Florianópolis receberá mais de R$ 10 milhões para custear transporte coletivo gratuito de idosos

A capital deve obter R$ 10.374.720

0
173
Fotos: Divulgação/ Frente Nacional dos Prefeitos

Após a promulgação da Emenda Constitucional 123 na última quinta-feira (14), Florianópolis receberá recursos federais para custear a gratuidade oferecida a idosos com mais de 65 anos usuários do transporte coletivo em 2022 e aguardará o governo federal regulamentar os procedimentos para receber os recursos. A capital deve obter R$ 10.374.720.

Todos os municípios da região metropolitana terão acesso aos recursos, mas para receber terão que comprovar que possuem sistemas de transporte coletivo municipal em operação e/ou que são responsáveis pelo transporte intermunicipal de caráter urbano.

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) liderou a articulação por alternativas para a manutenção dos serviços prestados à população.

“Em Florianópolis já subsidiamos parte da operação do transporte público, que foi duramente afetado pela pandemia. Além disso, temos políticas públicas de tarifas reduzidas e até gratuidade em datas determinadas, para permitir e estimular o uso por mais pessoas. O financiamento virá em muito boa hora”, afirmou o prefeito de Florianópolis, Topázio Neto.

Para agilizar o repasse dos recursos e pela aprovação do PL 4392/2021, em tramitação na Câmara dos Deputados, a Prefeitura de Florianópolis agora vai acompanhar atentamente o andamento do projeto, já aprovado no Senado, e que prevê R$ 5 bilhões por ano para o mesmo fim.