Morte de técnica em Enfermagem é investigada pela Polícia Civil na Capital

O corpo de Yara Filomena Werner da Silva, 46 anos, foi encontrado carbonizado no final do dia desta segunda-feira (5); ela estava desaparecida desde 29 de março

0
1022
Yara Filomena Werner da Silva

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital investigam a morte da técnica de Enfermagem Yara Filomena Werner da Silva, cujo corpo foi encontrado carbonizado nesta segunda-feira (04), no bairro Itacorubi, em Florianópolis.

A enfermeira, de 46 anos, estava desaparecida desde o dia 29 de março. O desaparecimento vinha sendo apurado por policiais civis da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas e a 5ª Delegacia de Polícia da Capital.

Na segunda-feira (04), a confirmação de que o corpo encontrado se tratava da mulher que estava desaparecida foi realizada pela Polícia Científica por meio da arcada dentária.

Seu corpo foi localizado na região do bairro Itacorubi, próximo ao morro que dá acesso á Lagoa da Conceição. A localização foi possível graças ao disque denúncia da Polícia Militar que recebeu uma ligação informando a presença de “algo parecido com um corpo”, ao lado da Rodovia Admar Gonzaga (SC-404).

No final de semana a família, colegas de profissão e amigos desencadearam através das redes sociais uma grande campanha em busca de informações sobre o seu paradeiro.

A técnica de Enfermagem do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC) foi vista pela última vez quando saiu de casa para trabalhar, às 16h30 do dia 29 de março.

Familiares que fizeram o Boletim de Ocorrência informaram que ela saiu de casa apenas com o celular e a carteira. Ela não compareceu para o trabalho nestes dias. Yara tem três filhos que estão sob os cuidados do marido. A família reside no bairro Trindade, região central da Capital.

A Polícia Civil segue nas investigações para descobrir a autoria e motivação do crime. Depoimentos já começaram a ser tomados para definir a linha de investigação.

ASSASSINATO EM PALHOÇA

Outro homicídio está sendo investigado pelas autoridades polícias na Região da Grande Florianópolis. Nesta segunda-feira (14), às 15h30min o 16º Batalhão da Polícia Militar em Palhoça recebeu a informação de que um cadáver foi localizado.

O corpo estava na rua Monte Cambirela, bairro Praia de Fora. Trata-se de um homem de 21 anos (possui informações prisionais, passagens policiais por tráfico de drogas, desobediência, resistência, lesão corporal e furto). Ele foi encontrado em sua residência com sinais de estrangulamento. O suspeito de cometer o crime dividia a casa com a vítima.