LawQuest inova com projeto inédito focado em adequação à LGPD

Startup sulista torna possível criar e controlar a cultura em proteção de dados corporativa

0
651
A lawtech permite a visualização do desempenho dos colaboradores

A primeira startup a oferecer os serviços de compliance voltados à cultura de governança de proteção de dados no Brasil, a LawQuest Tecnologia Jurídica surgiu com o objetivo de transformar o mundo digital em um ambiente mais prático e seguro para as empresas. A lawtech localizada em Florianópolis traz soluções ideais aos projetos de adequação e compliance por meio de um sistema completo para treinamento e onboarding baseado na Lei de Proteção de Dados (LGPD). É possível também às corporações se aprofundarem para buscar um destaque no ramo da segurança digital.

Como solução para as empresas, através de sua plataforma, a lawtech permite a visualização do desempenho dos colaboradores. É possível ainda acompanhar a evolução do conhecimento dos associados de forma individual ou geral. Desse modo, é permissível prestar contas em caso de fiscalização. A equipe responsável pelo trabalho terá a oportunidade de mapear as áreas da empresa para que o interessado possa promover uma ação mais efetiva e assim facilitar a parte da adequação e da governança, trazendo soluções a um dos maiores riscos: às pessoas. A ideia é que a empresa possa comprovar quais medidas foram aplicadas aos colaboradores e qual é o resultado obtido dessas deliberações, por meio de provas como certificação de treinamento realizado, relatório de desempenho, entre outros indícios.

Através de um chatbot inteligente focado em proteção de dados e capaz de responder mais de 2 mil dúvidas que as empresas possuam, a startup torna o atendimento jurídico mais prático e acessível. Chamado de Lawbot, a ferramenta também funciona como ponte entre a corporação e o suporte humano, em caso de perguntas mais complexas. Ainda existe a possibilidade da criação de tickets de suporte automáticos, isso é, a solicitação será encaminhada à assistência humanizada já com uma breve descrição e a organização das demandas. O objetivo é fazer com que as duas partes trabalhem juntas para facilitar o trabalho de forma geral e democratizar o acesso às informações jurídicas, de modo seguro e cada vez mais completo.

Jovem começou a empreender desde cedo

Fundada em agosto de 2020, com uma equipe de duas pessoas, a empresa já possui um quadro de funcionários composto por 16 colaboradores. CEO e Fundador da LawQuest Tecnologia Jurídica, José Castellian também é Co-fundador do Floripa Legal Hackers. Estudante de Direito na Universidade do Vale do Itajaí, José é Designer, mentor de startups early stage e co-organizador do LawCamp. Sócio e co-fundador da LawQuest junto a José, Mathias Osmar trabalha como desenvolver full stack e possui mais de oito anos de experiência na área. Atuou em grandes empresas e hoje é CTO na Lawtech. Os amigos se conheceram depois de um ciclone bomba, ocorrido em Santa Catarina no ano de 2019. Após um período em que José alugava um apartamento na casa da mãe de Mathias, surgiu a ideia inovadora e os dois embarcaram no empreendimento que está em constante crescimento no mercado.

Com 20 anos de idade, José Castellian é um jovem empreendedor com a missão de inovar o universo jurídico. Empreendendo desde os 11 anos, ele se diz apaixonado pelas áreas de Direito e Tecnologia. Fundador e CEO da lawtech LawQuest, José surge no mercado com a confiança e a bravura de quem deseja revolucionar a área de tecnologia jurídica no país: “Fundei e pivotei a Legalium. Organizei o LawCamp, a primeira competição nacional sobre proteção de dados”, afirma o Mentor de startups Early Stage, designer e criativo.