Procon da Capital interdita bomba de etanol em posto por apresentar aumento abusivo do preço

Desde o último sábado (08), o posto passou a vender etanol a um real mais caro que o preço normal, cobrando R$6.29 o litro

0
386

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Defesa do Cidadão e do Procon Municipal, interditou nesta terça-feira (11), uma bomba de etanol em um posto de combustível no bairro Capoeiras. Desde o último sábado (08), o posto passou a vender etanol a um real mais caro que o preço normal, cobrando R$6.29 o litro.

“A ação de fiscalização e interdição foi feita por conta de denúncias de consumidores, uma vez que perceberam que o aumento estava destoando muito dos valores do etanol vendido por postos de combustíveis da região. Dessa forma, interditamos a bomba que estava vendendo álcool para que nenhum consumidor fosse lesado”, ressalta Rodrigo Cássio, secretário-adjunto da Secretaria de Defesa do Cidadão.

Ao perceber um aumento significativo no preço de qualquer combustível, é importante que o consumidor denuncie, para que o Procon possa fiscalizar e identificar se há um aumento injustificado do preço e tomar as medidas cabíveis.

Denúncias e reclamações sobre cobrança ou aumento abusivo podem ser feitas diretamente pelo site https://www.pmf.sc.gov.br/sistemas/procon/ ou e-mail fiscalizacao.procon@pmf.sc.gov.br ou no telefone (48) 3131 – 5320.