Gestores de escolas municipais da Grande Florianópolis participam de formação

Mais de 500 profissionais da educação são esperados em formação do Projeto Gestores Escolares em Movimento do ADE Granfpolis

0
165

O Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) Granfpolis, que reúne os 22 municípios da Grande Florianópolis, realiza mais uma edição do Projeto Gestores Escolares em Movimento (GEM). São esperados 524 gestores de escolas municipais da região para até 16 horas de encontro formativo ainda este ano. O trabalho está sendo conduzido pelo recém-criado Comitê Gestor do GEM, com consultoria técnica do Instituto Positivo.

Iniciado em 2018, o GEM é um espaço de troca de experiências entre profissionais que atuam na educação infantil e no ensino fundamental, em diferentes municípios, sendo assim, uma oportunidade de diálogo com diretores de escola e equipes pedagógicas. “Queremos promover a reflexão dos profissionais sobre suas concepções e suas práticas no ambiente de trabalho, oportunizando a reorientação do olhar e do agir, com o propósito de tornar a escola um lugar de acolhimento e de aprendizagens”, destaca a analista de Implantação de Projetos do Instituto Positivo, Amanda Rocha.

Os encontros serão divididos em temáticas e abordagens que envolvem quatro dimensões, as quais são propostas pela Matriz Nacional Comum de Competências do Diretor Escolar, são elas: Político-Institucional, que objetiva desenvolver raciocínio estratégico para o planejamento escolar; Pedagógica, que foca o trabalho no compromisso com o ensino e a aprendizagem; Administrativo-financeira, para aprimorar a gestão dos recursos financeiros da escola; Pessoal e relacional, com foco em saber comunicar-se e mediar crises ou conflitos interpessoais no ambiente escolar.

“É a partir do desenvolvimento dessas temáticas em encontros com muito diálogo e troca de informação que buscamos como resultado do GEM contribuir com as tomadas de decisões no âmbito escolar, empoderar e aprimorar as competências das equipes gestoras, exercitar habilidades e melhorar ambientes e resultados”, explica Amanda.

A diretora do Centro de Educação Infantil Beija-flor de Águas Mornas, Ana Paula Bruch Sebold, teve um primeiro contato com o GEM no dia do lançamento do projeto deste ano e tem boa expectativa para os encontros. “Cheguei à direção de escola em 2021 e a sensação que tenho é de adentrar numa outra atmosfera, quase um submundo desconhecido, uma outra dimensão escura e de olhos fechados, munida apenas de coragem e vontade. Desde lá, li muito, e busquei muita teoria sobre gestão. Mas, nada substitui a troca com semelhantes. Ouvir, compreender o que o outro diz e enxergar que você vive a mesma coisa no seu dia a dia. Os encontros irão se tornar um caminho mais claro e palpável, cheio de desafios e descobertas”, confessa.

A logística dos encontros presenciais está sendo feita pelo Comitê Gestor do GEM, criado para possibilitar a continuidade do projeto de forma permanente. Os encontros serão organizados a partir da definição das temáticas, que terão a consultora técnica do Instituto Positivo, Gilmara da Silva, como responsável pela facilitação dos encontros.