Prefeitura de Florianópolis volta a reduzir o horário das obras da SC-406

Se comparado ao início dos serviços, em junho, serão três horas e meia a menos de trabalho diário. A medida visa minimizar os transtornos no trânsito entre o Sul e o Leste da Ilha

0
199
Crédito: Divulgação/PMF

A Prefeitura de Florianópolis vai reduzir novamente o período diário de interrupção do trânsito na SC-406 (Rodovia Antônio Luiz Moura Gonzaga), entre o Sul e o Leste da Ilha. A partir desta quinta-feira (25), o fluxo alternado de veículos em meia pista, através do sistema Pare e Siga no ponto em que estão sendo realizadas obras, será das 9h ao meio-dia e das 13h30 às 17h, de segunda à sexta-feira. A medida será adotada por determinação do prefeito Topázio Neto para que não haja serviços nos horários de pico de veículos, a fim de evitar transtornos ao tráfego. Inicialmente, os trabalhos aconteciam ininterruptamente das 8h às 18h.

Obras não podem ser feitas à noite – O prefeito Topázio explica que não é possível realizar as obras no período noturno devido às dificuldades operacionais e técnicas de uma obra de drenagem, as limitações com relação às licenças e o barulho que as obras podem causar durante à noite e aos gastos extras que a mudança implicaria. Além, principalmente, da segurança dos trabalhadores da obra.

Neste momento, as equipes estão trabalhando na drenagem da SC – 406, o que é fundamental para solucionar os problemas de alagamento frequentes na região. “Infelizmente, para realizar este trabalho, temos que interromper uma das pistas e ali há mesmo muito trânsito. Então, para minimizar estes transtornos para a população, alteramos os horários: as obras vão começar a partir das 9h para que as pessoas tenham tempo de sair de casa, levar os filhos para o colégio e trafegar pela região. Na hora do almoço, ao meio-dia, vamos interromper o trabalho, e retornar às 13h30, também para que as pessoas possam pegar ou levar os filhos no colégio. Encerraremos o dia de trabalho às 17h. Espero que isso minimize os transtornos, ainda que sejam, de certa forma, necessários, porque temos o verão chegando e não podemos entrar na temporada com a obra em andamento”, destaca o prefeito.

O prefeito Topázio explica ainda que, passada a etapa de revitalização da SC – 406, que é uma das mais difíceis, tem início a parte da renovação do asfalto do Elevado do Rio Tavares em direção à Lagoa.

Trecho contemplado

A SC-406, ainda que seja uma rodovia estadual, está sendo revitalizada pela Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Infraestrutura. A obra contempla o trecho municipalizado de 2,4 km, entre o Elevado e a Avenida Campeche, e mais 2,5 km da parte de responsabilidade do Governo do Estado, num total de 4,9 km, entre o Elevado do Rio Tavares, no Rio Tavares, e a Rua Vereador Osni Ortiga, no Porto da Lagoa. Lembrando que, ao todo, a via se estende por 8,3 km.

As obras iniciaram com os trabalhos relativos à restauração do sistema de drenagem na primeira quinzena de junho e já haviam tido uma alteração no horário no dia 17 de agosto. Os serviços já foram executados numa extensão de 2,8 km entre o Elevado do Rio Tavares e a Avenida Campeche, tendo sido assentado cerca de 60% da tubulação necessária. No momento, eles acontecem próximo à interseção com a Avenida Campeche.

Mas a revitalização da Rodovia Antônio Luiz Moura Gonzaga ainda inclui a repavimentação asfáltica com a devida sinalização viária e a restauração dos passeios (calçadas), sendo que a principal novidade é a implantação de estrutura cicloviária. Será implantada ciclofaixa bidirecional na lateral da rodovia, de forma descontínua, ou seja, vai variar de lado, conforme as larguras dos acostamentos da via, a fim de evitar desapropriações. E a ciclofaixa fará conexão com a ciclovia já existente na Osni Ortiga, e será no mesmo nível das pistas de rolamento.

As obras representam um investimento no valor de R$ 11.847.000,00 e estão sendo conduzidas pela Secretaria de Infraestrutura e executadas pela empreiteira Britagem Vogelsanger Ltda. O prazo de conclusão é de um ano.