Vigilância vistoria mais de 100 mil imóveis no cerco à dengue em São José

Monitoramento aéreo, visitas presenciais e instalação de armadilhas são mecanismos utilizados contra o Aedes-aegypti

0
91

São José vem desenvolvendo ações diárias de combate à dengue. Monitoramento aéreo, visitas presenciais de agentes de endemias e instalação de armadilhas são alguns dos aliados no combate ao Aedes-aegypti. No primeiro semestre de 2022, mais de 100 mil imóveis foram vistoriados no município, resultando na identificação de mais de 3.000 locais com potenciais de criadouros.

Para dar apoio logístico ao trabalho, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica Municipal recebeu o reforço em abril de três novos veículos, que se somam aos outros cinco já disponíveis. Atualmente, São José possui 45 agentes de combate às endemias, que trabalham na identificação de focos do mosquito e na educação do cidadão sobre a importância do combate à dengue no território josefense.

As ações de combate ao mosquito ocorrem diariamente em São José. As inspeções de casas e espaços que possam ter criadouros do Aedes-aegypti são ações cotidianas executadas pela equipe que garantem o controle do território municipal. Mensalmente são visitados em média 10 mil imóveis. Além disso, o programa “São José em Ação” é uma outra ação desenvolvida pelo Poder Executivo, que une os trabalhos das secretarias de Infraestrutura, Segurança e a Vigilância Sanitária.

PREVENÇÃO, EDUCAÇÃO E TRATAMENTO

O enfrentamento à dengue se estende também em outras ações. Boletins mensais são emitidos dos casos e focos encontrados e entregues para a população, o objetivo é trazer informação e conscientização da população sobre os bairros e ruas com maior infestação, conforme apontado pelo SUS. Além disso, um carro de som percorre as regiões reforçando cuidados necessários.

A Secretaria de Saúde Municipal está organizando uma Comissão de Combate à Dengue e adquirindo testes rápidos sorológicos para facilitar o diagnóstico da doença na Rede de Assistência à Saúde. Os agentes de endemias em 2022 também passaram a contar com novos equipamentos como mochilas e uniformes de trabalho, que auxiliam na identificação dos profissionais e também nas tarefas diárias realizadas pela equipe.