Casan promove obras e investimentos expressivos em São José

São obras para reforçar e ampliar o sistema de abastecimento de água

0
80
Projeto da nova ETE Potecas, que será uma das maiores estações do estado

Quarto maior município de Santa Catarina, São José vem recebendo importantes investimentos da CASAN. São obras para reforçar e ampliar o sistema de abastecimento de água, como reservatórios e a adutora São José/Biguaçu, além da nova Estação de Tratamento de Esgoto Potecas, projetada para ser uma das maiores e mais modernas ETE do estado.

Nesta terça-feira (21), por exemplo, a CASAN está finalizando a interligação do novo reservatório Forquilhinha que, em breve, poderá entrar em operação.  Com capacidade para 5 milhões de litros, a estrutura atenderá aos bairros Forquilhinha, Forquilhas, Alto Forquilhas, Potecas, Picadas do Sul, Flor de Nápolis, Colônia Santana, Real Parque e Sertão do Maruim. Executado em concreto, o reservatório representa um investimento de R$ 5,6 milhões, em parceria com a Caixa Econômica Federal, integrando o Planejamento Hídrico para o Estado de Santa Catarina.

No mês de março, a CASAN realizou a entrega do Reservatório de Água Tratada do Monte Cristo, o que já permitiu triplicar a capacidade de armazenamento de água tratada na região, passando de 4.000 para 12.000 m3. A unidade atende a região Continental de Florianópolis e São José, beneficiando os bairros Jardim Atlântico, Coloninha, Monte Cristo, Estreito, Barreiros, Kobrasol e Campinas.

“Junto com o Governo do Estado, a CASAN tem olhado para São José, um município que apresenta um grande crescimento. Os investimentos vão preparar a cidade para o futuro e seguem a determinação do governador Carlos Moisés de resolver problemas históricos, que foram deixados para trás ao longo dos anos. A ETE Potecas é um grande exemplo”, destaca a presidente da CASAN, Roberta Maas dos Anjos.

A nova Estação de Tratamento de Esgotos de Potecas vai promover uma verdadeira transformação naquela região. As lagoas de estabilização serão desativadas e substituídas por uma moderna ETE, com tecnologia avançada para garantir a qualidade do efluente tratado e o controle de odores. O projeto está em fase final do processo de licitação.

A unidade atual tem capacidade de vazão média de 423 L/s. O novo projeto prevê, na primeira etapa, capacidade de tratar uma vazão média de aproximadamente 600 L/s e, na segunda etapa, 800 L/s. A nova estação foi dimensionada considerando uma população de 328.494 habitantes para a primeira etapa do projeto e 437.992 habitantes na segunda etapa.

Além de nova tecnologia que irá aprimorar o sistema e quase dobrar a capacidade de tratamento, a desativação das lagoas de estabilização vai trazer mais qualidade de vida para a população. O planejamento prevê que o local onde hoje existem as lagoas passe por recuperação ambiental, dando lugar a um parque urbano, com áreas de lazer e prática de esportes.

Outra obra fundamental é a nova adutora de água tratada que vai ampliar o abastecimento para São José e Biguaçu. A nova rede de 5,4 mil metros está sendo assentada desde o trecho localizado entre a Avenida das Torres com a Rua Otto Júlio Malina até a divisa de São José com Biguaçu. A adutora atenderá a 28.343 ligações, aproximadamente 85.029 pessoas, como parte do Sistema Integrado de Florianópolis (SIF). O investimento é de cerca de R$ 14 milhões, com previsão de conclusão para maio de 2023.

A nova rede vai reforçar a distribuição de água tratada no município de São José, nos bairros Bela Vista, Jardim Cidade de Florianópolis, Ipiranga, Real Parque, Areias, Dona Adélia, Jardim Santiago e Serraria. Possibilitará ainda um incremento de vazão para o município de Biguaçu, aumentando a capacidade de transporte de água e resultando em ganho no tempo de resposta em caso de desabastecimento. No futuro, o projeto é de que a estrutura faça parte do Sistema de Abastecimento do Rio Biguaçu, que será interligado ao Sistema Integrado de Florianópolis.

O novo reservatório Forquilhinha terá capacidade para 5 milhões de litros de água (Fotos: Acervo CASAN)


A nova adutora São José Biguaçu já está sendo implantada no município