uma arma de fogo e desferiu diversos disparos no Agente Penal Temporário de 35 anos (sem passagem policial) que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na ação o suspeito também foi atingido com um disparo na região da coxa. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital em estado estável.

Morto em casa

O 16º BPM também atendeu outro homicídio ocorrido no domingo (14), às 12h, na Rua Aderbal Ramos da Silva, bairro Morretes. Naquele local, um homem de 59 anos (com passagens policiais por dirigir sob efeito de álcool e/ou drogas) foi encontrado sem vida caída no chão da cozinha de sua residência, com grande sangramento na região da cabeça.

A vítima dividia o imóvel com outro indivíduo com 43 anos (com passagens policiais por lesão corporal, ameaça, desobediência, desacato, resistência, fuga de pessoa presa, furto e tráfico de drogas). Ele foi visualizado transitando pela Rua Aderbal Ramos da Silva no sentido BR-101. Em posse desta informação, a guarnição efetuou a abordagem do suspeito cerca de 1 km do local dos fatos, verificando que sua calça e tênis apresentavam vestígios de sangue.

Durante revista pessoal, foi localizado em sua posse um molho de chaves, que posteriormente foi identificada como sendo da propriedade da vítima. Questionado sobre o crime, o homem apresentou várias versões, não sendo possível fazer o relato do mesmo de forma clara.

Diante do exposto, havendo a suspeita de autoria por parte do abordado, este foi conduzido à delegacia de Polícia Civil. No local do crime, estiveram presentes a Polícia Civil e o IGP, os quais assumiram a cena do crime.

Encontrado com sinais de espancamento

O terceiro homicídio foi registrado no sábado (13) às 10h50, na Estrada Geral Morro do Gato, bairro São Sebastião. Um homem de 55 anos (passagens policiais por difamação e ameaça) foi encontrado em via pública com diversas marcas de violência pelo corpo. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital em estado gravíssimo. No Hospital a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Autoria e motivação são desconhecidas até o momento.