Policial militar é morto no bairro Ingleses, em Florianópolis

Ocorrência aconteceu às 19 horas desta sexta-feira (11); policial do Tático foi atingido por disparo de fuzil na cabeça

0
925
Policia realiza rondas na região

O policial militar Luiz Fernando de Oliveira, 35 anos, do Policiamento Tático junto ao 21º BPM (Batalhão da Polícia Militar), foi baleado e morreu em ocorrência às 19 horas da noite desta sexta-feira (11), na Servidão Ayrton Senna, no bairro Ingleses, Norte da Ilha.

A guarnição estava atendendo uma ocorrência de denuncia na região e o policial foi realizar uma varredura em uma residência onde segundo o informante, teria alguém armado. Neste momento ele recebeu disparos de fuzil e foi atingido na cabeça. O policial foi socorrido e encaminhado para a UPA Norte (Unidade de Pronto Atendimento), mas não sobreviveu.

Várias guarnições das policiais Militar e Rodoviária estão em rondas para prender os bandidos. O responsável pelo disparo já foi identificado pela polícia. Ele é natural do Paraná, com passagem pela polícia, foi preso e estava em liberdade provisória. Até o fechamento desta matéria não havia informações sobre prisões. Tiroteios foram registrados em vários pontos da região. Ocorrência em andamento.

Imagem/arte Floripa Mil Grau

O PM, que é natural de Florianópolis e morador do bairro Ponta das Canas. A ocorrência em que ele atuava tem ligação com tráfico de drogas na região, que é reduto de organização criminosa.

VEJA MAIS NA NOTA OFICIAL DA PM ABAIXO:

Polícia Militar informa falecimento de policial do 21º BPM

É com imenso pesar que a PMSC informa o falecimento do Soldado Luiz Fernando de Oliveira, 35 anos, do 21º Batalhão de Polícia Militar, Florianópolis. O militar faleceu em serviço na tarde desta sexta-feira, 11, em atendimento de ocorrência policial.

A denúncia informava um suspeito armado com um fuzil em uma residência no bairro Ingleses, Norte da Ilha. A guarnição policial militar foi realizar a averiguação da denúncia, e ao adentrar em um terreno de uma casa para encontrá-lo, os militares foram surpreendidos com uma “rajada” de fuzil, atingindo assim, o policial que estava em serviço.

O autor dos disparos fugiu em seguida, logo após troca de tiro com a Polícia Militar. As buscas iniciaram imediatamente.

O Militar ingressou na Corporação no ano de 2013. Em seus nove anos de serviço Policial Militar, o soldado PM Luiz Fernando, deixa um legado por ter sido um profissional dedicado, sempre compromissado com a ordem pública e segurança da sociedade catarinense.

Neste momento de tristeza e vazio, o comandante-geral da PMSC, coronel Marcelo Pontes, em nome de toda Corporação, se solidariza com toda a tropa, amigos e familiares..

“Jamais sejam por nós esquecidos”.

Canção da Polícia Militar de Santa Catarina