Baleia Mariscal e seu filhote na Praia do Moçambique, em Florianópolis

A baleia mamãe já esteve pelo nosso litoral em outros anos

0
230

Uma baleia-franca-austral (Eubalaena australis) foi avistada pela equipe da R3 Animal com um filhote na Praia do Moçambique, em Florianópolis, na manhã desta quarta-feira, 27. A baleia mamãe já esteve pelo nosso litoral em outros anos. Ela foi avistada e fotoidentificada pelo projeto ProFRANCA pela primeira vez no litoral brasileiro em 2002. Em 2012 foi reavistada na praia de Mariscal, em Bombinhas (SC), vítima de um acidente com uma embarcação, o que lhe causou uma cicatriz com três cortes lineares.

Batizada de Mariscal, também ganhou o apelido de ‘Guerreira’, devido a sua força para sobreviver aos ferimentos profundos decorrentes do acidente, junto ao seu filhote. Depois disso, dois registros foram computados, no Rio Grande do Sul e no Uruguai. Pois, 10 anos depois, ela voltou ao nosso litoral, avistada na praia do Moçambique, em Florianópolis – com seu terceiro filhote após o acidente.

“Agora ela parece estar ótima e, pelos nossos cálculos, deve estar junto ao seu quarto filhote, o terceiro após sua visita que nos preocupou em 2012, revela Karina Groch, bióloga e diretora do projeto ProFRANCA.

Na ocasião da ocorrência, ela teve todo o apoio da comunidade local e das instituições Associação R3 Animal, do projeto ProFRANCA e também do poder público, por meio do Centro Mamíferos Aquáticos, da APA da Baleia Franca (ICMBio) e da Polícia Militar de SC, que forneceu suporte com helicóptero e equipe para auxílio na localização, avaliação e monitoramento da dupla.

Para o oceanólogo Emanuel Ferreira, gerente da R3 Animal, a história de Mariscal é um alerta. “Quem navega pela região costeira nesta época deve redobrar o cuidado com as baleias na região. Existem procedimentos que devem ser seguidos, como manter a distância de 300 metros de distância, não perseguir, interromper ou tentar alterar o curso de deslocamento dos animais”, afirma.