Dário Berger sobe o tom contra a gestão da saúde do Governo do Estado

Pré-candidato pelo PSB, senador Dário Berger, discursou em evento do seu partido, sábado (21), em São José

0
570
Encontro do PSB neste final de semana

“Um governante precisa de planejamento e prioridades para administrar e seu foco tem de estar sempre no bem-estar das pessoas”. Assim o pré-candidato pelo PSB, senador Dário Berger, pontuou seu discurso em evento do seu partido, sábado (21), em São José.

Para ele, não é possível ficar calado enquanto o governador distribui “pix” aos prefeitos, sem nenhum planejamento, e a ala de queimados do hospital infantil está fechada há mais de um ano e que faltem UTIs pediátricas para as nossas crianças no interior do estado.  “O governador que sempre criminalizou a política, está fazendo o que de pior existe na política que é toma lá da cá”, afirmou.

Berger também criticou a gestão da saúde no Estado, afirmando que desde que está na política ouve os governantes prometerem que vão acabar com “ambulâncioterapia” e que quase 30 anos depois ela continua existindo. “É inadmissível que um paciente precise sair de São Miguel do Oeste para vir a Florianópolis fazer um exame ou uma cirurgia”, criticou Dário Berger.

Ele lembrou que quando prefeito de Florianópolis, moradores das regiões sul e norte da ilha não possuíam atendimento médico à noite e aos finais de semana e por isso priorizou a construção das policlínicas. “Tudo o que tem até hoje em saúde em Florianópolis eu fiz nas minhas administrações e é assim que vou fazer no Estado. É tudo uma questão de eleger prioridades e colocar o bem-estar das pessoas em primeiro lugar”, finalizou.

PRÉ-CANDIDATOS

O encontro neste sábado, no Hard Rock, em São José reuniu pré-candidatos a deputado estadual, federal e lideranças do partido com o presidente Claudio Vignatti, o vice-presidente Juliano Campos e o vice-prefeito de São José, Michel Schlemper. Serviu para organizar a pré-campanha e repasse de orientações.