Florianópolis sedia encontro mundial de cirurgia plástica

O envelhecimento da população impacta na busca por procedimentos da Face e Nariz, tema central da 37a Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica, que ocorre de 28 a 30 de abril, em Florianópolis

0
420

O país que lidera o número de cirurgias plásticas no mundo precisa de profissionais preparados tecnicamente e eticamente para o trabalho. Além de uma população atenta às escolhas irreversíveis que implicam na saúde e na vida. Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) revelados em 2021, o Brasil registra 1.5 milhões de procedimentos realizados ao ano, e deixa para trás Estados Unidos e o México na segunda e terceira posições no ranking global.

O assunto desdobra diversas reflexões de utilidade pública e científica, muitas delas pautam  a 37a Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica, que ocorre esta semana, de 28 a 30 de abril, no Jurerê Beach Village, em Florianópolis. Com o foco no tema “Face e Nariz”, o evento tem iniciativa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica de Santa Catarina (SBCP/SC).

À frente da entidade catarinense, o médico Zulmar Accioli está totalmente envolvido com a formação de novos cirurgiões plásticos e a educação continuada dos que já atuam no mercado. Atualmente é chefe da disciplina de cirurgia plástica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), também Chefe do serviço Clínico do Hospital Universitário (HU).

“Há 13 anos participo ativamente das ações da SBCP. Tenho um envolvimento acadêmico e político no sentido de melhorar a qualificação dos cirurgiões plásticos em formação e em dar condições para a formação contínua dos nossos membros. A cirurgia plástica exige, no mínimo, 12 anos de estudos contando o período entre a Medicina e a Especialização”, contextualiza Zulmar.

De acordo com Accioli, a escolha do tema central da jornada reflete o aumento dos procedimentos cirúrgicos e estéticos diretamente relacionados ao envelhecimento da população. “São cirurgias mais complexas na cirurgia plástica de cunho estético. São procedimentos que o cirurgião nunca para de aprender e de melhorar seus resultados. Sendo os mais difíceis, são também os mais desafiadores!”, pontua o presidente da SBCP/SC.

Há ainda o impacto irreversível das telas dos smartphones na existência contemporânea. As redes sociais e seus infindáveis filtros distorcem a forma como as pessoas se enxergam ou alimentam o desejo de mudança nas faces. Para o bem e para o mal, é fato que as consequências e cuidados devem ser mensurados e redobrados.

“As redes e influenciadores informam, mas não formam. Não existe o “Dr. Google”. Também não é lícito prometer resultados espetaculares por redes sociais. Quanto mais eu acompanho esta evolução, mais eu constato que é enganado quem quer ser. Por isso, a iniciativa de um evento de formação, trocas, publicação de trabalhos científicos que vão qualificar ainda mais os profissionais da medicina atuantes”, complementa.

Rede global de conhecimento em  cirurgia plástica

A programação é composta por uma série de atividades: Encontro Internacional dos Residentes de Cirurgia Plástica do Cone Sul, conferências, mesas redondas, fórum internacional, painéis de debate, homenagens a quem fez história e diferença no coletivo. A 37a Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica conta com a participação de nomes nacionais e internacionais no compartilhamento de conteúdo científico.

A programação completa pode ser conferida no site: https://sbcpeventos.org.br/

SERVIÇO

O que: 37a Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica

Tema: Face e Nariz

Quando: de 28 a 30 de abril

Onde: Jurerê Beach Village

Site: https://sbcpeventos.org.br/