Florianópolis amplia roteiros culturais autoguiados a partir desta sexta-feira (5)

Placas georeferenciadas foram distribuídas em 15 pontos turísticos da Ilha com conteúdos produzidos pela Prefeitura em parceria com o Guia Manezinho, que podem ser acessados a partir de aplicativo e QRCode

0
85

Para ampliar a interação com os visitantes e gerar informação em tempo real para a gestão pública do turismo, Florianópolis passa a operar nesta sexta-feira, 5 de agosto, a plataforma Smart Destination. A solução é da Smart Tour Brasil, startup manezinha que vem se destacando no cenário mundial de tecnologia aplicada ao turismo. O acesso será por meio de QR Codes em 15 placas espalhadas em pontos turísticos da Ilha ou utilizando o App Smart Tour. A iniciativa faz parte do projeto “Destinos Turísticos Inteligentes”, parceria do Sebrae com a Prefeitura de Florianópolis, que além desta solução conta ainda com outras ferramentas tecnológicas.

A Smart Destination reúne todas as soluções de Inteligência Turística da Smart Tour em um único local. Através do uso de Internet das Coisas (IoT), é elaborada para otimizar os dados para a gestão pública do turismo. É uma plataforma de inovação aberta para integração de outros APIs criando um dashboard personalizado que ajuda a suprir as necessidades de dados dos destinos turísticos. Ou seja, as decisões são tomadas com base em informações técnicas.

“A união entre turismo e tecnologia fez de Florianópolis um dos dez destinos turísticos inteligentes em transformação no Brasil. O uso cada vez mais frequente de soluções inovadoras aumenta a competitividade da capital catarinense. Temos cada vez mais dados – gerados pelos próprios turistas – para ações mais assertivas, promovendo um modelo de desenvolvimento baseado na modelagem de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI)”, acrescenta o superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinicius De Luca Filho.

Atualmente, a Superintendência de Turismo de Florianópolis monitora 31 pontos turísticos da Capital com o uso do Solução da Harmo – startup catarinense e uma das vencedoras do Prêmio Nacional de Turismo de 2019. Entre janeiro e julho de 2022, mais de 6.500 avaliações foram coletadas, sendo que 92% delas foram positivas. O maior volume de interações ocorreu em julho (1.691 positivas). Março foi o período mais escasso, com pouco mais de 400 avaliações. Entre maio, junho e julho, alguns pontos chamaram atenção: o Mercado Público somou o maior número de avaliações, com 1.054. Em segundo lugar temos a Ponte Hercílio Luz (476) e o Parque de Coqueiros (271).

Basta usar o QR para acessar

Os visitantes e moradores já podem acessar a Rota Turística Inteligente através de beacons (pequenos dispositivos que se comunicam com smartphones por proximidade). Basta baixar o App Smart Tour, acionar o GPS e Bluetooth e direcionar a câmera do celular para os QR Codes das placas.

“Durante o acesso, também é aplicada a pesquisa de demanda turística. O objetivo é proporcionar uma visão geral e atualizada sobre visitantes que circulam em Florianópolis, analisando, qualificando e traçando o perfil deles”, explica a CEO da Smart Tour Brasil, Jucelha Carvalho.

Além disso, a pesquisa ajuda a avaliar a qualidade da infraestrutura e os serviços prestados pelo trade turístico local. É uma ferramenta importante para compreender os hábitos de consumo dos visitantes em diversas épocas do ano, o que possibilita um diagnóstico atualizado do turismo.

Parceria com o Guia Manezinho

A plataforma traz uma novidade: além da ampliação de pontos, tem versões em áudios para os textos. Pesquisa, redação e locução são de Rodrigo Stüpp, o Guia Manezinho, que é jornalista e guia de turismo.

“O APP tem versões em português, espanhol e inglês. Nos áudios e nos textos em português, incluímos expressões e o sotaque mané, que também é uma forma de manifestação cultural”, explica o Guia Manezinho.

Os textos são curtos, de leitura rápida, em até 2 minutos. São informações básicas para o visitante degustar e, se desejar, contratar um Guia de Turismo profissional, que aprofunda o conteúdo. A recomendação é sempre buscar um profissional com Cadastur – o cadastro nacional.

*Com informações do Smart Tour Brasil e do Guia Manezinho (Rodrigo Stüpp).

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome