Cem aves são localizadas em casa, em Biguaçu, durante investigação de suspeita de crime ambiental

No local foram encontradas diversas espécies de pássaros da fauna silvestre, sem a devida identificação (anilhas) e permissão, licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes

0
108

Na tarde de quinta-feira (12), a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Investigação de Crimes Ambientais e Crimes contra as Relações de Consumo (DCAC), da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no bairro Cachoeira, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

A ação teve o objetivo de apurar a suspeita de crime ambiental (previsto na lei n. 9.605/98) de “ter em cativeiro ou depósito” espécimes da fauna silvestre, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

No local foram encontradas diversas espécies de pássaros da fauna silvestre, quase uma centena, sem a devida identificação (anilhas) e permissão, licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes.

Diante dos fatos, o morador da residência, de 44 anos, foi conduzido à DCAC/DEIC para a lavratura de Termo Circunstanciado (TC) por ter infringido norma criminal da mencionada lei ambiental.

Na sequência, o homem foi liberado. Os pássaros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestre de Santa Catarina (CETAS – SC) para o devido destino.

WhatsApp Image 2022 05 12 at 20.10.18 1

WhatsApp Image 2022 05 12 at 20.10.18 2

WhatsApp Image 2022 05 12 at 20.10.18 3

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome