Dois catarinenses integram lista sêxtupla da OAB para vaga de desembargador no TRF4

A lista deve ser encaminhada ao TRF4 ainda nesta terça-feira, e a Corte então selecionará três nomes, cabendo ao presidente da República nomear o novo desembargador

0
346
Felipe Sarmento, coordenador-geral das Comissões no CFOAB, Cláudia Prudêncio, Marco Vinicius Pereira de Carvalho, Ana Cristina Blasi, Beto Simonetti, presidente da OAB Nacional, e Rafael Horn

O Conselho Federal da OAB (CFOAB) elegeu dois advogados catarinenses à lista sêxtupla para a vaga de desembargador no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), oriunda do Quinto Constitucional da Advocacia. A advogada Ana Cristina Blasi e o advogado Marcos Vinicius Pereira de Carvalho constaram entre os seis candidatos mais votados pelos conselheiros federais, depois de sabatina realizada durante sessão do Pleno na manhã de terça-feira (17/5), com transmissão ao vivo pelo YouTube. A lista deve ser encaminhada ao TRF4 ainda nesta terça-feira, e a Corte então selecionará três nomes, cabendo ao presidente da República nomear o novo desembargador.

“Mais uma demonstração da força e do prestígio que a advocacia de Santa Catarina tem alcançado no cenário jurídico nacional. Uma representatividade nunca vista no Conselho Federal da OAB, hoje Rafael Horn na vice-presidência nacional e com a participação recorde de advogados e advogadas catarinenses nas Comissões”, destaca a presidente da OAB/SC, Cláudia Prudêncio, que acompanhou presencialmente as exposições no plenário em Brasília. Além da vice-presidência, atualmente 72 advogados de Santa Catarina estão atuando nas coordenações, comissões e órgãos da OAB nacional.

“Seguimos quebrando paradigmas no Sistema OAB, indo além do discurso e colocando em prática nossos compromissos com a inclusividade, a paridade e assegurando cada vez mais protagonismo para a advocacia catarinense”, afirma Horn. O pleito também foi acompanhado pelos conselheiros federais por Santa Catarina Gustavo Pacher, Pedro Miranda de Oliveira e Rejane da Silva Sanchez.

Ao todo, 20 advogados e advogadas candidatos à vaga participaram da sabatina, dentre eles o também catarinense César Augusto Wolff. Conforme disposição regimental do CFOAB, cada um dos participantes contou com dois minutos para se apresentar e responder a questões durante a sessão, etapa na qual tiveram três minutos para desenvolverem as respostas. Como há critérios de desempate, houve classificação na posição dos candidatos que alcançaram o mesmo número de votos.

Os eleitos à lista sêxtupla do TRF-4:

1º – Ana Cristina Blasi, com 27 votos (SC)
2º – Marcelo Machado Bertoluci, com 27 votos (RS)
3º – Cezar Eduardo Ziliotto, com 27 votos (PR)
4º – Alaim Giovani Fortes Stefanello, com 26 votos (PR)
5º – Marco Vinicius Pereira de Carvalho, com 21 votos (SC)
6º – Jane Lucia Wilhelm Berwanger, com 17 votos (RS)