1,6 mil árvores são plantadas em área de recuperação na Capital

Plano de recuperação de áreas degradadas da GND Incorporadora

0
199
Eduardo Deboni -Foto Divulgação

As últimas cinco de 1,6 mil mudas de espécies nativas que fazem parte do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) foram plantadas dentro da área do Residencial Yrupá, em Florianópolis, em cerimônia realizada na última semana. O ato contou com a participação de clientes, equipes envolvidas no projeto e representantes da comunidade local, como Cecilio Délcio Alexandre, morador da Praia Mole há mais de 50 anos,  e Volnei Valdir Andrade, presidente da Cooperbarco e da Associação de Moradores da Costa da Lagoa, que contribuíram para o plantio.

A Área de Preservação Permanente (APP) ocupa 35% do terreno de 27 mil m².  “Mantivemos as árvores nativas que estavam aqui e removemos as espécies exóticas invasoras, conforme previsto em lei, e agora, com o plantio dessas mudas, avançamos mais uma fase do projeto Yrupá, além de contribuir para a recuperação da mata ciliar da Lagoa”, destacou Eduardo Deboni, CEO da GND, durante a cerimônia.

O Yrupá é o primeiro residencial em Santa Catarina a conquistar o selo internacional AQUA-HQE, certificação internacional de construção sustentável, desenvolvida a partir da francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environnementale). O empreendimento ainda terá um dos maiores telhados verdes do Brasil, com cerca de 6,3 mil m² de extensão. O empreendimento também entregará ao município uma passarela pública de 350 m de comprimento, unindo a Praia Mole e a Lagoa da Conceição.