Usuários do transporte coletivo de São José terão novos horários e linhas

Acordo entre os órgãos será assinado dia 10 de maio e as mudanças começam a valer 30 dias depois

0
518

Os usuários do transporte coletivo em São José terão novos horários de linhas e itinerários até 10 de junho. O Município de São José, empresas de ônibus e Ministério Público vão assinar, no próximo dia 10, um acordo entre os órgãos para regular o transporte na cidade até a abertura de licitação ou a implementação de um sistema integrado para a região metropolitana.

Entre as linhas que serão retomadas estão a ligação entre Campinas e a rua Heriberto Hülse, o Kobrasol e rua Leoberto Leal, da região Industrial até o Kobrasol passando pela fazendo do Max, de Forquilhinhas para a Área Industrial, da Colônia Santana para o Kobrasol e o retorno das linhas do ônibus executivo, com tarifa diferenciada. Além destas, o município irá ofertar linhas para os shoppings Itaguaçu e Continente.

Os horários saem pela manhã do município e levam até os locais e depois, no fim do expediente, vão sair de ambos shoppings. O Poder Executivo Municipal explica que, em relação às linhas que são intermunicipais – que passam por São José ou com origem em São José e terminam em outras cidades, todas as reclamações e questões estão sendo encaminhadas ao governo do Estado, que é o responsável por este transporte, para que sejam tomadas providências.

O secretário de Segurança Vânio Luiz Dalmarco explica que o TAC conta com novas linhas municipais e incremento de horários em linhas já existentes. Os novos ajustes serão analisados pelas instituições participantes, baseado nos moldes Estaduais, uma vez que o município não possui acordo concreto com as empresas de ônibus operantes.

A expectativa é de que, gradualmente, ocorra a resolução dos horários de ônibus municipais e intermunicipais. O documento prévio, nos moldes do que está sendo negociado entre o Estado e as empresas que operam as linhas, vai permitir a retomada de linhas que foram suspensas por conta da pandemia do coronavírus.