CDL de Florianópolis recebe comitiva dos órgãos de segurança pública

Encontro debateu a segurança na Capital, em especial da região central.

0
218
Foto (crédito): Mirian Morfim/CDL de Florianópolis

A CDL de Florianópolis recebeu na tarde da última terça-feira (3), uma comitiva formada por integrantes dos órgãos de segurança da Capital para tratar da segurança no município, em especial da região Central.

O encontro contou com a participação do Coronel Alex Sandro Zeferino, Comandante do 1º Comando Regional de Polícia Militar, Tenente-Coronel Dhiogo Cidral de Lima, Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, Capitão Rodrigo Ribeiro de Faria, Comandante da 1ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia Militar, além do delegado da 1ª DP da Capital, Jeferson Guilhão de Paula e o Secretário Municipal de Segurança Pública, Araújo Gomes.

Com as atividades restabelecidas após um longo período pandêmico, a circulação de pessoas tem aumentado significativamente pelas ruas da Capital. Percebendo a movimentação, a CDL de Florianópolis convidou integrantes dos órgãos de segurança para tratar do assunto e ativar ações conjuntas de prevenções.

Com isso, foi debatido a segurança em nosso município, principalmente no centro de Florianópolis, a eficácia das ações aplicadas pela Polícia Militar e pelos comerciantes para inibir o cometimento de ilícitos, estratégias de policiamento, relevância do registro dos boletins de ocorrência, a transmissão das informações por canais oficiais, a resposta rápida nas intervenções, a busca por uma resposta rápida nas intervenções, aplicativo PMSC cidadão, a integração entre órgãos e o panorama dos últimos anos.

De acordo com o Tenente-Coronel Cidral, o furto é um crime por ocasião, por isso que é tão importante as mudanças comportamentais tanto nos estabelecimentos, quanto pelas ruas. “A partir do momento que tem mais pessoas circulando, é natural esse índice ter mudanças”, salienta.

Ainda segundo o Comandante do 4º BPM, os períodos que requerem mais atenção são o da tarde, com 82% de êxito em furtos, seguido pela manhã com 75%. Os dados são comparativos com o primeiro quadrimestre dos anos de 2020, 2021 e 2022.

Para o presidente da CDL de Florianópolis, Marcos Brinhosa, a entidade atua em conjunto com as forças de segurança para minimizar as ocorrências no comércio, inclusive há nove anos foi lançado uma cartilha de orientações e desde então é realizado ações de conscientização com os lojistas.

Acompanhem a CDL nas redes sociais

Site: www.cdlflorianopolis.org.br 

Instagram: @cdlflorianopolis

Facebook: CDL Florianópolis