Doações incentivadas: saiba como receber seu dinheiro de volta na declaração do IR

Deduções permitidas por lei via imposto de renda podem ajudar organizações como o Instituto Guga Kuerten.

0
258

Que tal usar uma das suas principais obrigações anuais para fazer o bem? Você sabia que até 6% de seu IR devido pode ser doado para projetos sociais que permitem dedução em sua declaração anual de imposto de renda?

Com uma carga tributária extremamente alta, inclusive para pessoas físicas, muitos contribuintes brasileiros não sabem, ou não lembram, que podem destinar parte do imposto de renda para projetos sociais. E esta opção está disponível no próprio programa da declaração anual, que permite a doação de até 6% do imposto devido ou da restituição. Ou seja, qualquer pessoa ou empresa pode repassar, diretamente na declaração, recursos para fundos controlados por conselhos municipais, estaduais e nacionais.

Em Santa Catarina, uma organização que conta, e muito, com esse tipo de doação é o Instituto Guga Kuerten, que desenvolve projetos aprovados pela Lei de Incentivo ao Esporte e a Lei Rouanet. Com mais de 20 anos de uma história dedicada à promoção de oportunidades de transformação social, o IGK ao longo deste período já bateu a marca
de mais de 97 mil atendimentos, sendo que deste total 13 mil eram crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

“Esse percentual que você pode optar em doar para as instituições sociais colabora no desenvolvimento e manutenção de vários projetos tão fundamentais para a sociedade. Faça a sua parte e nos ajude a gerar cada vez mais oportunidades para crianças e adolescentes do nosso Estado”, convida Alice Kuerten, presidente do IGK.

O Instituto surgiu a partir de uma paixão de Alice, mãe de um dos maiores tenista do mundo, Gustavo Kuerten, e desde então luta em defesa da inclusão de pessoas com deficiência e da utilização do esporte como ferramenta educacional. Causas que são assistidas pelos programas sociais do Instituto: Campeões da Vida, Ações Especiais e Fundo de Apoio a Projetos Sociais (FAPS), sendo que só nesta última modalidade
já foram desenvolvidos 515 projetos em 187 municípios.

Programas Sociais

Campeões da Vida

O IGK oferece oportunidades educacionais, sociais e esportivas voltadas para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, econômica e educacional, desde 2002. Com foco na inclusão social e na formação dos educandos, durante todo o ano as atividades são realizadas no contraturno escolar,
em que os educadores desenvolvem dinâmicas como: oficinas de tênis e esportes complementares. E para preparar a equipe que atende a este público, o Instituto realiza encontros anuais de capacitação, que marca o reinício das atividades.

Fundo de Apoio a Projetos Sociais

Apoia, financeiro e tecnicamente, projetos de organizações sociais de Santa Catarina e já alcançou cerca de 190 municípios. A cada ano são abertas inscrições para uma determinada região do Estado, previamente estabelecida, possibilitando que todas as organizações do entorno inscrevam seus projetos.

Programa de Ações especiais

Desenvolve e participa de ações políticas de promoção e defesa dos direitos do cidadão. O Prêmio IGK, o curso de capacitação para cuidadores terapêuticos e a colônia de férias “Voo livre” são os exemplos.