Santa Catarina tem alerta de ciclone e chuva volumosa durante a semana

A passagem de um ciclone extratropical provocará chuva intensa e volumosa, principalmente na região centro-leste

0
369
Imagem ilustrativa - Divulgação

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu alerta para a ocorrência de chuva volumosa em Santa Catarina a partir desta terça-feira, 9. A passagem de um ciclone extratropical provocará chuva intensa e volumosa, principalmente na região centro-leste.

Os acumulados podem variar entre 100 e 200 mm em parte do Planalto Sul, Grande Florianópolis, Alto Vale e Médio do Itajaí e Planalto Norte. No Litoral Sul e Litoral Norte, os acumulados podem ultrapassar essa marca. Há risco para ocorrências como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações.

A atuação do ciclone provoca também ventos com velocidade média de 35 km/h e rajadas que podem variar entre os 70 e 100 km/h. “Entre a tarde e noite de quarta, 10, as rajadas podem ultrapassar 100 km/h nas regiões costeiras da Grande Florianópolis e Litoral Norte”, destaca a meteorologista da Defesa Civil, Elen Pelissaro. “Há risco de ressaca em todo o Litoral até a quarta-feira, com ondulação leste-sudeste e picos de até seis metros”.

Inundações

Devido à previsão de chuva intensa, aliado à precipitação já registrada no último fim de semana, há a possibilidade dos principais rios atingirem níveis de atenção para inundações.

A Gerência de Monitoramento Hidrológico da Defesa Civil emitiu nota alertando que são esperados os maiores volumes (100 a 200mm) para as bacias nas regiões do Litoral Norte, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Litoral Sul, podendo ocorrer cheias intensificadas nas áreas costeiras por efeito da maré.

“As demais áreas do estado apresentam níveis de observação, com destaque para a região da bacia hidrográfica do rio Uruguai, principalmente no Planalto Sul. Contudo, destaca-se a possibilidade de inundações pontuais em praticamente todas as bacias do estado, sobretudo em córregos, arroios e pequenos rios, em função de chuvas volumosas em curtos intervalos de tempo”, destaca Dyeson Pelinson, gerente de monitoramento hidrológico da Defesa Civil.

Cuidados:

– Em caso de chuva volumosa e persistente, não dirigir em locais alagados, evitar contato com água e ficar atento a movimentos de terra e inclinação de postes e árvores.

– Em caso de vendaval, buscar local abrigado, longe de janelas e objetos que possam ser arremessados.

– Evitar atividades de navegação, pesca e esportes náuticos, ficar atento a estruturas vulneráveis e erosão costeira.

SÃO JOSÉ ESTÁ NA ÁREA DE ALERTA

A meteorologia diz que podemos ter grande volume de chuva, ventos intensos, ressaca e alagamentos costeiros entre terça-feira, 9, e quinta-feira, 11.

Efeitos de um ciclone extratropical que está se formando no oceano.

Em caso de vendaval, a recomendação da Defesa Civil é que você revise a resistência da casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado; desligue os aparelhos elétricos e o gás; e baixe para o piso todos os materiais que possam cair.

Fique atento às condições do tempo e, se precisar, peça ajuda!

📞 Defesa Civil de São José / 199

📞 Guarda Municipal / 153