Projeto combate desigualdade de gênero com palestras sobre direito da mulher em comunidades

Projeto Compartilhando Direito é promovido pelo Instituto Nelson Wilians (INW), em parceria com escritório Nelson Wilians Advogados, considerada a maior banca de advocacia empresarial do Brasil

0
326
Compartilhando Direito - Divulgação INW

Levar conhecimento e informação sobre os direitos das mulheres e combater todas as formas de violência, seja a de gênero ou a étnico-racial, por meio da educação de qualidade para a comunidade são os objetivos do projeto Compartilhando Direito, promovido pelo Instituto Nelson Wilians (INW), em parceria com escritório Nelson Wilians Advogados, considerada a maior banca de advocacia empresarial do Brasil.

A iniciativa esteve na última semana na Capital para promover palestras com mulheres, jovens e famílias participantes do Centro de Apoio à Formação Integral do Ser (CEAFIS) e também da Organização Social Casa São José, ambas de Florianópolis. Ambas organizações atendem crianças, adolescentes, jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade.

A presidente do Instituto Nelson Wilians (INW), Anne Wilians, o gerente de Projetos do INW, William Ruiz, e os advogados voluntários promoveram palestras sobre Direito da mulher e conversaram com as participantes presentes sobre as principais dúvidas e questões do dia a dia sobre o tema.

Anne Wilians e Marlova Noleto (UNESCO) – Foto Divulgação INW

“Celebrar o Dia da Educação em Santa Catarina compartilhando conhecimento que faz a diferença na vida das pessoas é poder contribuir com o alcance da justiça social. A reação de cada educando durante o diálogo é incrível e nos faz acreditar que estamos no caminho certo de democratização de oportunidades e de promoção do exercício pleno da cidadania”, disse Anne Wilians.

Compartilhando Direito_INW

Um dia antes, em Brasília, Anne firmou a parceria de cinco anos do Instituto Nelson Wilians com a UNESCO, por meio do projeto “Educação para Cidadania Global para o Direito: Apoiando uma Cultura de Legalidade e Respeito aos Direitos Humanos”, outra iniciativa focada na redução da desigualdade de gênero, com objetivo de fomentar a educação para adolescentes, migrantes e refugiadas de comunidades vulneráveis do Norte e Nordeste do país. O projeto faz parte da Agenda 2030 e dos objetivos de desenvolvimento sustentável e educação de qualidade da UNESCO. Anne Wilians foi recebida pela diretora e representante da Unesco no Brasil, Marlova Noleto.

Sobre o Compartilhando o Direito

O Compartilhando Direito faz parte do programa de voluntariado social do Instituto Nelson Wilians, que tem como propósito estimular a tomada de consciência do público das organizações sociais sobre seus direitos fundamentais enquanto cidadãos. Nesta edição, que terminou na última sexta-feira, foram beneficiadas 703 pessoas, entre elas jovens, famílias dos educandos e educadores. Para maio e junho, a execução do projeto acontecerá em Campinas-SP, Rio de Janeiro, Recife, Jaboatão dos Guararapes, João Pessoa, Brasília e Goiânia.