Coluna da AMPE edição de 15 de agosto de 2022

Veja abaixo os principais assuntos da Coluna da Ampe, publicada quinzenalmente numa parceria da Ampe da Região Metropolitana de Florianópolis, com o jornal Informe Negócios

0
452

Lives gratuitas levam dicas a jovens empreendedores

A Junior Achievement de Santa Catarina, da qual a Ampe é uma das mantenedoras, realiza quatro lives gratuitas destinadas aos jovens empreendedores. Com duração de duas horas, tratarão dos temas “O Futuro do Trabalho”, dia 16, às 14h; “Conectado com o Amanhã”, dia 18, às 8h30; “Meu Dinheiro, Meu negócio”, dia 23, às 14h; e “Aprender, Pra Quê?”, dia 25, às 8h30.

O conteúdo traz ótimas dicas sobre empreendedorismo, educação financeira, preparação para o mundo do trabalho, tecnologia e inovação. Após cada live, os participantes receberão atividades para complementar ainda mais o seu aprendizado, além de um certificado. Veja mais informações e se inscreva pelo Instagram @jasantacatarina.

No primeiro semestre, a Junior Achievement beneficiou 16.991 adolescentes e jovens, em 159 cidades catarinenses. A previsão é de que seja superada a meta de 30.000 este ano.

Tijucas recebe capacitação gratuita do Circuito Ampe

Os empreendedores do município de Tijucas serão os próximos beneficiados com mais uma etapa do Circuito Ampe, com Capacitação em Gestão de Micro e Pequenas Empresas e Microempreendedores Individuais. O evento é gratuito e acontece no próximo dia 16, a partir das 19h, no auditório da Associação Comercial e Industrial – ACIT. Em pauta, inovação e marketing para pequenos negócios – ferramentas, aplicativos e ações para melhorar a comunicação, venda e relacionamento com o cliente. As inscrições são feitas através do Sympla.

A ação tem parceria com o Sescon GF e a Performance de Excelência, com patrocínio da Biosegure, Sicoob Eurovale, Unicesumar, Cartórios de Protesto e parceiros locais. No dia 5 de outubro será a vez de Garopaba. Para mais informações sobre a programação, acesse as redes sociais da Ampe ou ligue para (48) 3259-4800.

Pequenos negócios geram 72% dos empregos formais no semestre

Levantamento feito pelo Sebrae mostrou que as micro e pequenas empresas criaram 961,2 mil novos postos de trabalho no primeiro semestre deste ano. O número equivale a 72,1% dos cerca de 1,33 milhão empregos formais criados no Brasil nesse período. Os dados têm como base o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. As médias e grandes empresas abriram 279,1 mil vagas nos seis primeiros meses de 2022. Para o vice-presidente da Ampe Metropolitana, Piter Santana, “isso só reafirma a importância do apoio às micro e pequenas empresas que são e sempre foram a base da economia brasileira”.

A Grande Florianópolis, com seus 22 municípios e uma população de 1.319.108 pessoas, tem um PIB de R$ 51,7 bilhões, possui 90.489 empresas, 146.861 empresários individuais e gera 546.904 empregos.

Projeto propõe desconto de até 65% na luz para MEI

Uma boa notícia para o microempreendedor individual pode vir da Câmara dos Deputados, caso seja aprovado o Projeto de Lei que inclui o MEI entre os beneficiários da tarifa social de energia elétrica. Com isso, o segmento ganhará um desconto de até 65% na conta de energia, de acordo com a faixa de consumo.  O projeto é de autoria do deputado Josivaldo JP (PSD-MA). Os descontos variam conforme o consumo do cliente: primeiros 30 kWh/mês consumidos têm 65% de desconto; consumo acima de 30 kWh até 100 kWh/mês, 40% de desconto; e uso acima de 100 kWh até 220 kWh/mês, 10% de desconto.

MEI poderá emitir nota fiscal Portal do Simples

A partir do dia 1º de janeiro de 2023 os MEIs prestadores de serviços poderão emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) no portal do Simples Nacional e, em breve, inclusive em dispositivos móveis.

Existe a previsão da mudança contemplar também os MEIs que comercializam mercadorias, a partir de abril do próximo ano. Na opinião do vice-presidente da Ampe Metropolitana, Piter Santana, “essa é mais uma importante entrega que o governo federal faz em apoio aos empreendedores, que são essenciais para o desenvolvimento econômico e social do país”.

Decreto reduz IPI de produtos fabricados no Brasil

O governo federal publicou decreto que estabelece os itens fabricados no Brasil para os quais será válida a redução de 35% no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O decreto também exclui da lista os principais produtos que são fabricados na Zona Franca de Manaus.

Segundo o governo, o decreto cumpre decisão judicial (ADI 7153) que determinou a preservação da competitividade dos produtos produzidos na Zona Franca. Serão beneficiados produtos nacionais e importados, além de provocar reflexo positivo no Produto Interno Bruto (PIB), com a redução do custo Brasil e maior segurança jurídica. O IPI incide sobre cerca de 4 mil itens nacionais e importados que passaram por algum processo de industrialização. Com caráter extrafiscal (tributo regulatório), o IPI pode ser usado para fomentar um setor econômico por meio de isenção ou redução das alíquotas para que mais produtos produzidos pelo setor sejam vendidos.

CURTAS

– Com a publicação da Lei nº 14.195/21, foi extinta a abertura de empresas no formato Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), que foi substituída pela a Sociedade Limitada Unipessoal (SLU), alternativa para quem não se enquadrar no MEI, mas quer empreender sem sócios.

– A Ampe Metropolitana participou da sessão plenária de junho do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina, no dia 15. O vice-presidente, Piter Santana, apresentou a Associação e ressaltou a importância dos pilares de representatividade e capacitação, além de destacar a importância do CRC/SC para as empresas.

– O vice-presidente da Ampe Metropolitana, Piter Santana, recebeu no dia 2 o vereador de Florianópolis, João Luiz da Bega, que conheceu o Manifesto em Apoio às Micro e Pequenas Empresas, com propostas de políticas públicas para melhoria do ambiente de negócios para quem empreende, gera empregos e renda.

– A Ampe Metropolitana participou, entre os dias 9 e 11 de agosto, do Congresso dos Municípios, Consórcios e Associações de Municípios de Santa Catarina. Na pauta, politicas públicas e ações para melhorar a vida do cidadão catarinense.