Polícia efetua prisões e apreende arma em investigação de agiotagem em São José

Segundo a apuração, havia ameaças às vítimas com armas de fogo para o pagamento, tomando seus bens como forma de quitação em valores muito superiores às dívidas

0
417

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de São José, na Grande Florianópolis, cumpriu nesta quinta-feira (09) as prisões preventivas de três homens suspeitos de atuarem como agiotas, que emprestavam dinheiro a juros de 15% a 20% ao mês.

Houve o apoio de todas as unidades policiais da Delegacia Regional de Polícia de São José e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC).

Segundo a apuração, havia ameaças às vítimas com armas de fogo para o pagamento, tomando seus bens como forma de quitação em valores muito superiores às dívidas.

Além das prisões, foram cumpridas buscas em cinco endereços. Foram apreendidos uma pistola Taurus 9mm com diversas munições do mesmo calibre, uma munição calibre .380, R$ 15.000, três veículos e documentos diversos destinados ao aprofundamento das investigações.

Os três presos foram encaminhados à Penitenciária da Capital, onde aguardarão decisão judicial.