“Jiu-jitsu na Escola”, da Secretaria de Educação de Florianópolis, tem troca de faixa

Projeto auxilia no rendimento escolar e promove vida saudável

0
190

Um total de 60 crianças passou para a faixa cinza dentro do projeto “Jiu-jitsu na Escola”, da Secretaria Municipal de Educação. A graduação ocorreu na quadra de esportes da Escola Básica Municipal Henrique Veras, na Lagoa da Conceição, sede do projeto.

A troca de faixa foi para quem participou de três meses de prática e teve mais de 90% de presença.

O Jiu-jitsu na Escola atende a comunidade do Leste da Ilha todas as terças e quintas-feiras em todos os períodos: manhã, tarde e noite.

O responsável é Joaquim Antônio Gonçalves Neto, formado em pedagogia para séries iniciais e com pós-graduação em psicopedagogia. Joaquim tem 14 anos de faixa preta pela Confederação Brasileira de jiu-jitsu profissional.

“Esse esporte propicia disciplina, respeito à hierarquia, concentração, autoestima e coordenação motora. Tudo isso auxilia no rendimento escolar e promove a busca de uma vida saudável, longe das drogas”, alerta Joaquim.

Além de familiares dos atletas, prestigiaram o evento o diretor da EBM Henrique Veras, Cesar Augusto, a assessora da Diretora de Educação Fundamental da SME, Tatiana Von Muhlen, e o mestre Eduardo Gavião Omatti, 31 anos de faixa preta na modalidade, que desenvolve, na igreja da Lagoa, um projeto da Fundação Municipal de Esportes.