SC terá plataforma online e gratuita de informações e conexões sobre inovação

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e o ecossistema catarinense comemoram o lançamento de um projeto que vai alavancar, ainda mais, o setor e o empreendedorismo no estado

0
268

O Governo de Santa Catarina dá um grande passo de incentivo ao incremento econômico por meio da inovação. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e o ecossistema catarinense comemoram o lançamento de um projeto que vai alavancar, ainda mais, o setor e o empreendedorismo no estado.

Dia 15 de fevereiro o secretário Luciano Buligon, representando o governador Carlos Moisés, assinou a contratação da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) para a realização de um mapeamento completo do ecossistema de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo (CT&I+e) catarinense, que será apresentado em plataforma online disponível ao público de forma totalmente gratuita.

O documento foi assinado pelo presidente da Acafe e reitor da Unoesc, o professor Aristides Cimadon; o assessor de Relações Institucionais, Adriano Rodrigues e o secretário da SDE, Luciano Buligon. “Esta assinatura representa uma parceria significativa no trabalho que a Acafe vai desenvolver junto ao Governo do Estado, conectando e nutrindo com informações o sistema catarinense de tecnologia, empreendedorismo e inovação. Um trabalho importante que as universidades e as instituições comunitárias irão desenvolver e que nos dará a condição de observar e planejar o crescimento do setor no estado”, destacou Cimadon, que agradeceu a confiança do governador Carlos Moisés e do secretário Buligon.

“Sem dúvida, será referência no Brasil. Outros estados já estão buscando entender o que estamos fazendo aqui e seguindo os mesmos passos”, reforçou o secretário Luciano Buligon.

A plataforma, que será também o local de monitoramento dos indicadores da Rede Catarinense de Centros de Inovação, projeto sob tutela da Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação (DCTI) da SDE, vai apresentar quatro grandes módulos de informações: entidades promotores de CT&I+e; startup e empresas intensivas em tecnologia; infraestrutura tecnológica (como laboratórios e equipamentos de pesquisa) e talentos (que inclui grupos de pesquisa, cursos universitários e especialistas disponíveis em cada município).

“Unir num só ambiente, por meio desta Plataforma, informações relevantes para o Estado e, principalmente para empreendedores, é um avanço para a competitividade das soluções por meio da inovação” destaca o diretor Móris Kohl.

“Por meio desta parceria avançamos ainda mais no cenário nacional como referência em inovação. Uma ferramenta que disponibilizará informações essenciais para investidores e também irá conectar ofertas e demandas, possibilitando novos negócios. A Acafe é uma profunda conhecedora de Santa Catarina e esta parceria irá contribuir para alavancar o empreendedorismo inovador do estado”, avalia Buligon.

Como vai funcionar

Serão conectados todos os elementos importantes para o desenvolvimento e empreendimentos da inovação. Estas informações se tornarão públicas para que cada empreendedor, ambiente ou gestor público possa fazer uso dela e ser mais assertivo em seus investimentos e ações.

A plataforma também será um instrumento de conexão entre oferta e demanda. O empreendedor poderá saber onde há, por exemplo, equipamentos de pesquisa e desenvolvimento que busca para criar seu próximo produto. As empresas terão mais facilidade de encontrar startups ou pesquisadores para resolver seus desafios de inovação. Novos empreendedores poderão encontrar ambientes de inovação e programas de Governo adequados.

“São muitas possibilidades e todas contribuirão para acelerar a inovação. Santa Catarina só ganha. A plataforma vai nos ajudar a mergulhar de cabeça na chamada Nova Economia, que, seguramente, é o caminho para onde devemos nos orientar”, finalizou a gerente da Rede Catarinense de Centros de Inovação, Iuana Réus Abella.