São José comemora segundo lugar no mapa de empregos formais do país

Foram criados 4.695 postos de trabalho para cada 100 mil habitantes, segundo dados do Caged; setor de serviços puxou desempenho.

0
292
Foto: Divulgação Secom/PMSJ

São José foi o segundo município do país que mais gerou vagas de emprego em 2021, considerando o tamanho da população. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o município criou 4.695 postos de trabalho para cada 100 mil habitantes. A cidade também ocupa a terceira posição em Santa Catarina e a 31ª em números absolutos no Brasil.

Um dos responsáveis pelo avanço dos números de empregos em São José foi o setor de Serviços. Ao todo foram 8.259 vagas ocupadas para área. Na sequência, o Caged aponta a Indústria, o Comércio e a Agropecuária como agentes que auxiliaram na fomentação de emprego na região.

“Este resultado é fruto dos esforços dos empresários da cidade, que encontram em São José um município que tem muito a oferecer para quem busca novas oportunidades. É com essa união que São José se destaca a nível nacional por número de habitantes. E a Prefeitura também vem criando ações que incentivam os novos empreendedores”, pontua o
prefeito Orvino Coelho de Ávila.

No Brasil, foram criados 2,7 milhões de empregos com carteira assinada a mais que no ano de 2020.

OPORTUNIDADES

Para contribuir com o crescimento de novas oportunidades de trabalho, a Prefeitura de São José desenvolveu uma série de medidas, que buscam fortalecer o mercado e transformar a vida da população josefense.

O programa Avança São José, que vem sendo executado desde 2021, é um aliado para que as  empresas tenham colaboradores qualificados. Sob o dever de desenvolver medidas que fortaleçam os negócios em São José para combater os efeitos da pandemia de Covid-19, o Prefeito Orvino Coelho de Ávila e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Marcelo Fett, criaram o programa.

“Entendemos que o poder público deve ser um dos principais atores para a retomada econômica e a superação dos reflexos da pandemia. Por isso, o prefeito Orvino solicitou que fosse desenvolvido esse programa com o intuito de aproximar as empresas de São José e auxiliar na qualificação técnica da população em longo prazo”, explica o secretário Marcelo Fett.

Ainda, em parceria com o Sebrae/SC e Impact Hub, a Prefeitura de São José por meio do Programa Salto Aceleradora, veio para fomentar o empreendedorismo, por meio da capacitação de microempreendedores individuais.

Outra medida do governo municipal foi o início do Movimento Geração do Futuro. A primeira atividade envolveu a empresa  Junior Achievement, que promoveu aulas de capacitação especial para os alunos de quatro polos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do município. A previsão é atender mais de mil crianças e jovens em 2022 e mais cerca de 5 mil alunos participantes em 4 anos.

Na área da educação profissionalizante, a Prefeitura de São José firmou parceria com a Associação Instituto. Por meio da Plataforma PROA, são ofertados cursos totalmente gratuitos e on-line para preparar jovens de escola pública para o mercado de trabalho. As inscrições para as próximas turmas estão abertas e terminam em 8 de março. As
orientações estão aqui [1].